Daily Archives

18/11/2014

Comportamento, Diário da Si, Dicas, O Blog

♥ QUANDO FALTA AMOR… ♥

#OiGente 🙂

O título tá piegas, eu sei… E conforme falei ontem, essa semana os posts serão reflexivos, sobre essa #vidadeblogueira, que tá aí na luta, fazendo por amor, mas querendo ganhar o seu suado dim dim! E claro, ser respeitada pelo que faz!

E sinceramente? Uma coisa que eu acho que falta na blogosfera é amor e respeito quando a gente decide “trabalhar”. E isso de todos os lados! Ninguém tem paciência de ensinar quem está começando. A maioria acha que já tem que começar sabendo… e sei lá… gongam, criticam, apontam, fazem pintscreens de erros, sem lembrar que é errando que se acerta, muitas vezes! :/

E quem nunca errou em nada, que atire a primeira pedra!  Porque a vida é assim mesmo: todo mundo tem direito de errar uma, duas… mil vezes!!! he he he

todo mundo cai nessa vida

As pessoas estão sem paciência até na blogosfera! Tudo bem que é normal todo mundo perder ela um dia… mas sejamos mais amorosos no dia-a-dia de trabalho. Que possamos ensinar os primeiros passos a quem está começando (sabendo que cada pessoa tem seu próprio tempo para aprender aquilo que para nós parece óbvio). Que recordemos o nosso início, e consigamos entender mais os porquês de cada um.

E mesmo pra quem quer trabalhar com o blog, que trabalhe com amor!!!

Eu sei que o dinheiro é importante (e acreditem: como sei… se contar minha vida financeira pra vocês, é caso de sentar e chorar… kkkkkk). Mas eu estou falando daquilo que motiva a gente a trabalhar mais. E isso não é porque é o blog. Um dia eu trabalhei fora exatamente dessa forma. Não à toa era apontada como “caxias” ou “puxa-saco”. Mas na verdade, era amor ao trabalho. Porque cansaço e estresse a gente vai ter uma hora ou outra. Mas quando a gente não faz mais por amor, o melhor que se tem a fazer é despedir-se. Foi o que fiz quando ser técnica de rx ou gerente de uma unidade médica já não me deixavam feliz mais… Não havia mais amor! Eu me tornei uma pessoa reclamona, amargurada, irritante e irritada!!! rsrs Passei a trabalhar por obrigação, apenas para garantir o salário na conta no final do mês. E isso é horrível! 🙁 Trabalhar assim é ruim d+!

Trabalhar por amor – apenas – fica inviável  (e como eu também sei disso!!! rsrs). Então, podendo juntar as duas coisas, e trabalhar com amor, porque não fazê-lo? E porque não mostrar que não é porque se ama, que se faz de graça?!

E que não é porque já se aprendeu alguma coisa, que pode esquecer que já errou também! E que não é porque está na blogosfera há mais tempo, que pode sair por aí esculachando quem quer que seja! Porque isso é tão feio quanto fazer o errado!!! Aliás, isso é muito errado também!

Dizer que faz uma coisa por amor, e praticar o “desamor” por aí, é muito triste!

grama mais verde

Sabe aquele ditado que diz que a grama do vizinho é sempre mais verde? Pois é… vejo blogueiras se incomodando demais com o que outras blogueiras estão fazendo: como se vestem, como falam, onde vão… Ficam a espreita de um erro alheio (ou descobrem por acaso, como preferem justificar seus próprios erros também). Falta de amor… ao próximo… a próxima blogueira! Enfim, é triste assistir e ler histórias assim diariamente. Gente que gosta de fazer bonito, mas esquece de fazer o bem. Sabe lobo disfarçado em pele de ovelha? Na blogosfera são shames camufladas em pele de amigas!  Acho isso tão triste! 🙁

Que possamos nos preocupar mais em fazer o nosso. E se a grama da vizinha blogueira é mais verde…

regar com amor

…que possamos aprender com ela a plantar, regar, cuidar e cultivar todos os dias. Porque só assim, todas nós conseguiremos colher bons frutos, através do nosso próprio trabalho! ♥

Bjks!