Dicas, Diversos, EcoFashion, Look Brechó, Moda, Negócios, Pergunta: que eu respondo!, Serviços

COMO MONTAR UM BRECHÓ

Oi gente!? =)

Bem, tenho recebido por e-mail alguns pedidos de orientação de como abrir um brechó e tal. Então, decidi fazer um “passo a passo” para ajudar quem está precisando de um dimdim (quem não precisa???rs) e não tem capital para investir (assim como eu! rs).

Bem, na internet as vendas se multiplicam diariamente, e eu mesma comecei o brechó no mundo virtual, mas confesso que a venda virtual não é tão simples quanto parece. Explico porque:

– as pessoas sabem mandar e-mail para reservar peças, mas não sabem enviar e-mail para cancelar a reserva.

– você depende dos correios, o que torna a peça mais cara, e nem sempre é atrativo para quem vai comprar.

– é difícil manter o acervo em dia, porque você tem que fotografar e medir cada peça, afinal ninguém compra pela internet sem antes saber TODOS os detalhes. Quando é um sapato, tudo bem, você coloca a cor e o número e pronto! Mas nas roupas… tem gente que pede medida em centímetros de absolutamente CADA parte da peça. Ou seja, você passa DIAS negociando uma peça barata, para no final das contas, a pessoa dizer: “queria um pouco mais compridinho… porque eu sou alta, entende?” É dose!!! =/

Bem, daí que eu não gostei muito das vendas pela internet, porque a gente vende muito “pingado”! Já tendo um espaço físico, claro que tem dias que entra gente pra olhar, e comprar que é bom… nada! Mas um dia compensa o outro!

Então, vamos ao passo a passo para montar um:

1º- Estipular um local para o brechó. O ideal é um ponto onde as pessoas circulem, mas alugar espaço é mais difícil (e requer o tal investimento inicial). Então, pode ser na sua casa mesmo, numa garagem, num quintal… se sua rua for estritamente residencial, intensifique a propaganda (panfletos, cartões, faixas, etc)

2º- Se não tem dinheiro para comprar mobiliário e materiais próprios (cabideiros, araras e etc), improvise! Criatividade é tudo na falta de grana!!! =) Eu fiz algumas “adaptações” com o que tinha na garagem. Veja AQUI e AQUI. E tem mais “detalhes” da “pré inauguração” pelo blog também. Eu aproveitei tudo o que eu podia…

3º- Legalize-se! Pode parecer besteira, mas garante sua aposentadoria mais tarde. “É pouco, mas é meu!” rsrsrs O primeiro passo é acessar o Portal do Empreendedor e se cadastrar. É fácil, simples e rápido! Basta preencher os dados, informar o local e no final, já pode imprimir seu CNPJ provisório e seus carnês de recolhimento!!! Depois disso, a Prefeitura tem 180 dias para se manifestar sobre o local indicado na licença. Se isso não acontecer, o alvará provisório é convertido em definitivo, conforme as informações do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, também disponíveis no Portal!

4º- Depois desses passos, é hora de inaugurar! *o/* Use todas as ferramentas que puder para divulgar esse dia! Internet, panfletos, caixinha de correios da vizinhança, enfim… divulgação nunca é em excesso! =)

5º- Estipule horário de funcionamento! E seja o primeiro a respeitá-lo. Se você mesmo (que é o maior interessado de que o negócio dê certo) “bagunçar” as coisas… vai perder a credibilidade! =/

6º- Anote tudo!!! O que gastou antes (mesmo sendo pouco), o investimento que teve (mesmo que tenha sido só “cabides”). Enfim, anote tudo! E cada venda, cada peça… isso vai ser importante para que possa calcular seu preço e calcular sua margem de lucro!

7º- SEJA LIMPO!!! Por incrível que pareça, MUITA gente tem “horror” a brechó por causa da “apresentação” das peças. Peças sujas, manchadas, furadas e “com cheiro de brechó” ninguém merece!!!
Toda roupa deve ser limpa antes. E qualquer “botão faltando” recolocado, por favor!!! Exponha sempre as peças passadas, esticadas e cheirosas!!! Hummmmm, nada como uma roupa cheirosa! =) Aparência conta muito!!! =)

8º- Aprenda que “gosto” é uma variante, e cada um tem o seu!!! Então, nada de colocar a venda só o que te agrada, pois cada cliente terá uma cor, uma moda, uma peça preferida!!! =)

9º- Separe as peças como numa loja: por tamanho, por cor, por “tipo”, Feminino/Masculino/Infantil, enfim, encontre seu melhor jeito!

10º- Tenha paciência!!! Essa última serve para tudo!!!
O dia todo haverá roupa para dobrar, gente só pra olhar, reclamações… Aff!!! Lidar com pessoas sempre é difícil, requer muita paciência e muito bom humor! A dica é: sorria!!! =D

Amanhã eu falo sobre consignações, ok? Espero ter ajudado!
Bjks!

Previous Post Next Post

Posts Relacionados

107 Comments

  • Reply Raíssa (: 22/11/2011 at 00:28

    Ótimas dicas Si!
    Já tive um Brechó aqui em casa, mas como o preconceito ainda fala mais alto e depois de uma gravidez de risco, tive que parar 🙁
    Mas confesso que sou apaixonada por bazares e brechós.

    beijinhos e boa semana ;*

    Keila

    • Reply Eduardo batista da silva 03/02/2014 at 16:39

      adorei vou segui os meus sonhos

  • Reply Anonymous 18/12/2011 at 02:58

    si uma duvida,no dia que eu inaugurar tenho que fazer um agradinho para quem aparecer , tipo uma festinha com salgadinhos e refri? TENHO TBM QUE OFERECER BRINDES PARA TODOS OU SO PARA QUEM COMPRAR ALGO, DESCULPE ESTA TE INCOMODANDO MAS E QUE SOU LEIGA E BURRICA RSRSRSRS BJS regina lucia

  • Reply Simone Aline 18/12/2011 at 16:12

    Oi Regina Lúcia,
    não tem que fazer nada não… a grande maioria das lojas simplesmente “abrem as portas”!!! E as “grandes” oferecem um cocktail e tal… rsrsrs Mas “recepcionar” sempre chama atenção. Todo mundo quando vê “casa cheia”, quer entrar pra conhecer tb!!! =) Eu optei por fazer cupcakes (que não gastam muito e não precisariam ser servidos) e cocktail de frutas. Acho que refri e salgadinho ficaria caro… mas com certeza, as convidadas iriam adorar! =) Já brindes quem não gosta também? Pode ser o sorteio de uma peça do próprio brrchó… pode ser um mimo feito por vc para cada uma (um sachê, por exemplo). Eu só dei brindes porque as empresas parceiras aqui do blog “patrocinaram” a coisa… rsrsrsrs Senão, abriria apenas, com certeza!!! Dá uma olhada nesse post aqui: http://www.simonealine.com/2011/07/os-detalhes-do-brecho.html Tem os detalhes e fotos de quando inaugurei o brechó! =)
    Qualquer coisa, pode perguntar! =)
    Bjks!

  • Reply Elizete 22/08/2012 at 12:24

    Si, uma dúvida sobre brechó é onde conseguir mercadoria. Além das que o púiblico trás para vender, trocar, onde você consegue mercadoria? bjo

  • Reply Simone Aline 22/08/2012 at 16:29

    Olá Elizete,
    Eu gosto do “Alternativa Moda” (http://alternativamoda.com.br/). Bom preço e as mercadoria são boas. Perco pouca coisa… Mas eu dou preferência mesmo para os brechós em instituições religiosas. Centros espíritas e igrejas normalmente fazem semanal ou mensal. Além de receberem MUITAS doações, precisam do “espaço”. Ou seja, o preço é sempre beeeeeeeeem baratinho. E dá até pra negociar… =) Quando passar por uma instituição dessas, pergunte o dia que acontece e tal… eles sempre fazem! (Só que dificilmente fazem “divulgação”).
    Bjks! E boas comprinhas!!! =))))

  • Reply Anonymous 06/11/2012 at 17:26

    Olá, como faço para higienizar as roupas, ou não precisa? grata Ivany

    • Reply Simone Aline 06/11/2012 at 19:38

      Oi Ivany,
      Eu gosto de lavar e passar antes de colocar pra vender.
      Muita gente ainda tem preconceito com brechó… se tiver roupas “sujas” ou “amassadas” então… O melhor é deixar tudo bem limpinho, com aparência de peça nova! =)
      Bjks!

  • Reply Anonymous 06/12/2012 at 10:19

    ola,gostaria de saber quanto no maximo devo pagar nas roupas compradas,e por quanto devo vender ,quero montar um brecho infantil,e ate quantos anos de idade devo vender as roupas.obrigada..

    • Reply Simone Aline 06/12/2012 at 14:31

      Olá…
      Olha depende de onde você está, de que tipo de público há ao redor de onde vai abrir o brechó. Tudo tem que ser avaliado, para que vc não invista naquilo que não vai sair! Então, fica difícil dizer o quanto deve pagar numa peça… e mais ainda, por quanto vendê-la. Busque os brechós mais próximos (no seu bairro ou cidade), e faça uma “pesquisa”. Veja o que pode colocar de “diferencial” nas suas peças. O mesmo se aplica “até quantos anos de idade vender”. Pode vender até 10, ou 12… =/
      Boa sorte!
      Bjks!

    • Reply Loraine 11/06/2013 at 19:52

      Olá

      Estou vendendo meu brechó infatil que é um luxo …

      Infelismente vou está indo embora para o interior de são paulo

      Qualquer coisa entre em contato e enviarei fotos

      Bjs
      Loraine

    • Reply Loraine 14/06/2013 at 15:45

      Meu telefone (11) 2451-1421

    • Reply Anonymous 27/06/2013 at 00:07

      como faço para conheçer este

  • Reply Anonymous 12/01/2013 at 18:44

    Olá, Simone quero muito abrir um brechó na garagem da minha mãe, quero aproveitar algumas peças que tenho guardado por muito tempo, como utilitários de cozinha,cama, mesa e banho, roupas quase novas que não usei, sapatos , livros, brinquedos,enfim de tudo um pouco…rsrs como faço para começar?????

    grata,

    Vitória

    • Reply Simone Aline 12/01/2013 at 22:17

      Olá Vitória,
      o meu também era na garagem da casa dos meus pais. Para abrir o brechó é só arrumar tudo na garagem e começar! =) Eu fiz uma inauguração, chamei algumas blogueiras (pq local “cheio” sempre chama atenção, né? rs). Estipule um horário e dias certos. Coloque esses horários visíveis no portão, assim as pessoas que passarem vão acostumando ao seu horário de trabalho. Aí na postagem tem o endereço para se legalizar. É super simples e fácil, tudo pela internet. Eu não tenho mais o brechó, mas ainda pago o meu “mei”. É uma aposentaria garantida, né? Nunca é demais. O valor é baratinho… cerca de 30 reais por mês. E assim você fica tranquila também. Pode colocar tudo o que quiser pra vender! Eu aceitava doações também… fazia “trocas”. Enfim, negociava além das vendas. E esses clientes sempre voltavam. =)
      Boa sorte, viu?
      Qualquer coisa, é só falar!
      Bjks!

  • Reply Rio de Janeiro 21/01/2013 at 20:54

    Oi amiga!!
    Obrigada pelas suas dicas.. Estão sendo muitoooo úteis..
    Eu tenho uma dúvida em relação ao “Mei”.. não sei como proceder.. as guias eu pago mensalmente? E se eu precisar parar com o brechó, continuo pagando? Não corro risco junto a receita federal? Desculpe-me pela falta de informação..bjss.. 🙂

    • Reply Simone Aline 22/01/2013 at 00:14

      Olá,
      fico feliz! =)
      As guias são pagas mensalmente sim… Pode imprimir o ano todo já, que elas saem com as datas certinhas! =)
      Eu continuo pagando, embora já não abra mais o brechó. Porque mal ou bem é uma aposentadoria garantida. =)
      Mas não sei lhe informar sobre a receita, se terá algum problema se parar o pagamento e tal… dá uma procurada no site se não tem onde “cancelar o mei”, assim evita problemas futuros. Se não conseguir, entre em contato com o Sebrae (pode ser pelo site mesmo) que eles respondem. =)
      Bjks!

  • Reply SOLANGE 24/01/2013 at 19:43

    OI SI ,AMEI TUDO,PARABÉNS E UM CHEIRO NO CORAÇÃO,NANE/BAHIA

    • Reply Simone Aline 05/02/2013 at 18:12

      Obrigada Solange!
      Outro pra vc!
      =)

  • Reply Gisele Toldo 05/02/2013 at 17:05

    Ola … adorei seu Blog e suas dicas… to super animada de começar um brecho … mas ta dificil saber como devo comprar as roupas por exemplo de amigos e parentes …. não to sabendo avaliar a roupa e dar o preço. A minha ideia no momento é fazer o brecho mensal … fazer um final de semana fazer algo bem legal e atrativo até que eu fique conhecida e depois quem sabe me aventurar em um lugar fixo, o que vc acha da minha ideia ?????

    • Reply Simone Aline 05/02/2013 at 18:20

      Ótima Gisele. Antes de fazer o brechó na garagem, eu fiz isso também. Abri um mês inteiro, toda sexta-feira (e chamei algumas amigas arteiras) para ficarem comigo… 1 mesinha pra cada uma… e logo depois, fiz um “Bazar de Garagem”. Aí depois inaugurei o brechó =) Eu também sempre tive dificuldade em preços (tanto pra compra quanto pra venda). Por isso estipulei preços únicos por peça (assim não tinha problema nem pra comprar, nem pra vender). Montei uma tabela, tipo assim:
      Calças = R$ 10,00 / Camisas = R$ 8,00 / Saias = R$ 8,00
      Vendia por esse preço e pagava a metade!
      Mas aí comecei a ter problemas. Porque digamos, os casacos eu tinha o valor de R$ 12,00. Mas aí as pessoas chegavam com um de moletom e outro de couro. Sim, claro que o de couro queriam vender mais caro… Mas se o “meu” preço era tabelado, não poderia comprar mais caro e vender mais barato… E eu sentia dificuldade em trabalhar com valores por peça!!! É como vc disse: é difícil avaliar. A gente avalia pelo nosso gosto pessoal!!! =) Daí, desisti de preços e estipulei valores únicos: peças novas ou semi-novas por R$5,00 e as demais R$3,00!!! Aí comecei a vender bem! =) Porque no fundo, todo mundo quer comprar “baratinho” no brechó! É aquele local que as pessoas querem entrar e encontrar um “achado” a preço de banana!!! =)))

    • Reply Anonymous 12/04/2013 at 16:37

      Oi simone
      Moro em João Pessoa e também estou com essa idéia de brechó. Hoje você colocaria um brechò novamente?
      Quais os erros que você não cometeria ?
      Existe uma margem de lucro que motive o trabalho?
      Estou desempregada e queria conseguir algum dinheirinho para ficar em casa com minha bebê …
      Um beijo Gigi

    • Reply Simone Aline 11/06/2013 at 20:26

      Olá Gigi! =)
      Eu abriria sim, porque adooooooro! =)
      Olha, erros a gente sempre comete, e pra mim, consignação é um erro! Só compensa se tiver um lucro grande, e eu que adooooro brechó pra comprar, vou te dizer: TODO MUNDO gosta de brechó com PREÇO de brechó!!! =))))
      Margem de lucro, vai depender do local, do teu público. Mas de qualquer forma, qualquer dim dim sempre motiva, né? =) Como todo trabalho, dá trabalho, e tem que ter disciplina.
      Mas o lado bom? Pode ficar com sua bebê, e isso… não tem preço!!! =))))
      Bjks!

  • Reply FERNANDA FERRARI 19/03/2013 at 03:14

    Oi, Si.
    Eu quero fazer um brechó a cada dois meses, mais ou menos. Serão roupas minhas e de outras pessoas. Queria uma dica do quanto ganhar de comissão nas peças das outras pessoas.
    Por enquanto, eu faço no face mesmo. Tiro foto das roupas, posto e faço tudo, mas ainda não sei quanto cobrar por esse serviço. Me ajuda?
    Bjks!

    • Reply Simone Aline 19/03/2013 at 12:11

      Oi Fernanda!
      Olha eu dividia 50% das peças deixadas no brechó. Mas trabalhei poucos meses com comissão. Tive muuuuuitos aborrecimentos. As pessoas arrumam uma bolsa de roupas para “dar”! Daí você abre um brechó e todo mundo quer ganhar um dinheirinho… e acham um “abdurso” a gente oferecer 20% ou 30%!!!! Porque a roupa já tem um preço inferior no brechó… e aí cada pessoa quer “um preço”, alegando a etiqueta da roupa, que nunca foi usada e etc, etc, etc. Ou seja, no final das contas, você tem gente demais querendo dar “pitaco” no SEU negócio!!! Parei com tudo, e ou era do meu jeito ou não era… Aceitava doações e fazia doações num determinado dia da semana (de coisas que não vendia!). Só vendia mesmo roupas, sapatos e acessórios. Mas recebia roupa de cama, mesa, objetos… e tudo isso eu doava! =/ Dessa forma as pessoas pararam com esse tipo de pensamento “mesquinho” (se é para dar, é para dar, certo?) Se a pessoa quer vender, ou ela procura um local que compre, ou ela mesma abre um brechó também… rsrsrsrsrs Bem, isso foi só pq num dia me apareciam mais pessoas tentando vender do que comprar, e isso tira do sério depois de um tempo. Pô… eu tô ali querendo vender, não comprar. Preciso vender para poder comprar!!! E as pessoas “perdem” a noção!!! =/ Por isso parei com a comissão logo no início do brechó! Era uma “dor de cabeça” desnecessária!!! Quando parei, aceitei “troca”. Quer deixar uma peça, pode levar outra… sem problemas. Pra mim, foi mais “fácil” do que pagar por uma peça. Minha intenção era vender!!! =)))) rsrsrsrs
      Bem, tudo depende do seu “público” também. Eu tinha valores “fixos” por peça (saia tanto, calça tanto, sapato tanto…) As pessoas davam “sorte” de chegar e comprar uma “Victor Hugo” por R$ 5,00. Mas as bolsas da C&A custavam o mesmo preço! Mas brechó, pra mim, é isso!!! Achados por precinhos inacreditáveis!!! =))))) Boa sorte nos seus negócios! Bjks!

  • Reply Ariane Maiores 23/03/2013 at 19:27

    Ola vc poderia me indicar um atacado para Brecho

    • Reply Simone Aline 25/03/2013 at 11:54

      Olá Ariane,
      Alternativa Moda, em São Bernardo do Campo. Eu comprava pela internet, através do site:
      http://alternativamoda.com.br/
      Bjks!

  • Reply ADRIANA 24/04/2013 at 16:59

    OLA SIMONE
    AONDE POSSO COMPRAR ROUPAS AQUI NO RJ, PENSEI EM ABRIR UM BRECHO NA GARAGEM DA MINHA CASA?
    SERÁ QUE VOCÊ PODERIA ME AJUDAR POR FAVOR?
    DESDE JÁ OBRIGADA.

    • Reply Simone Aline 24/04/2013 at 21:20

      Olá Adriana,
      aqui no Rio os melhores lugares para comprar são as paróquias e instituições de caridade. Normalmente recebem muuuuuitas peças, e vendem baratinho pois precisam “vagar” espaço para as novas doações! =) Um local bem legal pra comprar que eu conheci há pouco tempo é o bazar da Casa Ronald McDonald´s, na Rua Pedro Guedes, ali na Tijuca/Maracanã. Os preços são ótimos, e as peças sempre bem conservadas. =)
      Super vale a pena. Bjks!

  • Reply Anonymous 01/05/2013 at 16:28

    ola simone nesse site vende roupas de marca??

    • Reply Simone Aline 01/05/2013 at 19:03

      Vende sim. Não sei se você pode escolher apenas elas… mas dá uma olhada no site… de repente tem a opção de selecionar. Eu comprava “lote fechado”, sem opção de escolhas, aí não sei te dizer! =/
      Bjks!

  • Reply Claudia 01/05/2013 at 23:00

    Oi gostaria de saber onde comprar roupas e artigos de couro estou querendo montar um brecho com essas peças. Bj

    • Reply Simone Aline 02/05/2013 at 13:46

      Não conheço um local que venda especificamente roupas de couro. Mas normalmente os brechós e atacados para brechós tem jaquetas, calças… Dá uma olhada no site que indico aqui nos comentários acima. Entra em contato com eles, de repente eles fazem um “pacote” só com couro pra vc… 😉
      Bjks!

  • Reply Anonymous 09/05/2013 at 15:09

    oi, quero abrir um brecho infantil, na minha cidade tem brechós mas nenhum apenas para roupas infantis, só que esbarro em duas duvidas: 1º moro numa rua morta, e minha casa é segundo andar, então não sei se divulgação seria suficiente, já que não tem circulação de pedestres aqui na rua, e tmbm não tenho dinheiro para alugar um local mais visível, preciso de ideias. 2º sair pedindo em creches e para amigos é uma boa forma de começar? ai explico que quero doações para um brechó? obrigada 🙂 Aryanne

    • Reply Simone Aline 09/05/2013 at 20:10

      Olá Aryanne,
      realmente vai ter que caprichar ainda mais na divulgação. Sugiro que ao invés de abrir diariamente (já que não tem movimento na rua e estará no 2º andar, o que dificulta ainda mais), faça um dia e horário certos, para que as pessoas “marquem” esse dia como sendo do brechó, entendeu? Por exemplo, mande fazer uma faixa (que poderá colocar na frente da casa) que todo domingo, de 10 às 15 horas terá o brechó. Faça cartazes e peça pra colar na padaria, lanchonete, pizzaria, papelaria… tudo ao redor. Vale colocar no metrô, ponto final de ônibus, e etc… Todo lugar onde as pessoas circulem é sempre bem-vindo! Pedir é sempre legal, mas já adianto, a grande maioria das pessoas pensa assim: “ah, eu separo roupas e ela ganha dinheiro vendendo”. Enfim, daí elas querem “receber” o delas também… é um pensamento bem ruim, porque se não lhe serve mais, e vc vai “dar”, pq dar para um brechó faz a pessoa mudar de ideia e querer vender, né? Mas é assim que a maioria das pessoas pensam! Porém, as amigas mesmo, ajudam. Na semana que abri, recebi uma amiga que trabalhou comigo numa empresa há uns 5 anos atrás… Eu havia pedido pelo face para todos, e de repente, ela chegou de carro com o esposo, trouxe muitas bolsas (recolheu da família toda) e me deu! E ainda passou a tarde comigo, colocando o papo em dia… enfim, foi uma surpresa muito agradável e emocionante! Fiz até uma postagem aqui com ela… mostrei o dia! Os amigos sempre dão uma força, né? E não custa pedir! =)
      Boa sorte, viu?
      Bjks!

    • Reply Anonymous 10/05/2013 at 04:02

      é, li sobre isso de querer vender o q iam dar, mas vou pedir e pedir aos amigos nao custa tentar né!?! adorei a ideia de marcar um dia e horario…obrigada pelas dicas… fica com Deus :)bjus Aryanne

  • Reply Anonymous 21/06/2013 at 00:17

    olá Simone, querida primeiramente quero dizer que adorei seu blog!!!
    será que você poderia me dar umas dicas de onde eu encontro paroquias , centros religiosos pois quero muito abrir um brechó , por favor me ajude se você puder me passar endereços te agradeço , mais uma vez te agradeço por tudo abraços

    • Reply Simone Aline 24/06/2013 at 00:39

      Olá,
      depende de onde você está! =/
      Aqui pelo Méier, onde moro, tem a Paróquia Nossa Senhora Aparecida (o brechó acontece aos domingos, no salão da paróquia, pela manhã) e da Coração de Maria (se não me engano, de 3ª a 5ª a tarde). Quase toda igreja tem, dá uma procurada na vizinhança. Centros Espíritas, creches comunitárias também costumam ter. =)
      Boa sorte! Bjks!

  • Reply camila 05/07/2013 at 14:12

    bom dia , a loja alternativa que você comentou, posso confiar, as roupas são de boa qualidade Abraço Camila

    • Reply Simone Aline 05/07/2013 at 20:54

      Fiz várias compras na Alternativa Camila, nunca tive problemas. Nem com prazos, nem com peças, nem com a entrega… nada! Eu gostava bastante, por isso indico sim. Claro que quando escolhia “pacotes” de 2ª mão, sempre vinha alguma peça sem fecho, sem condições de reaproveitar, no meu caso. Mas pela quantidade e pelo valor, valia a pena. Já as peças de 1ª mão, sempre vieram boas, todas! Como eu estou no RJ, não podia escolher. Mas a variedade era bem grande. Já pra quem está em SP, mais fácil… poder ir e escolher é sempre melhor! =)

  • Reply Anonymous 08/07/2013 at 21:52

    simone quero montar um brecho minha duvida e quanto a fiscalizacao eu preciso ter notas das roupas usada e para vender tenho que emitir notas fisc

    • Reply Simone Aline 09/07/2013 at 00:21

      Se for esporádico não precisa nada não… Se houver um horário, e for abrir regularmente, precisa retirar o CNPJ, e daí poderá emitir notas ficais, se quiser. Não é obrigatório. E não precisa ter nota das roupas, pq são usadas. 😉 Bjks!

  • Reply Anonymous 11/07/2013 at 17:18

    Olá Simone, adorei suas dicas.Quero abrir um brechó infantil e me ajudou muito.
    Bjo
    Eliane

  • Reply Artes da Syl Costa 26/08/2013 at 18:55

    Olá Simone, estou inaugurando o meu brechó no próximo dia 07/09, adorei as suas dicas, estão me ajudando muito. Queria saber um pouco mais sobre consignação, pode me ajudar? Um grande beijo e muito sucesso!!!

    • Reply Simone Aline 26/08/2013 at 23:20

      Olá Syl, que legal!!! Sucesso no brechó! Eu adooooooro brechós… e que bom que as dicas estão ajudando! =) O que precisar, só falar!
      Quando eu abri, eu trabalhei com consignação, pois via que todo mundo trabalhava… mas sinceramente, acho que dá mais “trabalho e dor de cabeça” do que lucro propriamente dito. =/ As pessoas querem vender tudo… e querem receber! Até coisa “ruim”!!! Aff… Sem falar que tinha que etiquetar peça por peça, para separar os valores de cada pessoa… Um trabalhão enorme para “pouco retorno”. Depois que a gente abre um brechó, muitas pessoas que separavam roupas para “dar”, acabavam querendo “vender”. E eu não achava isso justo! Então, pra ninguém ficar pensando que eu queria “lucrar” em cima das doações alheias, o que eu fiz? A “troca”. Eu aceitava “trocar” as mercadorias, e não pagar por elas, afinal, se eu abri o brechó era porque eu queria VENDER e não comprar… he he he Mas a maioria dos brechós trabalha com esse sistema. Sinceramente, só acho vantajoso se for “brechó chique”, com artigos de grife mesmo… o que não era meu caso! Aí vale a pena a consignação, eu acho!
      Bjks!

    • Reply Artes da Syl Costa 27/08/2013 at 13:51

      Obrigada mais uma vez!! Beijos e sucesso!!

  • Reply Anonymous 11/09/2013 at 11:45

    Oiii Si. Adorei todas as dicas..estou com um brechó virtual…trabalho em uma empresa e vendo aqui tb.. Só tenho duvidas aonde comprar peças estilosas e de boa qualidade.. Moro em SP e vou ver na Alternativa..mais as peças la me pareceram tradicionais. Como vc ja comprou la..tem peças transadas como jeans,camisas? Obrigada pela dia..me inspirou mais ainda no meu negócio.. Q em breve se Deus quiser tera seu espaço fisico. Bjks

    • Reply Simone Aline 11/09/2013 at 11:55

      Olá, que legal! As peças da Alternativa eram básicas mesmo… até porque eu comprava sem escolher, pq estou no RJ. Comprava o “pacote” e mandava entregar. Mas creio que indo lá deve ter coisa ainda mais legal! Nos pacotes, a gente podia escolher entre o “estilo”, então creio que possa fazer um pacote só de jeans, ou só de blusinhas… Peças estilosas e de qualidade, eu encontrava muito nos brechós de entidades de caridade nos bairros de classe média alta. Centros espíritas e igrejas sempre tem peças assim!!! 😉
      Sucesso nos negócios! Super beijo!

  • Reply patricia 29/09/2013 at 14:58

    OI AMIGAS,ESTOU PRECISANDO DA AJUDA DE VC,ESTOU DE MUDANÇA E POR ISSO VOU FAZER UM BAZAR SÓ COM ROUPA DAS MINHAS 3 FILHAS OS TAMANHOS COMEÇAM APARTIR DE 6 ANOS E VAI ATE 12 NA MAIORIA AS ROUPAS ESTAO NA ETIQUETA OU TUDO EM BOM ESTADO NADA FURADO MANCHADO OU FALTANDO BOTOES,HJ ELAS TEM 10 E 11 POIS SAO GEMEAS E A MAIS VELHA TEM 11 KKK COMO SEMPRE COMPRAVA MUITA ROUPA(MUITAAAA)PERDIA O CONTROLE E IMAGINE FESTA DE ANIVERSARIO….ENFIM.FORA Q AS MARCAS SAO BEM FAMOSINHAS OU NAO FALAM PORTUGUES KKKK SÓ DE VESTIDOS SAO MAIS DE 50UNIDADES UNS 30 NA ETIQUETA BIQUINES UNS 10,SAIAS SHOSTES E BLUSAS NO MESMO ESTADO ETIQUETADOS,GENTE COMO FAÇO.QUERO GANHAR UM DINHEIRINHO NAO SEI QTAS PESSOAS CHAMAR NEM SEI SE CONHEÇO TD ISSO PELA QT DE ROUPA QUE TEM PARA VENDER E FAREI NA GARAGEM BEM ESPAÇOSA E BONITINHA DA MINHA CASA.ALGUEM ME AJUGA COM AS DICAS COMO TD ISSSO FUNCIONA PALFLETOS…ESCOLAS ANUNCIOS… HELP !!!!! BEIJOS PATY patygfd@ig.com.br

    • Reply Simone Aline 29/09/2013 at 22:14

      Paty, aqui pelo blog tem vários posts que eu mostro o que eu fiz na garagem onde abri o brechó… as araras, os detalhes, a inauguração… tudo o que fiz, como enfeitei… dá uma olhada que tem bastante fotos e tudo explicadinho. Qualquer dúvida, só falar! Boa sorte no brechó e boas vendas!
      Bjks!

  • Reply Anonymous 13/10/2013 at 10:29

    olá, abri meu brechó infantil este mês na minha garagem, queria ver com vc por qto acha que consigo vender as peças da alternativa modas, é ruim qdo tem que comprar via correio por lotes grandes pois não tem opção da escolha, moro em bairro popular perto de escola e creche, bj

    • Reply Simone Aline 13/10/2013 at 21:47

      Olá… eu nunca comprei peças infantis. Realmente, sem poder escolher é chato, mas vinham peças boas quando eu comprava (para adulto) e poucas ruins. O ideal seria visitar bazares em igrejas nos bairros próximos pra vc. Assim economizava o frete. Para a venda, depende de quanto você compra. E não esqueça que o que as pessoas buscam no brechó é o precinho beeeeeeem mais em conta. Mas sendo perto de escola e creche, com certeza vai ter uma boa clientela! As “troquinhas” podem ser uma boa forma de atrair os clientes para dentro do brechó. Que criança não perde roupas as vezes sem nem usar, né? 😉 Boa sorte nas vendas, viu? Sucesso!!! Bjks!

  • Reply Luciana 04/11/2013 at 21:46

    Ola, montei um blog a uma semana pra vender roupas usadas e novas enfim o que aparecer. So que não tenho experiencia com isso. E pelo que entendi a coisa é mais complicada do que eu pensei. Mas vou continuar tentando por que estou em apuros e não consigo trabalho fora de casa.

    • Reply Simone Aline 04/11/2013 at 23:05

      Olá Luciana,
      eu acho mais complicado o brechó online do que presencial. Porque vender pela internet, acaba tendo que incorporar o valor de remessa, e tem que manter o arquivo bem atualizado… são peças únicas, o que complica tudo! =/ Quando tive o brechó até tentei colocar online, mas achei bem complicado. No final as pessoas queriam só pagar o valor do frete!!! =/ Boa sorte nas vendas! Bjks!

  • Reply Dulcilene Dulce 07/11/2013 at 20:13

    Olá Simone , muito legal seu blog , estou me organizando para montar um brechó e gostaria de trabalhar só com roupas de qualidades já entrei em contato na alternativa modas fui muito bem atendida mas é sempre ter depoimento de pessoas que realmente já compraram e fiquei muito contente com suas declarações à respeito da loja e se você tiver mas dicas por favor me envie .

    • Reply Simone Aline 08/11/2013 at 14:41

      Legal Dulcilene, parabéns e que seja só sucesso seu brechó!!! =)
      Eu adoooooro um!!! =)
      Se você for do Rio, manda o endereço do brechó que vou visitar!!! he he he
      Tb fui bem atendida todas as vezes que comprei lá e não tive nenhum problema com entrega ou coisa assim! =) Grande beijo!
      Bjks!

  • Reply VeraFlores 08/11/2013 at 21:13

    Olá Simone, adorei suas dicas e seu blog, foi muito útil para mim,
    Bjs

  • Reply VeraFlores 08/11/2013 at 22:51

    Adoreiiiii

  • Reply Telma Melo 28/11/2013 at 11:31

    Bom dia Simone.
    Quero montar um brechó na minha garagem.
    Ela é aberta na frente( sem portão) e nas laterais apenas meio muro, pois moro num condominio e as casas são germinadas, mas com frente para a rua. pretendo colocar um cortina bem bacana nas laterais. Vc acha que devo ter provador. Irei trabalhar apenas com roupas femininas. Qual a diferença de brecho e bazar?Bjs

  • Reply Simone Aline 28/11/2013 at 14:35

    Olá Telma… que legal! O provador é legal, porque muita gente deixa de comprar por não poder experimentar =/ Também trabalhava só com roupa feminina, as masculinas e de bebê eu doava. Era um “chamariz” para a mulherada (mães, filhas, esposas). Toda sexta era “gostou? é seu!” O que eu recebia como doação de “bazar” eu doava (cama, mesa, utensílios domésticos, decoração…). Já era o dia que muita gente passava por lá, e acaba gerando mais vendas! E quando eu juntava um bom número de peças masculinas e de bebê, eu fazia o dia do “compre pra você e leve para o marido” , ou “leve para o bebê”. Essas peças não eram vendidas, eram escolhidas pela cliente, que precisava comprar uma peça, e podia escolher outra (masculina ou baby) para levar junto!!! =) Sobre a diferença de bazar e brechó, não sei te dizer ao certo. E sinceramente, pra mim, é tudo a mesma coisa… Mas ‘bazar’ me lembra aquelas lojas que vendem utensílios para casa… material de construção… rsrsrs Sei lá… Sucesso nas vendas, viu? Bjks!

  • Reply maria 29/11/2013 at 13:06

    Olá Simone como vai ???? Eu moro em uma avenida principal de um bairro onde tem banco, farmácia supermercado etc. …. na verdade minha casa é praticamente a única no meio de um monte de comercio. Estou pensando em abrir um brechó na minha garagem, só que iria vender tb artesanatos, pois sou artesã. Vc acha que o fato de eu vender coisas mais caras ( no caso meus artesanatos ) pode assustar os clientes que vão a brechós justamente atrás de coisas baratas???? No caso dos meus artesanatos, vc acha que o fato de vender no brechó pode ser desvalorizado pelas pessoas???? Eu gostaria de montar um brechó que desse tanto para as pessoas comprarem peças baratinhas, como comprar presentes artesanais e reciclados….vc acha que um brechó assim daria certo?

    • Reply Simone Aline 29/11/2013 at 17:26

      Maria, eu acho eu você pode juntar sim. As pessoas sempre desvalorizam o artesanato, sempre querem pagar preço de custo nas peças… acham que o artesão, por trabalhar com o que gosta, deve fazê-lo de graça… =/ Não entendo esse pensamento! Acho que para unir as duas coisas (o brechó com o precinho que todo procura) e as vendas do seu trabalho, vai depender mais de sua persistência. Porque é fato que as pessoas vão tentar pechinchar… tente “pechinchar” sempre como um “promoção” do tipo: “Sim, posso fazer um desconto. A peça é R$ 20,00, mas se levar 3 itens do brechó, eu posso fazer por R$ 15,00” Tem que ser algo também vantajoso pra você! 😉 Boa sorte e boas vendas, no brechó e no artesanato!

  • Reply Deby´s 07/12/2013 at 20:51

    oi, Simone.

    Tenho uma duvidas como devo cadastrar meu brechó no Mei passo a passo pois estou com muitas duvidas e uma dela por onde começar e em qual categoria neste caso me encaixo..Estou trabalhando informal mas quero com urgencia regularizar está situação…me ajude….Desde já agradeço toda sua atenção.

  • Reply Deby´s 07/12/2013 at 21:00

    Oi, Simone.

    Então gostaria de saber em qual categoria posso cadastrar o brecho e qual passo a passo se não for abusar muito…muito obrigada e um bjo enorme no seu coração.

    Débora

  • Reply Deby´s 07/12/2013 at 21:06

    oi, Simone.

    Tenho uma duvidas como devo cadastrar meu brechó no Mei passo a passo pois estou com muitas duvidas e uma dela por onde começar e em qual categoria neste caso me encaixo..Estou trabalhando informal mas quero com urgencia regularizar está situação…me ajude….Desde já agradeço toda sua atenção.

    • Reply Simone Aline 09/12/2013 at 00:29

      Oi Deby’s, o cadastro deve ser feito como “comércio varejista de usados”. Na hora do cadastro tem uma lista com várias definições, olhe com bastante calma, pq a lista é muuuuuuuito grande mesmo! =/
      Desejo sucesso no brechó!
      Bjks!

  • Reply Anonymous 26/12/2013 at 08:01

    Descobri um fornecedor para brechó . Tem um atacado em Curitiba http://atacadocuritiba.blogspot.com.br/

  • Reply Anonymous 11/01/2014 at 00:11

    montei meu brechó tem três dias as coisas estão acabando não sei o que fazer
    me der umas dicas

    • Reply Simone Aline 11/01/2014 at 01:44

      Se vc abriu com muitas peças, isso é bom, né? Afinal você deve investir em novas peças um pouco do lucro… Assim terá sempre coisas novas! Visite os bazares de instituições filantrópicas (são sempre os melhores preços). Já se tiver aberto com poucas peças e ainda não puder investir, peça para a família, os amigos… 😉 Ou até mesmo para os clientes, tipo uma promoção. Traga uma peça, compre outra e ganhe mais uma! Enfim, se em 3 dias as coisas já estão se esgotando… é um bom sinal, certo? 😉 Sucesso! Bjks!

  • Reply Rosangela Chaves 21/01/2014 at 12:18

    Quero abrir um brechó mas, pretendo colocar de tudo um pouco, por exemplo: roupas, calçados, , acessórios, móveis, artesanatos inclusive roupas novas, você acha que pode dar certo ou a grande variedade pode fazer com que me perca e atrapalhe o foco principal que são às roupas? Desde já agradeço…beijos

    • Reply Simone Aline 21/01/2014 at 12:37

      Olá Rosangela,
      Se o seu espaço for beeeeeeem grande, pode separar por seções. Mas de qualquer forma, acho um pouco complicado… terá que ter mais gente também trabalhando, além de você (o que pode gerar gasto inicialmente). Uma solução que eu achei (e que me gerava muuuuuuitas doações), era o que escrevi em resposta a Telma, um pouco mais acima (comentário de nº 21). Acho uma boa ideia!
      Sucesso no negócio! 😉
      Bjks!

  • Reply Anonymous 26/02/2014 at 00:31

    Oi simone tudo bem? Gostaria da sua ajuda estou procurando um ponto pra alugar e achei um lugar que ja e um brecho mas eles querem me passar o ponto sem nada dentro so com algumas araras por 10.000 so pelo ponto voce pode me ajudar estou achando muito caro obrigada maria

    • Reply Simone Aline 26/02/2014 at 00:57

      Só terá algum lucro se o brechó vender muuuuuito!!! Acabará tendo que colocar seu preço fora do “padrão” de um brechó, o que eu acho que acaba afastando os clientes. O local do meu era numa das ruas principais, com comércio vasto, e muito movimento, e não cheguei perto do aluguel desse ponto. Com certeza, pra mim, não valeria a pena! 😉

  • Reply Anonymous 01/06/2014 at 17:18

    Muito obrigada pelas dicas. Te achei muito criativa, leva jeito para empreender mesmo. Desejo muito sucesso. Mirian

  • Reply Anonymous 01/08/2014 at 03:51

    Adorei todas esas dicas vou segui comeu sonho vou ser uma grade revededora de roupas obrigado bj

  • Reply Anonymous 18/08/2014 at 22:51

    Olá Simone, estou com um projeto de abrir um brechó infantil estilo butique, mais o aluguel aqui no Rio é em torno de R$ 2.000,00 30m2, em um lugar super movimentado com escolas, ponto comercial, bancos etc. gostaria de saber qual a média do faturamento mensal de um brechó que venda peças como roupas, sapatos e acessórios de RN aos 12 anos, quero fazer a análise, será que pode me ajudar? Agradeço, abraços!!!

    • Reply Simone Aline 19/08/2014 at 17:57

      Olá, brechó estilo boutique sempre agrada mais aos olhos 😉 Se o local for de um poder aquisitivo de médio para alto, é lucro certo! 😉 Não tenho ideia atualmente de faturamento… Já fechei o brechó há anos. Mas te digo: minha sorte, em muitos meses, era de que não tinha que pagar aluguel. Mas o brechó era no Méier, embora num excelente ponto tb, as pessoas tinham uma certa “vergonha” de comprar. Acho que tudo vai depender do teu tipo de cliente. Faz uma pesquisa na porta desses locais (escola, bancos), para saber se as pessoas comprariam num brechó! 😉 Pq eu adoooooooooooro!!! ♥

  • Reply mara 13/07/2015 at 15:51

    boa tarde!
    eu queria abrir um brecho,conheço algumas pessoas que podem me vender as roupas mas não sei dar preço nas peças e nem o valor da venda!
    tipo sapato e roupas!
    teria como me ajudar a fazer uma tabela de preço para eu poder dar o preço para comprar
    as roupas dessas pessoa?

    • Reply Simone Aline 13/07/2015 at 15:57

      Mara, depende do valor que vai conseguir comprar. Para brechó, o ideal é que seja em atacado, pois para vender, vai precisar ter um preço de “brechó” também! 😉 Eu tinha valores tabelados assim: sapatos R$ 5,00 – roupas pesadas ou conjuntos R$ 10,00 – Roupas infantis R$ 3,00 – Roupas Adulto R$ 5,00 – Acessórios R$ 1,00 e tinha a banca, de R$ 3,00 qualquer peça (qualidade inferior, mais gastas…). Enfim, tudo depende de onde será seu brechó e o público que espera atender! 😉 Sucesso! Bjks!

  • Reply Michelle 02/09/2015 at 09:58

    Olá Simone..seu blog me ajudou bastante em algumas dúvidas,estou para inaugurar um brechó em Piracicaba nos próximos dias e nem tinha pensado num “coquetel”.Abriu minha mente as suas idéias. Já cadastrei meu MEI,só não sou muito criativa com vitrine..rsrs
    Assim que inaugurar,te mando fotos..Bjs

    • Reply Simone Aline 02/09/2015 at 17:39

      Ah que legal Michelle!!! 😀
      Vai ser sucesso, se Deus quiser! Manda as fotos sim, já fiquei curiosa! 😉
      Se um dia eu for em Piracicaba, vou conhecer, claro!!! Pq adooooooro um brechó!
      Bjks!

  • Reply Ana Carolina 19/11/2015 at 19:44

    Olá!

    Gostaria de saber a sua opinião sobre abrir um brechó de roupas infantis, onde também tivesse peças novas tipo “ponta de estoque”. Você acha que dá certo mesclar, novas e semi novas?

    • Reply Simone Aline 19/11/2015 at 21:50

      Acho que é ótimo Ana! Sabe porque? Porque muitas pessoas as vezes não entram num brechó por preconceito. E tendo peças novas, as pessoas vão entrar sem constrangimento, e acabar levando tanto da loja quanto do brechó! 😉 Eu tinha gente que tocava a campainha na casa dos meus pais (onde era o brechó) perguntando se eu poderia atender sem ser nos horários que eu estava com as portas abertas. E várias pessoas alegavam esse “constrangimento” de entrar em brechó. Vai entender… rsrsrs Acho que essa mescla vai te dar a possibilidade de atingir um maior público! 😉 Sucesso! Bjks!

  • Reply Heloisa 30/03/2016 at 16:12

    Olá, adorei seu blog e dicas.
    Minha ideia de abrir um Brechó se torna mais real quando leio experiências como a sua.
    Obrigada por compartilhar.
    Quero ver as fotos do seu Brechó, não achei aqui. Tem como disponibilizar?
    Obrigada novamente.
    Beijos e muito sucesso.

    • Reply Simone Aline 30/03/2016 at 17:39

      Olá Heloisa,
      todas as fotos que tenho estão por aqui pelo blog… transformando a garagem, pintando cobertura antiga, decorando, da inauguração… Já não tenho mais o brechó, então só tenho mesmo as fotos que estão aqui! 😉
      Bjks!

  • Reply Alaide 29/05/2016 at 14:00

    ola Simone!
    Gostaria de montar um brecho, mas nao tenho grana. O que acha de comprar em consignação? Vc teria endereços de locais que vende sobre consignação
    grata! abraço

    • Reply Simone Aline 29/05/2016 at 23:36

      OLá Alaide, eu não trabalhava por consignação não. Até tentei uma vez, mas achei bem complicado.
      Bjks!

  • Reply karlla 27/06/2016 at 09:36

    Olá eu criei meu bazar on line, em breve postarei muitas peças, tudo com muito carinho para vocês, faça uma visita no instagram @pireibazar ou em nossa página no face!

  • Reply AMANDA 03/07/2016 at 17:18

    oLA FLOR BOM DIA SOU DE MG IREI ABRIR UM BRECHO E LOJA NO KILO INFANTIL,,,VC TERIA ALGUM FORNECEDOR PARA INDICAR QUE BENDA ATACADO PARA BRECHOS

    • Reply Simone Aline 03/07/2016 at 18:19

      Olá Amanda, só conheço a Alternativa Moda (www.alternativamoda.com.br). Sucesso no brechó! Bjks!

  • Reply Angela 08/11/2016 at 13:42

    Olá Simone

    eu acabei de achar o seu post e ele me ajudou bastante em algumas dúvidas, tenho muitas roupas da época que eu comprava de lote no Japão, além das que ganhei da minha família (peças femininas) e penso em fazer um bazar de garagem um final de semana para ajudar nas despesas e me ver se isso vai para frente também.

    a minha dúvida é mais sobre o local, eu pretendo fazer em uma loja antiga que é da minha família mas no momento está desocupada tenho araras e cabides sobrando mas as minhas dúvidas são:

    – o lugar não tem banheiro porque antes era junto a casa e agora so tem o espaço da frente, e já falaram que na casa não tem como usar pq tem que sair do lugar ir para a rua abrir a porta etc, e que isso pode dar margem para entrar um ladrão,isso atrapalha?
    – eu penso só em oferecer água, pq como vai ser só um final de semana não queria já começar com gastos em excesso
    – pensei em fazer igual as igrejas, colocar um espelho e deixar as pessoas experimentarem por cima, para evitar roubos porque na hora vou estar com poucas pessoas ou melhor dizendo se bobear praticamente sozinha
    -acha válido fazer uma página no facebbok para o bazar e distribuir cartões com a compra, para o caso de acontecer futuros eventos?

    desculpe com tantas perguntas mas eu realmente quero organizar um e sei que se fizer meia boca além de ouvir por muito tempo da família que é contra não terei pé para tentar de novo

    Grata!

    • Reply Simone Aline 08/11/2016 at 21:03

      Olá Angela, vamos lá:
      – Sem problemas não ter banheiro (a maioria dos brechós e bazares não tem!)
      – Espelho de corpo inteiro é a melhor opção sim… e poder experimentar por cima é super válido!
      – Água é necessário, mais do que isso é “mimo”, então, nada de gastar para tal. Uma sugestão: se houver lanchonetes ou casas de sucos próximas, converse com o gerente. As vezes eles mandam algo para degustação 😉 Ou com alguma amiga que faça chocolates, pão de mel, doces… elas podem oferecer com um cartãozinho e divulgar o serviço também 😉 Parcerias são sempre bem-vindas!
      – Páginas no face são sempre boas para anunciar, mas precisam de um bom movimento. Se for para quem está “próximo”, amigos e família, o melhor é anunciar no seu perfil, pois assim o face não te passa pra trás, e mais pessoas ficarão sabendo de tudo!
      QUalquer outra dúvida, só perguntar! Sucesso no bazar e boas vendas!

  • Reply KATIA REGINA 05/03/2017 at 21:45

    Oi Simone,. estou adorando seus comentarios, sempre acrescentam. Tenho um brechó (classe baixa-media) faz um ano na casa de meu pai (não pago aluguel), as vendas sao lentas, pois a maioria das pessoas querem vender e nao comprar, e outra maioria quer trocar, tinha meses que eu só trocava roupas, e nao girava dinheiro.
    Lendo teus comentarios, tive a ideia de fazer mais ou menos assim – TRAGA PEÇAS DE ROUPA, PAGUE R$ 5,00 CADA, E TROQUE POR OUTRAS. Pois eu lavo TODAS as roupas que entram, seria o jeito de entrar um dinheiro e repor o gasto que tenho em lavá-las. Você acha que pode dar certo, ou teria alguma ideia. Estou adorando trabalhar com isso, e o melhor para mim é que fico perto do meu pai que ficou viuvo a poucos meses.
    Por favor se tiver alguma ideia para meu brecho dar certo te agradeço demais.

    bjs

    • Reply Simone Aline 05/03/2017 at 22:18

      Oi Katia, achei sua ideia bem bacana. Realmente, todo mundo quer vender ou trocar. Eu gosto bastante de preço único: trazer uma peça e levar outra por R$ 5,00 é fantástico, e todo mundo ganha! 😉
      Desejo muito sucesso!!! ♥
      Grande beijo

  • Reply Mellany Pietra Lima 16/07/2017 at 23:05

    Poderia me indicar fornecedores confiáveis que distribua para o Rio Grande do Sul?
    Só para ressaltar eu amei as dicas e vou seguir passo a passo tudo que escreveu.
    Obrigado.
    Se puder me indicar os fornecedores meu whatsapp é 011982213772
    Obrigado mesmo…

  • Reply Maria da Conceição Brito de Aguiar 28/08/2017 at 16:06

    Boa tarde,
    Sou Conceição Aguiar, estou querendo abrir um brechó e o nome que mais gostei foi: Brechó Agora é Meu. só que esse nome já existe, gostaria de saber se posso usar o nome.
    fico no aguardo.
    Obrigada.

    • Reply Simone Aline 29/08/2017 at 20:13

      Olá COnceição, se seu brechó for online, fica ruim associarem o mesmo nome, tanto para você quanto para o outro brechó. Se for abrir em espaço físico, e o nome for de um brechó em outra cidade, acredito que não tenha problema. Mas de qualquer forma, verifique se há cnpj com a mesma função que vc deseja. Boa sorte! Super beijo

  • Reply Maria rolli 23/10/2017 at 02:24

    Olá adorei todas as dicas e sugestões que você dá, quero abrir e vou abrir um mas moro na praia, que está ainda se desenvolvendo pretendo fazer em casa o que você me sugere farei misto mas pretendo trabalhar só com infantil bjs

    • Reply Simone Aline 23/10/2017 at 08:46

      Um brechó praiano deve dar boas vendas Maria! Dá pra fazer uma decoração temática bem chamativa no espaço. E pode atrair a atenção das pessoas com um chuveirão ou um picolé pra quem fizer compras! 😉 É uma boa forma de cativar o cliente! Muito sucesso! Grande beijo

  • Reply Mariza do Rocio Correia Da Silva 30/10/2017 at 11:57

    Vou abrir um brecho na sala do meu apartamento .Como faço as propagandas.

    • Reply Simone Aline 30/10/2017 at 19:48

      Imprime e pede pra colocar na padaria, no mercadinho, papelaria… e avisa na vizinhança! Se tiver filhos ou sobrinhos em idade escolar, pede pra tia colocar nas agendas 😉 Boa sorte e super beijo

  • Reply Mariza do Rocio Correia Da Silva 30/10/2017 at 11:59

    Dá certo pegar roupas de amigas por cosiguinaçao?
    Estou bem empolgada .

    • Reply Simone Aline 30/10/2017 at 19:49

      Mariza, eu não me adaptei com a consignação. Preferia fazer “troca”. Quem quisesse podia deixar peças, e a cada 2 deixadas, levava uma “nova”. Quem curte brechó sempre adora essas coisas. 😉 Boa sorte e boas vendas! Aproveita que Natal tá chegando! Super beijo

  • Reply Giseli souza dos santos 01/01/2018 at 22:38

    Gostei bastante ..to pensando em abrir um brecho esse ano, te confesso que tenho um pouco de receio da parte burocratica
    Tenho muitas duvidas

    • Reply Simone Aline 03/01/2018 at 08:35

      Burocracia tem em tudo Giseli. Mas não deixe que ela atrapalhe suas conquistas. Sucesso com o brechó. Adoro! Bjks

  • Reply BrechoFacil 13/09/2018 at 00:51

    Para quem vai montar um brechó vale a pena conhecer o BrechoFacil (www.brechofacil.com.br), software de gestão de brechós. Foi feito especificamente para brechós e além de ser uma ferramenta ágil, simples de usar e de grande eficiência, entrega para você uma metodologia de gestão testada. Você não vai perder tempo com o que não é importante para seu negócio. O BrechoFacil direciona seu foco para o que interessa.

  • Leave a Reply