Diário da Si

♥ OPOSTOS NUMA PESSOA SÓ ♥


Quem já não ouviu aquele ditado que diz: “os opostos se atraem”? Pois é… Esse é o caso de mamãe e papai. Mamãe é nervosa, não gosta de nada, reclama de tudo, fala alto e tem que ter sempre razão, a última palavra (mesmo que seja no grito!) sempre é a dela. Já papai é calmo (até d+), tem  mais paciência que Jó, detesta briga, não reclama de nada, pra ele qualquer coisa está sempre bom, fala manso e baixinho…
E todo mundo sempre disse isso deles, que são opostos (aliás, GRITANTEMENTE opostos!! rs).
Se conheceram num carnaval aqui no Rio, onde mamãe morava. Papai é de Garanhuns (onde nascem os “garanhões” he he he Papai “cora” sempre que alguém diz isso…rsrs). Dizem que amor de carnaval não dura, e lá se foi quase meio século de união. Bem, mas como eu disse no título do post, eu vou falar de “opostos numa pessoa só” e não do casal! E de uma coisa que eu nunca entendi: como pode alguém conseguir ser assim tão diferente de si mesma! Entendem?
Mamãe é extremamente bondosa, faz o bem sem olhar a quem… Os mendigos daqui da região a chamam de “madrinha”. Onde vai, ela é um pouco “engraçada”, fala com todo mundo (e bem alto!!!), ri, “reclama” um pouco da vida, do corre corre, do “mundo mudado”… mas quase sempre de “bom humor”. Ninguém imagina que ela é o oposto. Oposto mesmo!
 Ela ajuda, mas reclama…
Ela faz, mas como se fosse por “obrigação”…
Julga todo mundo… e quase sempre pelos defeitos!
E defeitos, todo mundo tem. Ela mesma, tem muitos. Assim como eu, claro! Quem não tem?
Mas é que eu fico pensando como alguém pode ser tão boa e reclamar tanto de “ter que fazer”, entendem? Porque ninguém TEM que fazer aquilo que não quer fazer. Ninguém obriga ela a nada. E ela sempre foi assim, de reclamar mesmo. Virou hábito. E só piora com a idade…
As vezes sinto pena (que horror dizer isso), mas é o que sinto. Ainda bem que ela tem horror a computador, sei que nunca vai ler isso… por isso estou escrevendo. É só pra desabafar mesmo… Hoje tive um dia ruim na casa da mamãe. Logo após o almoço, a discussão começou… E marido que também tem que “dar a última palavra” perdeu a paciência (a pouca que ele tem…). “Tadinha” é sempre o que me vem na mente, mesmo sabendo que muitas vezes ela “mereça” ouvir alguma coisa! A forma como ela age é como se ela jogasse a culpa da vida que tem nos outros, entendem? No marido, nas filhas, nos netos… Sempre que encontra alguém que ela julga estar bem, faz comentários do tipo: “também, não teve filhos… não tem com o que se preocupar… está viajando, aproveitando a vida”. Coisas assim, como se ela não pudesse aproveitar porque teve filhos, netos… e isso é horrível. Ela sempre fez de tudo, pelas três filhas, igual. É um amor de mãe e de vó, maravilhosa mesmo… mas tem esse “outro lado”, completamente oposto. E de uns tempos pra cá, vejo o quanto papai sofre com isso. Em ter alguém tão amargurada ao lado, como se ele tivesse culpa também… E agora me vem o “tadinho” na cabeça. Também sinto pena dele… Sempre fez tudo pra agradar, sempre faz… e sem reclamar. Dificilmente expressa sua opinião, e sempre deixou mamãe ter razão em tudo (até quando ela não tinha!!!). Agora depois de idosos é que ele anda mais “falante”. De vez em quando perde a paciência com ela (ainda assim tããããããão cheio de paciência). E eu penso a sorte que ela teve de encontrar alguém tão o oposto dela. Mas será que pra ele foi sorte também?
Bem, eu fiquei muuuuuuito triste hoje. Marido vira e mexe se “estranhava” com mamãe, porque ambos “tem que ter a última palavra”… mas por respeito, sei lá… é minha mãe, é idosa, e etc, etc, etc… acabava dando um fora ou outro, sem alterar o tom de voz, saía de perto. E hoje ele estourou… junto com ela! E ficou um tentando gritar mais alto que o outro… eu fiquei tão chateada! Sabe quando dá vontade de sumir? Eu pedia
para um parar… para o outro parar… pedia pelo amor de Deus… e era como se eu nem estivesse ali! Me senti tão mal… Marido foi embora bufando… levou as crianças… e mamãe continuou ainda um pouco…
Minha sogra e eu ficamos ali, na mesa, engolindo a sobremesa. Minha sogra também é calma, dificilmente levanta a voz ou se aborrece… Depois ela foi pra sala com mamãe, continuaram conversando e tal…
E eu? SUMI!!! No banheiro!!! Mamãe já até sabia que eu estava chorando… sempre tive a mania de me trancar no banheiro quando choro… detesto que me vejam chorando!!! Que raiva!!!
Depois ainda fiquei um pouquinho, porque não ia fazer a “desfeita” de sair correndo da casa dos meus pais, por causa de um briga, que eu nem tive culpa, nem abri minha boca, nem participei… Só pedia que parassem, só isso… mas eu e NADA era a mesma coisa! Tão ruim se sentir assim!
Depois mamãe ficou me rodeando… fazendo gracinhas… dizendo que esse era o jeito dela e do meu marido também, que “dois bicudos não se beijam” e coisas assim… pra me ver sorrir, sei lá…
Aproveitei minha irmã indo embora e fomos juntas, eu e minha sogra…
Em casa, marido estava “normal”, lógico que percebeu que “anormal” estava eu. De poucas palavras, chateada ainda! Também tentou se chegar… fazer agrados (um eu gostei… muito, muito, mas nem dei muita “trela”, porque não consegui mesmo, não foi por pirraça não… mas amei… amanhã, quando eu estiver melhorzinha, conto aqui, tá?). É que hoje, por mais que eu tenha gostado, ainda estou chateada, muito…
Nada, absolutamente NADA me faz mais feliz do que PAZ!!!
Vou dormir… conversar muito com meu travesseiro antes (se meu travesseiro falasse!!! rsrsrs) e com Papai do Céu… e agora novamente “tadinho” é a palavra que me vem na cabeça… do meu traveseiro e dEle!!!
Previous Post Next Post

Posts Relacionados

5 Comments

  • Reply Xandr@'rtes 31/01/2011 at 01:39

    Olá, Amei seu blog!!!
    Parabéns, ele é um show!
    Já estou te seguindo viu?!
    Seu sobre nome tem Chagas né?!Será que somos parentes?rsrsrs Pois eu também tenho.E como ele não é muito comum, quem sabe.rsrsrs
    vem conhecer meu blog também.Não é lindo como o seu, mas estou tentando melhorar.rsrs
    http://www.xandraartes.blogspot.com
    Beijos!!!
    Alexandra

  • Reply HBC HD 31/01/2011 at 02:05

    Obrigado por seguir o HBC HD, pois já estamos te seguindo. Não deixe de nos visitar. Um abraço!

  • Reply Simone Aline 31/01/2011 at 11:10

    Novos seguidores sejam bem vindos! Voltem sempre!

    Alexandra,
    O sobrenome Chagas eu “peguei” do meu marido. Será que há parentesco? rsrsrs A família Chagas dele é lá do Sul e tem aqueles “espalhados” por aí…rsrs Já já vou conhecer seu blog, tá? bjs

  • Reply Anonymous 31/10/2013 at 17:29

    Ola o creme nas virilhas fika qanto tempo?

    • Reply Simone Aline 31/10/2013 at 23:34

      ?

    Leave a Reply