Browsing Category

Comportamento

Beleza e Saúde, Comportamento, Diversos

A TENDÊNCIA DO MERCADO DE BELEZA

truques-beleza-dicas-salvar-o-dia-mercado da beleza-cuidados pessoais

Oi gente linda 🙂

Que o setor de beleza aqui no Brasil só cresce, a gente já vem notando há um bom tempo. Tanto que mesmo na crise, a indústria da beleza continua investindo, e continua vendendo.

O investimento no segmento atende a uma mudança no comportamento do consumidor que relaciona esse tipo de atenção à promoção de saúde e bem-estar. E não deixa de ser, né? Quem não se sente melhor e mais disposta quando está “bonita”??? Se cuidar faz bem pra gente, com certeza! Não é supérfluo cuidar de si, é algo que contribui para a nossa saúde física e psicológica, garantindo qualidade de vida.

As marcas estão investindo cada vez mais, aumentando seus portólios de produtos da linha de cuidados pessoais, e isso é maravilhoso. Os produtos vão melhorando sua qualidade, se tornando mais acessíveis e atendendo um público cada vez mais exigente. Os homens também tem ficado mais vaidosos, porque se cuidar não é apenas coisa de “mulherzinha”. Tanto que o mercado de beleza masculina dobrou nos últimos cinco anos. Há projeções sinalizando que o Brasil deve alcançar o primeiro lugar no ranking mundial desse segmento em 2019!

Claro que, voltando a falar de crise, a gente acaba tendo que ajustar  orçamentos, o que faz as mulheres  diminuírem as idas aos salões e intensificarem os cuidados com a beleza em casa mesmo.  E que bom que os produtos estão cada vez mais ao nosso alcance, né não? 🙂 Eu, independente da crise, sempre gostei de me cuidar em casa mesmo. Não tenho muito “saco” pra salão. kkkkkkkk Adoro testar as novidades, fazer misturas, loucuras… e vocês?

Segundona começando, e bora cuidar da gente, e se sentir bem com a gente mesmo! Essa é a melhor tendência! Boa semana!

Bjks

Apenas alguém feliz! 🙂 E que acredita que #juntassomosmelhores ♥
Comportamento, Diário da Si, Diversos

OS MELHORES ANÚNCIOS

Oi gente linda 🙂

Já faz mais de um ano que eu recebi uma pauta informando que os clientes da rede Hortifruti poderiam realizar o pagamento de suas compras via celular, em poucos segundos, utilizando uma tecnologia conhecida como NFC (Near Field Communication). Considerada mais segura e ágil, essa nova forma de pagamento é realizada por meio de transmissão de dados, inclusive de operações financeiras, entre dois dispositivos apenas pela sua aproximação.

No ato do pagamento, no caixa das lojas, bastava o cliente aproximar o celular da maquininha de cartão e inserir a impressão digital para autenticar a transação.

Segundo Geraldo Barreto dos Santos Filho, Gerente de Projetos da rede Hortifruti, há uma tendência global de levar as experiências do dia a dia para o mundo mobile. “O objetivo da Hortifruti é estar sempre atualizada com as tendências tecnológicas, e com esta nova opção e facilidade, iremos conseguir atender ainda mais clientes, desde o mais digitalizado, que prefere o pagamento via celular, ao que prefere a forma convencional”, afirma.

As máquinas de pagamento com a tecnologia NFC estariam já naquela época disponíveis em todas as lojas da rede Hortifruti no Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo.

Daí, eu deixei rascunhado a tal pauta e tal… e aqui ela ficou, esse tempo todo. Daí dias desses, arrumando o bloguito, encontrei esse rascunho perdido, com data de 30/11/2016!!! Isso mesmo que você leu!

Nem sei dizer se a rede Hortifruti ainda aceita esse tipo de pagamento, acredito que sim. Porque a tendência é sempre se modernizar mais. Mas, o que eu queria falar, é que a rede é uma daquelas que mais “conquistam” com seus outdoors gigantes pela cidade!

Esses dias eu tenho andado um pouco saudosista, desde que fiquei horas assistindo comerciais da década de 80!!! Alguns anúncios deixam marcas na memória, né? ♥ E a Hortifruti tem o tipo de comercial que fica para sempre na memória de qualquer pessoa!

E aí, hoje arrumando os rascunhos daqui, vi esse post! E eu admiro demais (mas é DEMAIS mesmo) essa pegada da Hortifruti, de encontrar um nome de filme, personagem ou algo assim, e associar uma fruta ou vegetal, caprichando no desenho e nas frases, tudo combinando:

hrti4hortifruti-4 hortifruti-10 horti3 horti2 horta-de-elite chuchurek

Cara, quando eu passo por um outdoor deles, eu fico até com vergonha… porque vou ficar rindo por horas!!! O troço passa, e quando eu lembro, rio de novo! Tento controlar, e caio na gargalhada mais uma vez! rsrsrsrsrs As ideias deles são geniais.

E pra piorar, quer dizer, melhorar, quando cheguei aqui no rascunho, fui buscar essas propagandas nas redes sociais, e claro, como não poderia deixar de ser, as redes sociais também são todas engraçadinhas, e até vídeos eles produzem com esses personagens hilários!!! Mas a criatividade dessa galera não tem fim, meu Deus!!!

E agora, que não consigo parar de assistir o Hortiflix??? kkkkkkkkk

Não consigo achar uma palavra para definir a criatividade da galera do marketing da Hortifruti, porque INCRÍVEIS é ainda muito pouco!!! ♥ Sou apaixonada por essa equipe que nem conheço!!! ha ha ha

E vocês, tem essa “coisa inexplicável” com comerciais???

Bjks!

Apenas alguém feliz! 🙂 E que acredita que #juntassomosmelhores ♥
Beleza e Saúde, Comportamento, Diversos, Moda Íntima

PELO FIM DA AJEITADINHA

Oi gente linda 🙂

Hoje o papo é para quem tem rapazes em casa. Aqui são 3. Três com problemas de “mira” e também com aquele “vício” de uma vez ou outra dar uma ajeitadinha no balangandã. rsrsrsrs A questão é: será que a cueca faz diferença nisso?

Desde a minha adolescência, a Zorba sempre foi a cueca dos anúncios. Quem não lembra do passarinho?

Tá, ele era meio desajeitado, mas era até engraçadinho. Acho que representava muito bem a coisa!!! ha ha ha

Foi um personagem bem conhecido na década de 80, e que retorna agora para conquistar o público com vídeos, gifs e peças dinâmicas nas redes sociais da marca. Legal, né? Naquela época acho que só a Zorba anunciava assim. E sinceramente, acho que ainda é!!! kkkkkkk Eu pelo menos não lembro de nenhuma outra marca de cueca. Tem Zorba, e tem qualquer outra, né não?

Zorba é realmente a marca líder do mercado de underwear masculino no Brasil, e está lançando sua nova campanha publicitária que traz de volta esse famoso e divertido personagem ícone da propaganda: o Passarinho da Zorba. Ohwn… que fofura. E ele ainda veio repaginado:

Com o manifesto “Pelo fim da ajeitadinha”, o Passarinho da Zorba veio antenado, e pousou direto nas redes sociais, que a partir de hoje, e em tom bem-humorado, tem uma nova campanha, assinada pela agência Mar Comunicação, com o objetivo de manter a marca próxima aos consumidores fiéis, e ao mesmo tempo, conquistar uma nova geração de fãs. Nas redes sociais da marca, já é possível ver a primeira vinheta, e a campanha terá gifs, ações e muito mais.

Eu recebi a pauta e confesso que, além de me remeter ao comercial da década de 80, ainda me fez pensar se realmente a cueca faz diferença na “ajeitadinha” da coisa!

“A campanha traz de volta um dos personagens mais emblemáticos da propaganda nacional. O Passarinho retorna com personalidade e rejuvenescido para encantar um novo público e lembrar que o conforto da Zorba é a única forma de acabar com a infame “ajeitadinha”, comenta Rosana Lourenço, Gerente de Marketing da Zorba.

Pela primeira vez perguntei ao marido se ele sentia diferença com uma cueca Zorba, e ele respondeu que sim, ela é realmente mais confortável e acomoda da melhor forma. ha ha ha Mas gente, porque então não compra só ela??? Dá pra entender homens??? Eu, hein!!!

A Zorba possui duas linhas de produtos: costurados e sem costuras. O carro-chefe da marca são os produtos sem costura nas laterais, que proporcionam melhor ajuste e liberdade de movimentos.

A marca está constantemente inovando e trazendo novas tecnologias para proporcionar o máximo de conforto e segurança aos seus consumidores, como o Maxfresh, regulador de sensação térmica e antimicrobiano; e a Comfortblend, que proporciona maior durabilidade, maciez e menor encolhimento graças à combinação do tecido de algodão com poliéster.

Juro: tô impressionada. Sabe por quê? Porque não leio sobre cuecas, não uso, mas nunca havia pensado se a marca faria diferença no dia-a-dia, entendem? Tipo assim: na hora de comprar, sou eu que compro, para o marido e para os filhos, e se eles NUNCA me disserem que uma marca faz diferença, sinceramente, eu não vou fazer questão de uma marca mais cara. Ou seja, acabo levando da loja mesmo, aquelas embalagens com 3, enfim… a mais barata! Eu já sou mão de vaca, e não faço ideia da diferença entre elas. kkkkkkkk

E hoje quando recebi a pauta, fiquei com isso na cabeça. Daí vim dividir com vocês. Caramba, porque Klaus disse que sente diferença! Então, ora bolas, porque só falou agora que eu perguntei??? Porque nunca reclamou quando eu compro outras??? Né não?

E vocês, já perguntaram para o marido, namorado, filhos, se eles tem preferência pela marca? Se eles conseguem sentir a diferença entre uma e outra? Me contem.

Bjks!

Apenas alguém feliz! 🙂 E que acredita que #juntassomosmelhores ♥
Casa / Decoração, Comportamento, Diário da Si, Dicas, Look Baratinho, Pechincha

COMPRINHAS MAIS BARATAS QUE NO BRÁS

Oi gente linda 🙂

Bora falar de comprinhas de novo por aqui… porque como toda mulher, eu adoro comprar. Mas diferente da maioria, eu sou muito mão de vaca!!! kkkkkkkk Faço economia em tudo (ou quase tudo! rs).

Sempre prefiro comprar 10 baratinhos do que 1 caro, mesmo esse caro valendo a pena. Não foi à toa que já tive um brechó. Porque além  de adorar brechós e bazares, eu ainda colocava minhas próprias peças para rolo e pegava “novas”. kkkkkkkk A foto não tinha lá muita qualidade, mas passeando aqui no blog tem vários posts sobre ele:

Resultado de imagem para brechó simone aline

E o nome do blog??? Ainda era Cantinho da Si, e blogspot!!!  

O tempo passou… mas uma coisa não mudou: continuo mão-de-vaca!!! E adorando fazer comprinhas em brechós e descobrir lojinhas cada vez mais baratinhas. Quem não gosta, né?

Foi-se o tempo que as lojinhas de R$ 1,99 faziam sucesso. Depois passaram a vender só porcarias, e hoje em dia já quase nem existem. Mas, a gente ainda encontra por aí lojas de até R$ 10,00, e com coisa bacaninha, tá?

E tem também lojas tipo a “Top 10”, que tem em vários locais por aí, que vende produtos em preços únicos (10 e 20 reais). Tá bom… era pra ser só de 10, já que o nome da loja é top10!!! kkkkkk Mas gente, R$ 20,00 ainda é um precinho camarada para muuuuuita coisa, muita coisa mesmo. Exatamente o que a gente encontra nessa loja!

Lá na Região do Lagos (RJ), elas tem em várias cidadezinhas, e eu gravei um pouquinho do que encontrei nela, e em outras lojinhas por lá. Vale a pena conferir as dicas:

E vocês, gostam de uma pechincha? Onde conhecem lojinhas assim? Deixem dicas aqui nos comentários.

Bjks!

Apenas alguém feliz! 🙂 E que acredita que #juntassomosmelhores ♥
Bombril para blogs, Comportamento, Diversos, Famosos, Notícia, Polêmicos

COMPRAR SEGUIDORES É O MESMO QUE ENGAJAMENTO?

Oi gente linda 🙂

Eu queria escrever um textão hoje, mas tô na correria porque amanhã é dia dos pais, vai ter almoço com a família aqui em casa, e a noite ainda tem o aniversário da Dama! Ohwn… 15 anos, minha gente! Então, pra variar, eu tô na correria. Mas na próxima semana eu vou colocar muito o papo em dia, e tenho muitas coisinhas para dividir com vocês aqui.

Quem me acompanha também no youtube, sabe que normalmente aos sábados eu solto o verbo… rsrsrs É o dia de mandar um F*3@-se para alguma coisa! Então, aperta o play pra ver:

E aproveitando a temática do vídeo, sobre a compra de seguidores e curtidas, eu achei uma matéria super bacana, que trouxe lá do site Hypeness : um experimento da agência MediaKix, que elaborou 2 perfis falsos no instagram, e conseguiram “trabalhos” para eles, dá pra acreditar???  Vejam:

A profissão do momento parece ser a de “influenciador digital” e muitas marcas já estão tentando aprender como trabalhar em conjunto com estes novos profissionais. Porém, um experimento realizado pela agência Mediakix mostra como é fácil fingir ser uma estrela do Instagram – e ainda ganhar dinheiro com isso.

Para compor a experiência, a agência criou duas contas falsas na rede social. A primeira delas era a conta de Alexa Rae (ou @calibeachgirl310), uma jovem moradora de Santa Mônica com foco em moda e estilo de vida. A outra conta pertencia a Amanda Smith (@wanderingggirl), uma influenciadora com foco em viagens e fotografia.

Para a primeira conta, foi contratada uma modelo local para um ensaio fotográfico de um dia, em que foram produzidas diversas fotografias que seriam compartilhadas ao longo do tempo na rede social. A outra conta utilizou apenas fotos de bancos de imagens e era usada para compartilhar principalmente fotografias de cenários incríveis.

O segundo passo da experiência foi comprar seguidores. Por um preço que variava entre US$ 3 e US$ 8, eram comprados cerca de mil seguidores ao dia. Ao longo de dois meses, as contas arrecadaram 50 mil e 30 mil seguidores, respectivamente. A próxima etapa da farsa foi comprar engajamento, pagando cerca de US$ 0,12 por comentário e entre US$ 4 e US$ 9 por cada mil curtidas nas fotografias publicadas.

Com as falsas influenciadoras perfeitas, os criadores da experiência inscreveram as duas contas em plataformas de influenciadores digitais e conquistaram quatro anunciantes pagos, dois para cada uma das contas. Os anunciantes ofereceram US$ 130 no total para a conta @wanderingggirl e US$ 400 para a @calibeachgirl310. A experiência completa pode ser vista aqui.

O propósito do experimento não era apenas mostrar o quão simples pode ser forjar a influência na web, mas também alertar anunciantes sobre como proceder na hora de contratar influenciadores e sobre a importância de analisar de antemão o real impacto de cada conta contratada. “Enquanto é verdade que sites e softwares podem detectar contas falsas, o fato de que nós conseguimos enganar plataformas e marcas mostra que as ferramentas disponíveis não estão fazendo um bom trabalho para prevenir esta forma de fraude“, conclui a empresa.

Claro que comprar seguidores não é o mesmo que ter engajamento. Mas foi-se o tempo que comprar engajamento não era possível…

Eu acho que as marcas ainda tem que aprender muito sobre analisar o trabalho dos influenciadores. Tem que avaliar tempo de trabalho, tem que conhecer a história, procurar o perfil e as redes pessoais… ver o tipo de trabalho que se tem, avaliar tudo! E dificilmente as marcas fazem isso. Muito dificilmente.

E vocês, o que acham disso?

Super beijo.

 

Apenas alguém feliz! 🙂 E que acredita que #juntassomosmelhores ♥
Beleza e Saúde, Comportamento, Diversos

AS POLÊMICAS SOBRE O GLÚTEN

Oi gente linda 🙂

Hoje recebi por e-mail um release muito interessante, que resolvi compartilhar com vocês, porque acho completamente INSANO das pessoas deixarem de comer alguma coisa porque está na “moda”. De repente, o mundo se tornou alérgico a N coisas e as dietas para emagrecimento viraram “zero ou free alguma coisa”!!! Porran,  e enchem o saco da gente pra substituir alimentos também, em prol da saúde, e na maioria dos casos, mal sabem o quanto fazem mal à sua própria saúde se restringir de algo!  Pois é… mas sabe aquilo: tá todo mundo fazendo, então é bom e tá certo????? Exatamente isso! Veja bem, não estou falando de quem tem REALMENTE alergia a alguma coisa, estou me referindo a quem entra na onda por modismo.

Eu parto do princípio que tudo em excesso faz mal, e a escassez idem!!! Nosso organismo precisa de muitas coisas para ser saudável e mantermos um peso adequado. Mas a busca por corpos perfeitos por fora, muitas vezes deixa um corpo não saudável por dentro, e as pessoas acham o máximo isso!!!

Mas vamos aos fatos, com a informação de um especialista, lógico:

De acordo com Marcela Tardioli, consultora em nutrição da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (ABIMAPI), “restringir o glúten deve estar relacionado ao controle de alguma doença ou condição adversa ao consumo e deve adotar esta prática somente quem possui diagnóstico e recomendação médica, para que não haja nenhuma deficiência nutricional”, alerta.

Muito se ouve falar sobre glúten (as pessoas falam como se fosse a pior coisa do universo), doença celíaca e dietas radicais que excluem o consumoMas, diferentemente do movimento gluten-free propagado de maneira irresponsável por alguns influenciadores de opinião, a alimentação isenta da proteína não deve estar atrelada ao controle de peso ou ser vista como prática saudável para este fim.

Para ajudar a esclarecer sobre os riscos que envolvem o modismo, a especialista elencou os principais mitos e verdades sobre o tema. Confira:

Retirar o glúten da dieta emagrece.

MITO. O glúten, de forma geral, é uma proteína encontrada nos grãos de trigo, centeio, cevada e malte e consequentemente nas preparações que contém estes ingredientes. Está associado a alimentos fonte de carboidrato, que contêm vitamina B e açúcar. Na realidade, reduzir e equilibrar a ingestão destes produtos faz com que aconteça a diminuição e o controle do peso por não haver exagero no consumo de forma geral, e não pela ausência do glúten.

É indicada a retirada do glúten da dieta em caso de doença celíaca.

VERDADE. A restrição deve ser feita após um diagnóstico médico da doença celíaca e sinais clínicos (diagnosticados) de sensibilidade ao glúten. No caso da alergia ao trigo, sua ingestão ou preparações que o contenha deve cessar. Tirar o glúten do dia a dia de forma indiscriminada ou que não seja pelos motivos citados acima, não tem respaldo da ciência.

Há relação de rotavírus com doença celíaca.

VERDADE. Estudos recentes apontaram que, principalmente em crianças, infecções frequentes e repetitivas com rotavírus podem aumentar o risco de desenvolvimento da doença celíaca em pessoas com predisposição genética. Uma das hipóteses para esta relação é que as infecções afetam a mucosa do intestino, deixando-as mais suscetíveis à doença.

Doença celíaca tem cura.

MITO. A enfermidade não tem cura, mas com a exclusão do nutriente da alimentação os sintomas já começam a desaparecer. Ou seja, é uma condição controlável, mas que deve receber atenção para o resto da vida.

Cientistas australianos e americanos realizaram alguns testes para a criação de uma vacina para doença celíaca, que visa reduzir a sensibilidade dos pacientes ao glúten. A primeira fase de testes mostrou eficácia, porém ainda existe um longo caminho a ser percorrido até que seja de fato aprovada.

Por fim, Marcela ressalta que uma alimentação saudável deve incluir todos os grupos de alimentos, como cereais, frutas, verduras, legumes, entre outros. “Além disso, entender as diferenças entre a doença celíaca, sensibilidade ao glúten e alergia ao trigo pode ajudar a identificar alguns sintomas que devem ser relatados a um profissional da área de saúde, para correto diagnóstico e tratamento”.

Quando eu era adolescente, se alguém dissesse que comia mais que 2 ovos por semana, estaria na lista das pessoas agressivas e malucas (sim, diziam que ovo demais enlouquecia). E a banha do porco, que era boa, aí de repente ficou ruim, e voltou a ser boa??? Manteiga ou margarina? Leite integral ou desnatado? Enfim, eu acho que tudo na vida é sempre uma questão de bom senso, incluindo a alimentação! Excessos e faltas são sempre prejudiciais. E qualquer doença ou síndrome deve ser investigada, e não apenas uma “suposição” do paciente, que quer copiar a dieta do outro, porque aparentemente tem os mesmo “sintomas”. Ou pior ainda, porque virou moda!!!

E vocês, o que acham desses modismos na alimentação?

Bjks!

alimentos-sem-gluten_8687_m[1]

Apenas alguém feliz! 🙂 E que acredita que #juntassomosmelhores ♥
7º Encontro Blogueira S.A., Comportamento, Crianças / Filhos, Datas Comemorativas, Diário da Si, Diversos, Encontros de Blogueiras, Eventos, Fala Pra Mãe: perguntas e respostas, Pergunta: que eu respondo!

O MEU DIA DAS MÃES

Oi gente linda 🙂

Esse post era pra ter saído ontem… rsrsrs Mas vida de mãe é assim mesmo: primeiro a gente  se adéqua aos horários dos filhotes, e depois vai cuidando dos nossos próprios afazeres. E como eu AMO essa vida!

Domingão foi dia de churras aqui em casa, com a mamãe e os filhotes:

dia das maes

E na última sexta-feira, filhotinho mais novo teve apresentação na escola. Chorei, óbvio! Choro até nas turminhas alheias… imagina com meu filho cantando??? kkkkkkkk E tenho que aproveitar, porque o mais velho já não tem mais essas “gracinhas” há muitos anos. E o mais novo está no 4º ano, ou seja, daqui a pouco isso acaba também.

20170512_083701[1]

Gravei tudo, claro! E tem um pedacinho no início do vídeo especial de Dia das Mães, onde respondi duas perguntinhas sobre o nosso #EBSA/blogosfera! Aperta o play:

Apenas alguém feliz! 🙂 E que acredita que #juntassomosmelhores ♥