Daily Archives

29/10/2010

Diário da Si, Entretenimento e Cultura, Música

♥ FILMINHOS PARA MINHA “IDADE” ♥

KKKKKKKKKK
Sim, acabei de assistir “Camp Rock”. Ainda me lembro de minha afilhada “histérica” com os “brothers”!!! Assim conheci o tal grupinho, há alguns anos atrás e assisti o “filminho adolescente” com ela na época (ela tinha uns 12 anos e eu, essa “burra velha”!!!!! kkkkkkkkkkkk). Nem ligo… adoro filminhos da Disney, adoro musicais, principalmente esses que tem de “base” uma historinha de amor! Ohhhhh, que lindinho!!!
Adoro, sorrio, choro… rsrsrsrs
Esse é muito bonitinho, tem uma historinha de uma  adolescente envergonhada, que acha “solução” para seus “problemas” inventar uma “mentirinha” e acaba se apaixonando, e mantendo a mentira, e assim, desenrola o filme e ela “rola” junto com a bola de neve da mentira. E o fofinho por quem ela se apaixona acaba ficando chateado, mas depois entende… sei lá… Ah, filme tem final feliz, né gente? Poxa!!! rsrsrs
Mas fica aí a lição: mentir nunca é a solução para nada! E a verdade cabe em qualquer lugar, sempre!!! Adoro essa frase, aprendi com uma pessoa muito especial pra mim! ♥
Mentira uma hora é descoberta, a máscara cai… e gera tristeza… pra quem mentiu e pra quem ouviu!
Segue o vídeo do finalzinho do filme, quando o casalzinho fofo canta junto (com a tradução de uns trechinhos da música embaixo)
Para ver no meu canal do Youtube, clique aqui!
“Toda vez eu acho que estou mais perto do coração… Eu preciso tentar chegar onde você está
Pode ser que você não esteja longe!
Você é a voz dentro da minha cabeça, a razão de eu estar cantando.
Eu preciso te encontrar! Tenho que te encontrar!

Você é a peça perdida que eu preciso, a música dentro de mim!
Você é o remédio que preciso e é difícil de encontrar.
Para corrigir os enigmas existentes em mim
Colorindo meus sonhos com a cor do seu sorriso
Quando eu te encontrar tudo estará bem!
Eu preciso tentar chegar onde você está… pode ser que você não esteja longe!
Eu preciso te encontrar! Tenho que te encontrar!
Me sinto perdida, sem palavras para dizer
Gasto meu tempo preso no passado… Quero estar onde você está!
Ah, perto de você… Você perto de mim… Preciso te encontrar!”

Beleza e Saúde, Diário da Si, Eventos, Famosos, Moda, Notícia

♥ ESTILO É TUDO! TENHA O SEU! ♥

Eu estava “navegando” por aí… e estava aqui pensando em como algumas pessoas gostam de aparentar ser aquilo que não são! Porque se vestir para uma determinada ocasião é uma coisa, mas se vestir “sempre” para renegar alguma coisa, é outra… Eu, por exemplo, adoro roupas “temáticas”, mas tem que ter “onde” usar, entendem??? Por exemplo, o conjuntinho abaixo está uma gracinha, mas numa corzinha “xinfrim”, que combina com “safari”!!! Bonitinho… só compro se eu for pra África ou algo assim. Combino com meus acessórios de onçinha e vai ficar perfeito!!!
Tenho uma blusa de zebra que JURO, já tentei usá-la mil vezes, mas acabo tirando e vestindo outra. E ela é simples, uma camiseta, lindinha! Mas todas as vezes em que a usei foi para ir ao Zoo. É quase “uniforme” já!
Bem, eu resolvi fazer o post porque li uma tag que já até fiz aqui, no blog do querido Alexandre (é esse sim, “perdido no Japão”, e que está fazendo aniversário hoje – Parabéns querido amigo, muuuuitas felicidades!!!). Se você ainda não conhece o blog dele, vale a pena! Eu gosto muito de conhecer a cultura de outros locais e ele retrata muito bem as coisas do “outro lado do mundo”!!!
E lendo, eu fiquei cá comigo pensando em “estilo” e o quanto ele tem  que combinar com apenas uma coisa: VOCÊ!!!
Porque realmente não adianta nada você ter um estilo, uma “cara/jeito” e fazer de tudo para ter outra (o)!!!
Como Alexandre disse:
“Garfo de ouro não foi feito para cuspir farofa. Kolene que corre nas veias. Alquimia de transformar um belo Givenchy em Marisa. Vênus… DeMillus.”
Cara/jeito é uma mistura de genética, meio, cultura, berço, educação, criação, gosto e desgosto!!!
É bem verdade que com dim dim e bom gosto dá pra melhorar muita coisa, mas o refinamento é de dentro pra fora. O inverso não funciona. “Não adianta cobrir seu colchão velho de palha com lençol de cetim.”
Melhor se vestir com o que lhe é mais natural, com aquilo que combina com todo o seu jeito de ser, que te exterioza, entendem? Tem que ter sua personalidade, e não vestir algo digno de uma rainha para ostentar ser aquilo que não é, nunca foi…
Algumas pessoas ganham dinheiro e simplesmente parecem fazer de um tudo para renegar o passado de pobreza (como se ele nunca houvesse existido). Isso sim é feio, é horrível! Cada um é o que é, e a “vergonha” do que foi, do que teve, enfim, é um fator que faz a pessoa “perder” seu próprio estilo, suas origens, suas raízes! 
Se é a SUA cara usar havaianas pra ir numa festa, vai lá… Se gosta de cabelo pro alto, piercieng em tudo que é canto, chapéu de palha na praia, óculos de inverno… não cai bem em todo mundo e ponto final!

Lady Kate que o diga: T-U-D-O pra “ser” mas falta o “gramur”!!!
Já no meu caso é o contrário: “gramur” eu até tenho, só me falta-me o dinheiro!!! Isso é que é f… rsrsrsrs
Enfim, pra sair “bem na foto”, basta ser você mesmo sempre! Com dinheiro ou sem, a sua maior riqueza está dentro de você mesmo, com suas raízes… e aceitar, vestir e exibir isso sim é fashion, é moda, é estilo!!!