Browsing Category

Comportamento

Bombril para blogs, Comportamento, Diversos, Famosos, Notícia, Polêmicos

COMPRAR SEGUIDORES É O MESMO QUE ENGAJAMENTO?

Oi gente linda :)

Eu queria escrever um textão hoje, mas tô na correria porque amanhã é dia dos pais, vai ter almoço com a família aqui em casa, e a noite ainda tem o aniversário da Dama! Ohwn… 15 anos, minha gente! Então, pra variar, eu tô na correria. Mas na próxima semana eu vou colocar muito o papo em dia, e tenho muitas coisinhas para dividir com vocês aqui.

Quem me acompanha também no youtube, sabe que normalmente aos sábados eu solto o verbo… rsrsrs É o dia de mandar um F*3@-se para alguma coisa! Então, aperta o play pra ver:

E aproveitando a temática do vídeo, sobre a compra de seguidores e curtidas, eu achei uma matéria super bacana, que trouxe lá do site Hypeness : um experimento da agência MediaKix, que elaborou 2 perfis falsos no instagram, e conseguiram “trabalhos” para eles, dá pra acreditar???  Vejam:

A profissão do momento parece ser a de “influenciador digital” e muitas marcas já estão tentando aprender como trabalhar em conjunto com estes novos profissionais. Porém, um experimento realizado pela agência Mediakix mostra como é fácil fingir ser uma estrela do Instagram – e ainda ganhar dinheiro com isso.

Para compor a experiência, a agência criou duas contas falsas na rede social. A primeira delas era a conta de Alexa Rae (ou @calibeachgirl310), uma jovem moradora de Santa Mônica com foco em moda e estilo de vida. A outra conta pertencia a Amanda Smith (@wanderingggirl), uma influenciadora com foco em viagens e fotografia.

Para a primeira conta, foi contratada uma modelo local para um ensaio fotográfico de um dia, em que foram produzidas diversas fotografias que seriam compartilhadas ao longo do tempo na rede social. A outra conta utilizou apenas fotos de bancos de imagens e era usada para compartilhar principalmente fotografias de cenários incríveis.

O segundo passo da experiência foi comprar seguidores. Por um preço que variava entre US$ 3 e US$ 8, eram comprados cerca de mil seguidores ao dia. Ao longo de dois meses, as contas arrecadaram 50 mil e 30 mil seguidores, respectivamente. A próxima etapa da farsa foi comprar engajamento, pagando cerca de US$ 0,12 por comentário e entre US$ 4 e US$ 9 por cada mil curtidas nas fotografias publicadas.

Com as falsas influenciadoras perfeitas, os criadores da experiência inscreveram as duas contas em plataformas de influenciadores digitais e conquistaram quatro anunciantes pagos, dois para cada uma das contas. Os anunciantes ofereceram US$ 130 no total para a conta @wanderingggirl e US$ 400 para a @calibeachgirl310. A experiência completa pode ser vista aqui.

O propósito do experimento não era apenas mostrar o quão simples pode ser forjar a influência na web, mas também alertar anunciantes sobre como proceder na hora de contratar influenciadores e sobre a importância de analisar de antemão o real impacto de cada conta contratada. “Enquanto é verdade que sites e softwares podem detectar contas falsas, o fato de que nós conseguimos enganar plataformas e marcas mostra que as ferramentas disponíveis não estão fazendo um bom trabalho para prevenir esta forma de fraude“, conclui a empresa.

Claro que comprar seguidores não é o mesmo que ter engajamento. Mas foi-se o tempo que comprar engajamento não era possível…

Eu acho que as marcas ainda tem que aprender muito sobre analisar o trabalho dos influenciadores. Tem que avaliar tempo de trabalho, tem que conhecer a história, procurar o perfil e as redes pessoais… ver o tipo de trabalho que se tem, avaliar tudo! E dificilmente as marcas fazem isso. Muito dificilmente.

E vocês, o que acham disso?

Super beijo.

 

Apenas alguém feliz! :)

E que acredita que #juntassomosmelhores ♥

Beleza e Saúde, Comportamento, Diversos

AS POLÊMICAS SOBRE O GLÚTEN

Oi gente linda :)

Hoje recebi por e-mail um release muito interessante, que resolvi compartilhar com vocês, porque acho completamente INSANO das pessoas deixarem de comer alguma coisa porque está na “moda”. De repente, o mundo se tornou alérgico a N coisas e as dietas para emagrecimento viraram “zero ou free alguma coisa”!!! Porran,  e enchem o saco da gente pra substituir alimentos também, em prol da saúde, e na maioria dos casos, mal sabem o quanto fazem mal à sua própria saúde se restringir de algo!  Pois é… mas sabe aquilo: tá todo mundo fazendo, então é bom e tá certo????? Exatamente isso! Veja bem, não estou falando de quem tem REALMENTE alergia a alguma coisa, estou me referindo a quem entra na onda por modismo.

Eu parto do princípio que tudo em excesso faz mal, e a escassez idem!!! Nosso organismo precisa de muitas coisas para ser saudável e mantermos um peso adequado. Mas a busca por corpos perfeitos por fora, muitas vezes deixa um corpo não saudável por dentro, e as pessoas acham o máximo isso!!!

Mas vamos aos fatos, com a informação de um especialista, lógico:

De acordo com Marcela Tardioli, consultora em nutrição da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (ABIMAPI), “restringir o glúten deve estar relacionado ao controle de alguma doença ou condição adversa ao consumo e deve adotar esta prática somente quem possui diagnóstico e recomendação médica, para que não haja nenhuma deficiência nutricional”, alerta.

Muito se ouve falar sobre glúten (as pessoas falam como se fosse a pior coisa do universo), doença celíaca e dietas radicais que excluem o consumoMas, diferentemente do movimento gluten-free propagado de maneira irresponsável por alguns influenciadores de opinião, a alimentação isenta da proteína não deve estar atrelada ao controle de peso ou ser vista como prática saudável para este fim.

Para ajudar a esclarecer sobre os riscos que envolvem o modismo, a especialista elencou os principais mitos e verdades sobre o tema. Confira:

Retirar o glúten da dieta emagrece.

MITO. O glúten, de forma geral, é uma proteína encontrada nos grãos de trigo, centeio, cevada e malte e consequentemente nas preparações que contém estes ingredientes. Está associado a alimentos fonte de carboidrato, que contêm vitamina B e açúcar. Na realidade, reduzir e equilibrar a ingestão destes produtos faz com que aconteça a diminuição e o controle do peso por não haver exagero no consumo de forma geral, e não pela ausência do glúten.

É indicada a retirada do glúten da dieta em caso de doença celíaca.

VERDADE. A restrição deve ser feita após um diagnóstico médico da doença celíaca e sinais clínicos (diagnosticados) de sensibilidade ao glúten. No caso da alergia ao trigo, sua ingestão ou preparações que o contenha deve cessar. Tirar o glúten do dia a dia de forma indiscriminada ou que não seja pelos motivos citados acima, não tem respaldo da ciência.

Há relação de rotavírus com doença celíaca.

VERDADE. Estudos recentes apontaram que, principalmente em crianças, infecções frequentes e repetitivas com rotavírus podem aumentar o risco de desenvolvimento da doença celíaca em pessoas com predisposição genética. Uma das hipóteses para esta relação é que as infecções afetam a mucosa do intestino, deixando-as mais suscetíveis à doença.

Doença celíaca tem cura.

MITO. A enfermidade não tem cura, mas com a exclusão do nutriente da alimentação os sintomas já começam a desaparecer. Ou seja, é uma condição controlável, mas que deve receber atenção para o resto da vida.

Cientistas australianos e americanos realizaram alguns testes para a criação de uma vacina para doença celíaca, que visa reduzir a sensibilidade dos pacientes ao glúten. A primeira fase de testes mostrou eficácia, porém ainda existe um longo caminho a ser percorrido até que seja de fato aprovada.

Por fim, Marcela ressalta que uma alimentação saudável deve incluir todos os grupos de alimentos, como cereais, frutas, verduras, legumes, entre outros. “Além disso, entender as diferenças entre a doença celíaca, sensibilidade ao glúten e alergia ao trigo pode ajudar a identificar alguns sintomas que devem ser relatados a um profissional da área de saúde, para correto diagnóstico e tratamento”.

Quando eu era adolescente, se alguém dissesse que comia mais que 2 ovos por semana, estaria na lista das pessoas agressivas e malucas (sim, diziam que ovo demais enlouquecia). E a banha do porco, que era boa, aí de repente ficou ruim, e voltou a ser boa??? Manteiga ou margarina? Leite integral ou desnatado? Enfim, eu acho que tudo na vida é sempre uma questão de bom senso, incluindo a alimentação! Excessos e faltas são sempre prejudiciais. E qualquer doença ou síndrome deve ser investigada, e não apenas uma “suposição” do paciente, que quer copiar a dieta do outro, porque aparentemente tem os mesmo “sintomas”. Ou pior ainda, porque virou moda!!!

E vocês, o que acham desses modismos na alimentação?

Bjks!

alimentos-sem-gluten_8687_m[1]

Apenas alguém feliz! :)

E que acredita que #juntassomosmelhores ♥

7º Encontro Blogueira S.A., Comportamento, Crianças / Filhos, Datas Comemorativas, Diário da Si, Diversos, Encontros de Blogueiras, Eventos, Fala Pra Mãe: perguntas e respostas, Pergunta: que eu respondo!

O MEU DIA DAS MÃES

Oi gente linda :)

Esse post era pra ter saído ontem… rsrsrs Mas vida de mãe é assim mesmo: primeiro a gente  se adéqua aos horários dos filhotes, e depois vai cuidando dos nossos próprios afazeres. E como eu AMO essa vida!

Domingão foi dia de churras aqui em casa, com a mamãe e os filhotes:

dia das maes

E na última sexta-feira, filhotinho mais novo teve apresentação na escola. Chorei, óbvio! Choro até nas turminhas alheias… imagina com meu filho cantando??? kkkkkkkk E tenho que aproveitar, porque o mais velho já não tem mais essas “gracinhas” há muitos anos. E o mais novo está no 4º ano, ou seja, daqui a pouco isso acaba também.

20170512_083701[1]

Gravei tudo, claro! E tem um pedacinho no início do vídeo especial de Dia das Mães, onde respondi duas perguntinhas sobre o nosso #EBSA/blogosfera! Aperta o play:

Apenas alguém feliz! :)

E que acredita que #juntassomosmelhores ♥

Comportamento, Crianças / Filhos, Diário da Si, Dicas

COMEÇANDO MAIS UM ANO ESCOLAR

Oi gente linda :)

Aqui no Rio as aulas retornaram em Fevereiro, pra desespero total dos filhotes!!! ha ha ha Porque poxa, com o carnaval na última semana, foi dose… A verdade é que um feriado tããããão longo, resulta em dias sem estudo, óbvio! O que significa que não ia adiantar correr com matéria nas duas semaninhas que antecediam a data. Matéria foi dada, claro. Na escola do filhote mais velho houveram até alguns testes, as temidas V.A.s (Verificação de Aprendizagem), que são sempre surpresa!

Já se vão dois anos na escola nova, com novos amigos, novos professores… e claro, a essa altura, eles estão mais que enturmados, entre si e com todo o corpo docente também. E nós, as mães??? Há! Temos nosso grupo no zap, para fofocar e manter nossos filhotes no eixo. Muitas vezes esse grupo salva “trabalhos” que eles esquecem e etc, etc, etc. Porque adolescente tem cabeça de vento, né? rsrsrs

Quando o mais velho foi para uma escola pública, eu queria que o mais novo, quando chegasse na época, fosse estudar na mesma escola. A escola acabou se transformando em unidade de horário integral, e não abriu turmas justamente no ano do mais novo ingressar. Foi um ano de muitas mudanças escolares, porque meus planos foram por água abaixo. Problemas à parte, Dandan (o mais velho) e Cecelo puderam estudar na mesma escola, aqui na esquina de casa, até que Daniel conseguisse a bolsa para o Santa Mônica.

Mas dessa vez o da mãezica aqui está apertado com o mais novo.  Ele estava acostumado com uma escola só de Educação Infantil. E, contrariando o comum nas escolas, teve a mesma professora por 3 anos consecutivos. Resumindo: ele é apaixonado por ela. Ela os moldou, exatamente como eu sempre achei que uma professora deveria fazer: com amor, mas rigidez no ensino!

Professora Ester

E três anos seguidos no mesmo ritmo, com a mesma professora, claro que criou um laço ainda maior entre eles e ela ♥ Cecelo era um bom aluno, e tem um carinho enorme pela “Tia Ester”. No último dia de aula, ele pediu para comprar flores pra ela. E eu disse: “Pode deixar, junto com a lembrançinha que a mamãe comprou, vou acrescentar um vasinho de flores.” E ele questionou: “Não, mãe… não quero um vasinho. Quero um daqueles grandes, igual um homem dá para uma mulher nos filmes!” Ohwn… um buquê!!! ♥ Meu cavalheirinho!

presente-bonequinha-carinho-ao mestre

flores

Claro que eu levei! Primeiro porque o gesto dele foi lindo. Segundo porque a professora Ester merecia um jardim inteiro, tamanha sua dedicação com essa turminha do barulho:

ultimo dia de aula

É… agora ele foi para aquela escola que eu citei num post lááááá atrás (AQUI e AQUI). A escola que Dandan estudava e que eu queria que ele estudasse lá na época. Surgiu a oportunidade, para alguns bons alunos, e filhotinho foi um dos indicados ♥ E a mãezica ficou como??? Toda orgulhosa, pra variar. É mais longe? É.  Mais contramão? É. Mas é melhor? Ééééééé!!! Então, bora pra mais um jornada na vida escolar. Agora com a nova turminha, numa nova escola, com uma nova professora. Abaixo, a descontração do Bailinho de Carnaval:

escola jean mermoz

O tempo passa… e vai rápido! Rápido demais. E a única coisa que a gente pode fazer é aproveitar cada etapa disso. AMO participar ativamente de cada passinho na vida deles, e peço que Deus os abençoe em cada uma delas! Até que um dia, seguirão seus próprios caminhos.  P. S.: vou atrás!!! kkkkkkkkkk

Lá no canal, durante essa semana teremos a #VEDWEEK de Março, com Especial Volta às Aulas, com vídeos todos os dias. O primeiro é mostranto o “nosso” Material Escolar. Aperta o play pra conferir:

Super beijo!

Apenas alguém feliz! :)

E que acredita que #juntassomosmelhores ♥

Comportamento, Dicas, Diversos, DIY, E.V.A., Eu que fiz, Festas

CHIFRE NO CARNAVAL

Oi gente linda :)

Viu o título do post e veio ler, né? rsrsrs Nã, nã, ni, nã, não. Não vamos falar desses chifres que você pensou!

Gente, que febre é essa dos unicórnios???? Passeando pelo shopping eu vi vários!!! kkkkkkk Sério mesmo! Eu vi vendendo, em mais de uma loja. E de repente, passeando, vejo uma menina (que não era criança ou adolescente não!!!) passeando com um.  Ela já devia de ter uns 20 e poucos anos, e estava feliz da vida com seu arco de chifre brilhoso!

E quer saber??? Eu tô com ela!!! ha ha ha

Nunca me preocupei muito por estar “velha” para alguma coisa… minha idade mental me basta, e não me importo com olhares maldosos. Claro que o bom e velho bom senso também deve existir. Mas um arco é algo tão simples, tão bobo… que não importa se a pessoa quer um florido, de pérolas, de onça, de orelhas, strass, ou um chifre de unicórnio!!! rsrsrsrs

E eles estão em alta por aí: roupas, sapatos, acessórios e por toda parte! Pra onde a gente olha:

 unicórnio-chifre no carnaval-chifre colorido-chifrudo na moda-cagando arco irisunicórnio-chifre no carnaval-chifre colorido-chifrudo na moda-cagando arco iris

E vamos combinar? Você pode até estar de saco cheio, mas virou modinha… e são fofos! Peidam e cagam arco-íris! rsrsrs Ohwn… fala sério? Que outro serzinho que você conhece que faz isso???

unicórnio-chifre no carnaval-chifre colorido-chifrudo na moda-cagando arco iris

Não me olhe, eu bem que gostaria… rsrsrsrs Mas faço tudo normal mesmo, que nem você! ha ha ha

Bem, parando com o papo nojento e voltando às fofurices, os unicórnios estão dominando tudo por aí. E são meigos, doces, lembram a infância, sei lá.

E como eles estão em alta, resolvi fazer eu mesma o meu arquinho, caso queira usar no carnaval. Com menos de 10 reais comprei o arco já florido (3,00) e o E.V.A. com glitter (6,00). O restante tinha em casa mesmo: cola quente, lantejoulas e maquiagem! Sim, usei maquiagem nas orelhas do meu unicórnio. Pra não ficarem só branquinha, dei algumas pinceladas de rosa dentro de cada orelhinha!  E ficaram uma gracinha. Na make, usei os tons azul, rosa e roxinho, e claro, muuuuuito glitter também.  Primeiro porque eu adoro mesmo, e segundo porque é carnaval, e aí é que eu posso me jogar no brilho, Acompanhem o vídeo para verem como eu fiz tudo:

Espero que gostem!

Bjks!

Apenas alguém feliz! :)

E que acredita que #juntassomosmelhores ♥

Beleza e Saúde, Comportamento, Diversos

QUE TIPO DE MULHER É VOCÊ?

Oi gente linda :)

Quem me conhece sabe que eu sonho ainda em fazer Psicologia. Psiquiatria, quem sabe…  Tá, eu fiz Física, mesmo detestando cálculos. Mas isso, caras amigas, nem Freud explicaria!!! kkkkkk

Bem, a questão é que desde sempre, gosto de ler artigos, novidades e textos de psicólogos. E recebi dia desses um release que achei bacana compartilhar com vocês.

Vocês sabiam que cada mulher tem um arquétipo específico? Em 1919, o psiquiatra suíço Carl Gustav, criou quatro principais conceitos de perfis femininos, que além da aparência física, se referem também à personalidade delas. Segundo o estudioso, os arquétipos são originados de imagens repetidas progressivamente a partir de uma mesma experiência durante muitas gerações e armazenadas no inconsciente.

Para as mulheres, alguns arquétipos foram inspirados em determinadas regiões do mundo. Segundo a psicóloga e máster coach Jussara Prado , existem quatro tipos principais: Atlantis, Egípcias, Orientais e Greco Romanas. “Uma mulher pode se identificar em algum momento com um determinado arquétipo, mas não significa que ela é aquilo necessariamente ou que nunca mudará, pelo contrário. Ao longo da vida a mulher assume novos arquétipos, não há uma padronização. Mas o interessante de se estudar isso é para aprofundar o autoconhecimento, reconhecendo os pontos fortes que podem ser utilizados a seu favor, na imagem pessoal, no trabalho e na conquista de um parceiro, por exemplo”, pontua a especialista, que ensina sobre características comuns a cada tipo:

Atlantida     egipcia

Atlantis
Esse arquétipo está ligado à sofisticação, elegância e leveza. Bem articulada, sábia e inteligente, passa segurança para quem está próximo dela. Uma mulher que se identifica com Atlantis sempre está visível e é percebida no meio de muitos. É fina no modo de agir e até no seu vestuário preferindo cores mais leves e roupas mais soltas.

Egípcia
Já a Egípcia tem relação com a imagem de Cleópatra, uma das últimas governantes do Egito antigo, e se caracteriza pela forte personalidade e exuberância. É uma mulher autêntica, forte e atraente, tem fácil dominância sob o sexo masculino e passa a imagem de poder e autoridade. Quem se identifica nessa personalidade também tem preferências por cores mais fortes e acessórios que atraem atenção como colares grandes.

 Oriental     greco romana
Oriental
O arquétipo Oriental, tem como característica marcante a espiritualidade e o mistério que envolve a mulher. Esse arquétipo é baseado em mulheres do oriente, precisamente nas gueixas – mulheres da tradição japonesa vocacionadas à arte, algumas delas trabalhavam para entretenimento em casas de chá e banquetes. O arquétipo oriental está ligado à perfeição, o minimalismo, o conhecimento, a delicadeza, concentração e coragem.

Greco Romana
Mulheres que se identificam com esse arquétipo são as que aparentam ter menos vaidade. As atletas inconscientemente buscam esse estilo. Como são práticas e muito dinâmicas, tem preferência por deixar pernas e braços à mostra para estarem mais livres para se movimentar. Peças como blusas com mangas cortadas e sandálias tipo gladiador sem salto estão entre suas preferências. Usam menos maquiagem e acessórios. Passam a sensação de coragem e vitória.

Ainda de acordo com Jussara, uma mulher que se conhece, sabe aproveitar melhor o seu potencial. “Quando utiliza estrategicamente suas características mais marcantes, fica muito mais fácil conquistar seu parceiro. Eles detectam facilmente quando a mulher tem amor próprio e é autoconfiante e se sentem atraídos por isso”, comenta.

Eu tô ali entre a Egícia e a Oriental… no caso, tipicamente geminiana de ser, em cima do muro… as vezes de um jeito, outras de outro! kkkkkkkkk Mas achei bem bacana o conceito. Apesar de discordar um pouco da falta de vaidade nas Greco Romanas. 😉

E qual o arquétipo de vocês?

Bjks!

Apenas alguém feliz! :)

E que acredita que #juntassomosmelhores ♥

Comportamento, Crianças / Filhos, Diário da Si, Diversos, Notícia, Polêmicos

QUANDO NÃO SER MÃE É A OPÇÃO

Oi gente linda! :)

Diariamente eu recebo muitos releases, dos mais variados assuntos… Eu dou preferência aos assuntos que não sejam fofocas e famosos. E consequentemente, isso me leva a ler as mudanças mundiais, lutas vencidas, e as mudanças de comportamento. Aliás, comportamento e pessoas são meus assuntos preferidos!!!

Ontem ou anteontem, li um artigo sobre o “Essure“, já ouviram falar?

Essure  é um método contraceptivo permanente e irreversível. Consiste em um dispositivo macio e flexível feito de aço inoxidável, revestidos por uma capa de níquel-titânio. Com cerca de quatro centímetros de comprimento e espessura de um fio de cabelo (semelhante a pequenas molas).

essure3Essure1
Inserido pelo canal vaginal até o útero e, dele, até o local de implante, por meio de um aparelho extremamente fino, denominado histeroscópio. O procedimento é rápido e não necessita de anestesia. Permite que a mulher, rapidamente, volte a executar suas atividades normais sem repouso.

A ação leva cerca de três meses para que as tubas uterinas sejam completamente bloqueadas, portanto, é importante a utilização de pelo menos um método contraceptivo durante esse período. Este produto não contém hormônios e, dessa forma, não altera o ciclo menstrual da mulher.

As mulheres têm conseguido, ao longo dos anos, conquistar mais espaço no mercado de trabalho e boas posições em grandes empresas. A educação formal e a globalização influenciaram essa conquista. Durante muito tempo, o preceito de “casar e ter filhos” eram características socialmente atribuídas à mulher. Hoje, ao contrário, o desejo de priorizar a ascensão profissional substitui a opção por ser mãe em muitas mulheres. Eu, particularmente, sempre tive o sonho de me tornar mãe. Planejava pelo menos uns 6 filhos, talvez 8. Confesso que a opção de parar no segundo filhote foi mais financeira mesmo. É difícil criar filhos, financeiramente falando. rsrsrs

Porque a gente sempre quer dar o melhor para eles. E o mundo está cada vez mais caro. E não estou falando de itens extras não… estou falando só do basicão mesmo: moradia, comida, vestuário… Porque se colocar o lazer e a modernidade na ponta do lápis, dá vontade de chorar, né não????

No calor do Rio de Janeiro, por exemplo, uma noite de 40º, sem ar condicionado, é algo quase insuportável. Pelo menos 2 ventiladores em cima, e um no teto!!! kkkkkkkk

Um dia no cinema, com apenas meus 2 filhotes, já não sai por menos de R$ 80 reais (sem ser no fim de semana e com combo família de pipoca, que já é pra economizar!!! rsrsrs).

Mas isso NUNCA me fez pensar na opção de não ter filhos. Antes de tê-los, eles já eram desejados à frente da realização profissional e financeira. Deixaria qualquer coisa para vivenciar a maternidade. E confesso: não me arrependo. Faria tudo de novo! Porque olha… VALE A PENA!

Hoje em dia, conforme mostram os estudos, e conforme a gente vê por aí também, a maternidade acaba sendo empurrada para frente em nome da liberdade e do trabalho e, quando a maioria atinge o ápice profissional aos 40, sente que o momento para ser mãe já passou. E esse é o motivo que leva grande parte das mulheres a procurarem maneiras definitivas de contracepção como a laqueadura cirúrgica, um dos métodos mais conhecidos. E o tal “essure” acabou chegando como uma alternativa minimamente invasiva, que é a laqueadura por via histeroscópica.
O procedimento, apontado como “padrão ouro” na Europa e Estados Unidos, é simples e não exige internação, incisões ou anestesia, bem como o afastamento das atividades. Trata-se de um microimplante macio e flexível, de apenas quatro centímetros, em titânio e níquel (materiais que apresentam excelente compatibilidade com o organismo) que, introduzido pela vagina através de um equipamento extremamente fino (histeroscópio), é colocado em cada uma das tubas uterinas. O método é realizado em cerca de 5 minutos.

Nas semanas seguintes ao procedimento, o corpo trabalha em conjunto com os microimplantes na formação de uma barreira natural que impede o espermatozoide de chegar ao óvulo. Por esse motivo, durante os três primeiros meses, é preciso que a mulher continue utilizando outra forma de contracepção, até ser confirmada a oclusão por meio de radiografia.

Confesso que não sei muito bem o que pensar sobre essa opção. Mas acho que se a mulher decide que não quer ter filhos, me parece uma opção segura para fazê-lo, e super prática. Achei o método interessante para quem opta por esse estilo de vida: sem filhos!

Filhos… mudam a nossa vida para sempre! Pra mim, é um amor que não se compara a nenhum outro, e que nos torna seres humanos melhores, a cada dia! Mas claro que isso não funciona assim para toda mulher. Se funcionasse, não teríamos mães matando filhos, abandonando, dando para adoção. Esse é um sentimento que tem que estar DENTRO da mulher, e não imposto pela sociedade ou pela família. Cada um tem sua vida, e cabe ao próprio optar por vivê-la de modo pleno.

Para mim, a plenitude de uma mulher, inclui os filhos! E se minha condição financeira tivesse permitido (porque agora já não adiantaria mais… rsrs), eu teria muitos deles! “Porque o amor é a única coisa que cresce, a medida que se reparte!” Mas como grifei, essa foi a minha opção. E opções não são regras!

E vocês, já ouviram falar desse procedimento? O que acharam dele? Qual a sua opção para a vida? Me contem!

Bjks!

Apenas alguém feliz! :)

E que acredita que #juntassomosmelhores ♥