Culinária, Diversos, Eu que fiz

COZINHA E FALA

Oi gente linda 🙂

Cozinhar é gostoso, falar também… e eu adooooro receber as pessoas! Gosto de casa cheia, de gente alegre, de prosa boa… ♥ 

Cozinha e sala deveriam ser sempre juntas, tipo americana. Eu adoro. Nos dias de jogos da Copa, meus pais sempre vinham pra cá. Só de manhã que eles não se animavam. Mas os jogos às 11, 13 e 15h, a gente se reunia pra almoçar e assistir todo mundo junto. Mamãe tem andado desanimada com a vida, e papai vai indo… e eu tento animá-los como posso! Quase sempre a gente faz churrasco, leva tv pro terraço, e fica por lá até tarde.

Mas numa dessas tardes, eu resolvi fazer lasanha (que eles adoram) e uma sobremesa diferente também, e que fosse bem doce. Porque esse lado “formiga” eu puxei da minha mãe, então queria preparar alguma coisa que ela ainda não tivesse experimentado. Mas tinha que ser algo rápido também, pra fazer enquanto a lasanha estivesse no forno. Olhei várias receitinhas, e fiz uma mistureba doida de leite em pó, chantilly e nutella, que ficou uma delícia!

Aperta o play para conferir tudo e abaixo tem as receitas:

LASANHA:

Eu fiz 3 tabuleiros: 1 grande, 1 médio e ainda deu pra 1 pequeno! ha ha ha Porque meus rapazes comem muito: marido, filhotes e sobrinhos. Usei 2 pacotes de 500 gr | 1 kg de mussarela | 800 gr de presunto | 1 kg de carne moída

Eu faço sempre carne moída na frigideira, depois é que eu cozinho ela. Tempero com alho, cebola e sal. Usei extrato de tomate (não lembro quanto… rsrs Mas acho que foram 4 saquinhos). Eu com receitas sou ótima: dificilmente sigo à risca e na hora de passar uma receita, nunca sei a quantidade certa que usei, porque quase sempre eu faço no “olho”, entendem? Mesmo tendo a receita ali na minha frente, escrita, eu faço à meu modo! kkkkkkk O tabuleiro menorzinho ficou com pouco molho, porque já quase não tinha mais carne na panela!

cozinha rosa-lasanha-sobremesa- leite ninho-nutella-lasanha rápidacozinha rosa-lasanha-sobremesa- leite ninho-nutella-lasanha rápida

SOBREMESA:

Já para a sobremesa, eu queria algo prático e mega rápido, que gelasse enquanto a gente almoçava. Tinha que ser algo rápido, e todas as sobremesas de leite ninho com nutella, tinham que gelar por pelo menos 2 horas. Resultado: não dava pra seguir nenhuma, porque já era meio-dia!!! Daí eu pensei: nutella fica gostoso com qualquer coisa, leite condensado também. Leite Ninho então… rsrs Mexi rapidinho um brigadeiro de leite em pó então.

1 caixa de leite condensado | Leite em Pó (umas 5 colheres… vai provando! rs) | 1 colher (sopa) manteiga. Só ir mexendo até dar ponto de brigadeiro.

E pra ninguém reclamar que estava enjoativo, abri uma embalagem de 300 g de Nata, e bati um chantilly. Misturei tudo na batedeira. Resultado: ficou mole demais! kkkkkkkk Levei ao fogo de novo pra engrossar e pronto: foi pro pirex!

cozinha rosa-lasanha-sobremesa- leite ninho-nutella-lasanha rápida 

Dei várias colheradas de Nutella, misturei um pouco, e voilá: coloquei pra gelar! Bora ver no que vai dar! rsrs

cozinha rosa-lasanha-sobremesa- leite ninho-nutella-lasanha rápida 

Resultado: fiz rapidinho, e em menos de 20 minutos ele já estava no congelador. Ficou geladinho e delicioso. Por precaução eu havia comprado também um sorvete, porque né? Vai que… rsrs

O sorvete ficou até o dia seguinte. Já a sobremesa foi na mesa mesmo, todinha! ♥ 

Super beijo!

Comportamento, Diário da Si

VALORIZE

Torradas-queimadas-texto-autor desconhecido-relacionamentos-dr

Torradas Queimadas, texto lindo, que conheço há muito tempo, e que tive vontade de escrever aqui… para reflexão! Busquei a autoria na internet, porém o autor é desconhecido. Mas suas palavras jamais serão esquecidas.

“Quando eu ainda era um menino, ocasionalmente, minha mãe gostava de fazer um lanche, tipo café da manhã, na hora do jantar. E eu me lembro especialmente de uma noite, quando ela fez um lanche desses, depois de um dia de trabalho. Naquela noite, minha mãe pôs um prato de ovos, linguiça e torradas bastante queimadas, defronte ao meu pai. Eu me lembro de ter esperado um pouco, para ver se alguém notava o fato. Tudo o que meu pai fez, foi pegar a sua torrada, sorrir para minha mãe e me perguntar como tinha sido o meu dia, na escola. Eu não me lembro do que respondi, mas me lembro de ter olhado para ele lambuzando a torrada com manteiga e geleia e engolindo cada bocado.

Quando eu deixei a mesa naquela noite, ouvi minha mãe se desculpando por haver queimado a torrada. E eu nunca esquecerei o que ele disse:  “Adorei a torrada queimada…”

Mais tarde, naquela noite, quando fui dar um beijo de boa noite em meu pai, eu lhe perguntei se ele tinha realmente gostado da torrada queimada. Ele me envolveu em seus braços e me disse:

“Filho, sua mãe deve ter tido um dia de trabalho pesado e estava realmente cansada… Além disso, uma torrada queimada não faz mal a ninguém. A vida é cheia de imperfeições e as pessoas não são perfeitas. E eu também não sou o melhor marido, empregado, ou cozinheiro, talvez nem o melhor pai, mesmo que tente todos os dias! O que tenho aprendido através dos anos é que saber aceitar as falhas alheias, escolhendo relevar as diferenças entre uns e outros, é uma das chaves mais importantes para criar relacionamentos saudáveis e duradouros. Desde que eu e sua mãe nos unimos, aprendemos, os dois, a suprir um as falhas do outro. Eu sei cozinhar muito pouco, mas aprendi a deixar uma panela de alumínio brilhando. Ela não sabe usar a furadeira, mas após minhas reformas, ela faz tudo ficar cheiroso, de tão limpo. Eu não sei fazer uma lasanha como ela, mas ela não sabe assar uma carne como eu. Eu nunca soube fazer você dormir, mas comigo você tomava banho rápido, sem reclamar. A soma de nós dois monta o mundo que você recebeu e que te apoia, eu e ela nos completamos. Nossa família deve aproveitar este nosso universo enquanto temos os dois presentes. Não que mais tarde, o dia que um partir, este mundo vá desmoronar, não vai. Novamente teremos que aprender e nos adaptar para fazer o nosso melhor. E esta lição serve para qualquer tipo de relacionamento: entre marido e mulher, pais e filhos, irmãos e amigos, próximos ou não.”

Deveríamos nos esforçar para tentarmos ser mais tolerantes, principalmente com quem dedica o precioso tempo da vida, à nós mesmos! E nem sempre somos, né? E eu não estou falando apenas dos outros. Muitas vezes eu também não me esforço para ver o lado do outro, para tentar entendê-lo. Mas confesso que tento, sempre! E as vezes estou apenas exausta do trabalho diário também, apenas isso!

Bombril para blogs, Dicas, Diversos

5 ERROS QUE AS BLOGUEIRAS COMETEM

Oi gente linda 🙂

A semana começou agitada por aqui… e vai continuar assim!!! kkkkkk Graças a Deus, né? Muito trabalho e muita coisa bacana vindo por aí.

E euzinha tenho um tantão de coisa pra falar. Mas sabe quando a cabeça está a mil, e a gente não consegue começar? Eu tô com tanta coisa pra resolver, tanta coisa pra fazer, que as vezes não faço nada!!! kkkkk Dá pra entender??? Bem, a questão é que eu quero contar um montão de coisas aqui pra vocês, quero dar algumas dicas bacanas, já tenho coisinhas pra falar sobre o nosso #EBSA9 e algumas novidades mara que estão por vir!!! E tô mega ansiosa por causa disso!

Tenho visitado alguns blogs novos, sim, NOVOS! Quem diria… em plena época de vídeos e stories, ainda temos pessoas que, assim como eu e você, gostam de ler e/ou escrever! E a gente está aqui pra se ajudar, né não?  #JuntosSomosMelhores 

Se a gente for colocar no papel os erros que vemos por aí as blogueiras cometendo, vai faltar folha!!! kkkkkk Que todo mundo erra (e pode errar!) é fato! Seja por pouca experiência, por inocência, por afobamento. Todo mundo comete erros, em especial no início do blog. Mas com o tempo, pra quem quer ter no blog uma oportunidade de trabalho, é necessário ter o dobro de cuidado!

Porque alguns erros são aceitáveis para uma blogueira. Já tem outros, que são imperdoáveis! E se você quiser trabalhar com seu blog então, você não pode cometê-los!

Há um tempo atrás eu fiz uma listinha dos 5 erros “básicos” pra quem está começando. Eles são bem básicos mesmo, e por incrível que pareça, vejo MUITAS blogueiras ainda cometendo por aí!  Daí resgatei esse vídeo pra falar sobre esses errinhos:

Casa / Decoração, Diversos

FAXINANDO MINHA COZINHA ROSA

Oi gente linda 🙂

Jogão hoje, hein??? Confesso que de futebol, só entendo o gol, e como eu torço por eles nos jogos da Copa!!! rsrs Nos dias dos jogos, tenho trazido meus pais para almoçar aqui em casa. Mamãe não está numa boa fase, então, é o momento para ela se distrair um pouquinho. Ainda vou conversar sobre isso por aqui: terceira idade e depressão 🙁

Mas hoje o assunto não é nem o jogo de futebol que vencemos, e nem os cuidados com meus pais.

Depois do jogo fiz faxina na cozinha (que estava o ó), e acabei a noitinha já! Mas é tão gostoso a gente ver tudo limpinho, né? Dá uma sensação boa. Pena que serviço doméstico “brota” tão rápido!!! kkkkk

Quando eu acordo disposta a faxinar, nada me segura!!! Posso nem ter os produtos que mais gosto, mas eu uso qualquer coisa, me viro. Se não tem Cif, uso Sapólio. Se não tem Veja, uso Detergente. E por aí vai! Deixando um pouquinho de molho e esfregando bem, não tem como não sair a gordura e ficar tudo limpinho!

Coisa que eu não abro mais mão: meu rodo mágico (MOP, NOVIÇA, ZIG ZAG, qualquer um!!! E eu ainda vou fazer um vídeo dele e de outros alguns outros produtinhos que compro numa loja aqui do meu bairro).

mop, rodo mágico, noviça, bettanin, produtos de limpeza, rodo         

Caraca, ele serve pra parede, para o chão, para a área, para tudo!!! ha ha ha E ele limpa e enxuga! Te poupa demais, sério mesmo! Mega fácil de lavar depois de limpar qualquer coisa, e sem o menor esforço. O produtinho que eu tinha dessa vez era o Veja. E ele foi em todos os cantinhos: do fogão à pia; da geladeira ao chão! Esponja, bombril e mãos à obra! Agora fiquei com uma bancada bem livre, para poder gravar algumas receitinhas rápidas e compartilhar com vocês. Porque nosso tempo é corrido, né não? Agora, apertem o play para acompanhar essa faxina:

E me digam? Que produtinho vocês não abrem mão na hora de uma faxina?

Super beijo!

 

Uncategorized

PRÊMIO INFLUENCIADORES DIGITAIS

Oi gente linda 🙂

Já passamos da metade do ano, dá pra acreditar? Tá voando!!!

E agora nesse mês de Julho, vai acontecer em Sampa, o Prêmio Influenciadores Digitais 2018 ♥ 

O evento está em sua terceira edição e é o único a verificar a relevância nacional dos influenciadores em todas as plataformas, definido os mais expressivos em 22 categorias. Além disso, no dia da premiação, acontecerá também o  III Influent Minds – Fórum de Negócios Digitais. Serão quatro painéis, sendo dois pela manhã e dois no período da tarde.  Nesses painéis com grandes feras e empresas do mercado digital, há debates sobre as relações entre influenciadores e marcas.

Eu estive presente no primeiro ano da premiação, e claro, não vou perder por nada a terceira!

Prêmio influenciadores digitais-digital minds-ebsa-blogueira s/a-negócios da comunicação

No segundo ano, tive a honra de ser convidada para participar de entrevistas ao vivo com os indicados ao Prêmio, e foi super divertido:

Entre os destaques da premiação desse ano, estão os principais influencers nos segmentos de moda e beleza. Os perfis são destaques de audiência e engajamento em todas as plataformas em que atuam! Uau!!!

Entre os indicados para a categoria ‘Beleza’ estão ‘Amanda Domenico’ (@amandadomenico) ‘Boca Rosa’ (@biancaandradeoficial) ‘Camila Coelho’ (@camilacoelho) ‘Janaína Tafarel’ (@janataffarel) ‘Kim RosaCuca’ (@kimrosacuca) e ‘Mari Maria’ (@marimariamakeup). Juntas, elas somam mais de 21 milhões de seguidores no Instagram.

Na categoria ‘Moda’ concorrem ao prêmio ‘Lala e Mari Rudge’ (@lalatrussardirudge) ‘Garotas Estúpidas’ (@garotasestupidas) ‘Macho Moda’ (@blogmachomoda) ‘Niina Secrets’ (@niina) ‘Steal the look’ (@stealthelook) ‘Thássia Naves’ (@thassianaves). Juntos, eles somam mais de 7 milhões de seguidores no Instagram.

Já na categoria ‘Comportamento e Estilo de vida’, estão concorrendo ‘Blog Depois dos Quinze’ (@depoisdosquinze), ‘Evelyn Regly’ (evelynregly), ‘Maju Trindade’ (@majutrindade), ‘Mandy Candy’, (@mandycandyreal), ‘Nah Cardoso’ (@nahcardoso), ‘Taciele Alcolea’ (@tacielealcolea). Juntas, elas somam cerca de 15 milhões de seguidores.

No link, você confere a lista de todos indicados por categoria: http://premioinfluenciadores.com.br/indicados/

A cerimônia de entrega do prêmio será realizada no dia 23 de julho, em São Paulo, e, na ocasião, três entre os seis mais relevantes do Brasil serão premiados pelos votos técnico e popular.

Bora votar, minha gente!

Super beijo,

Comportamento, Dicas, Moda, Publi, Sapatos

A VERSATILIDADE DAS SAPATILHAS

Oi gente linda 🙂

Vamos conversar sobre os mitos e verdades sobre as sapatilhas? Vocês sabem como usar um dos sapatos mais versáteis do guarda-roupa feminino?

Quando a discussão sobre moda chega aos sapatos, as sapatilhas costumam causar a divisão entre as mulheres que amam e as que odeiam, sem meio-termo. E confesso: eu sou uma das que já odiou! Apesar de ser um dos calçados mais populares no mercado brasileiro, elas são também um dos mais polêmicos, fazendo com que muitas meninas hesitem em arriscar nos diversos modelos desse sapato feminino. No entanto, a sapatilha é uma excelente opção para praticamente todas as ocasiões, sendo necessário apenas observar modelos e estilos que mantêm a harmonia com o visual completo.

Antes de começar nossa discussão de hoje, é essencial desmistificar essa noção de que “moda” é uma espécie de regra para se vestir que limita o que pode ou não ser usado. A moda vai muito além dessa visão polarizada do que é “bonito” e o que é “feio”, ou então o que pode ou não ser usado em certos corpos e certas ocasiões. A moda é – e sempre deve ser – sobre tendências que ganham visibilidade para que você ouse tentar algo fora da sua zona de conforto, fazendo com que você descubra sempre a melhor versão de você.

Os sapatos em si representam uma visão meio dualizada, já que tem muita gente que acredita que eles não ganham destaque ou não acrescentam tanto ao visual. Por outro lado, há quem julgue (tipo eu! rs) que os calçados podem ser a alma do visual, transformando completamente a produção. Um exemplo claro disso é o uso de vestidos. É quase impossível que você não tenha pelo menos um vestido casual pendurado no seu guarda-roupa. Para ver como um sapato muda tudo, tente experimentá-lo com três opções de sapato: um tênis de solado reto, um sapato de salto alto e uma sapatilha. O primeiro visual é uma tendência nova, fortemente inspirada pelo streetstyle, o resultado da produção tem uma pegada mais jovem, fashionista e despojada que pode ser usada tanto para ir à faculdade quanto para aproveitar um passeio em um dia mais ensolarado. A segunda produção tem um estilo mais glamouroso e poderoso, que tende a valorizar o corpo feminino. No entanto, é bem menos usual que a primeira. A opção de vestido com sapatilha, por outro lado, une o melhor dos dois mundos, já que quebra o glamour excessivo do salto alto e traz a pisada confortável oferecida pelos tênis, tudo isso sem perder um traço super feminino, arejado e romântico.

Viu só? Cada sapato tem um efeito específico e saber como usá-los é uma ferramenta poderosa para versatilizar o guarda-roupa, mesclando diferentes tipos e estilos diferentes no seu visual. Mas voltemos às sapatilhas.

Criadas ainda na década de 60, as sapatilhas são uma importação do ballet que caiu no gosto feminino em pouco tempo. O calçado que se popularizou com divas como Andrey Hepburn e Brigitte Bardot foi rapidamente explorado pelas mulheres, que buscavam versões elegantes e confortáveis para substituir os saltos tradicionais. Hoje em dia, as sapatilhas continuam sendo vistas como uma versão substituta dos saltos, mas ganham seu espaço próprio cada vez mais rápido. Quer saber como usá-las e não errar? Vamos conferir os mitos e verdades então:

“Sapatilha é brega e parece sapato de vó”

Na-na-ni-na-não! Esse tipo de afirmação vai diretamente de encontro à nossa pequena discussão sobre moda. Apesar das tendências serem cíclicas, é sempre possível encontrar versões super modernas e atuais desse tipo de calçado. Se você pensar nos modelos de couro com franzido do lado e lacinho, até vale pensar que é um pouco “antiquado” demais. Mas esse é só um modelo entre dezenas deles. Os modelos de sapatilha com ponta fina de dois tons, por exemplo, são uma super tendência que alcançou as passarelas da Chanel, uma das marcas mais influentes do mercado mundial. Tire um tempinho para conhecer mais modelos de sapatilha e você verá um novo mundo se abrir a sua frente. Spoiler: não tem nada de “moda para vó” nele!

“Sapatilha só pode ser usada no verão”

Se você não sabe como usá-las, é bem provável que elas fiquem escondidinhas dentro do guarda-roupa nos dias mais frios. Uma opção super viável é usar as sapatilhas mais discretas combinadas com uma meia-calça. Completando o visual com saias e vestidos junto à casacos compridos e sobretudos e você terá um visual super moderno à la fashionista francesa. A dica fica ainda melhor se você quiser se jogar nas meias-calças diferentes, criando visuais únicos e totalmente atuais. Encontre peças harmônicas, descubra qual será o foco do visual e pronto: pode arrasar com a sua sapatilha no frio! Eu amo meia-calça: lisas, estampadas e quentinhas!

“Quem tem x tipo de corpo não pode usar sapatilha”

Esse é um dos maiores mitos da moda em geral. Não tem essa de “não pode usar x coisa”, você pode tudo! Se você não sente que aquilo te valoriza, a história é outra. Nesses casos, você pode resolver o problema encontrando uma variação da peça que valoriza seu biotipo. No caso das sapatilhas, é possível estabelecer essas ‘regrinhas’ que ajudam a escolher versões que valorizam seu corpo, atuando até no visagismo. Para quem tem pernas grossas, a melhor escolha são as sapatilhas de bico fino que ajudam a alongar a silhueta. Essas eram as sapatilhas que eu mais tinha “implicância”!!! Até que comprei uma dourada para um ano novo, e me senti uma rainha, mesmo sem salto! ha ha ha Desde então, apaixonei pelo biquinho, e acho que dão um visual completamente elegante. Quem tem pernas finas deve evitar os modelos muito fechados, já que eles acabam afinando os pés também. Para quem tem pés gordinhos e largos, basta escolher modelos mais fechados nas laterais e, para as meninas com pézinhos finos, é só escolher os modelos mais abertos e com ponta arredondada. Olha a Ju arrasando no visual, pra variar:

“Sapatilha é muito feminina”

E isso é positivo, né? A sapatilha é um sapato que surgiu para substituir os saltos, versões de calçados vistas como as mais femininas. No entanto, é totalmente possível montar um visual despojado e moderno com as sapatilhas. Se você curte um visual streetstyle então, é super fácil montar uma combinação super fashionista e moderninha com esse sapato. Quer saber como? Tira aquele short hot pants do guarda-roupa, veste uma t-shirt mais larguinha por dentro e finaliza com uma sapatilha. Como acessórios, as gargantilhas e argolas estão super em alta e finalizam o look com perfeição, se você quiser ousar, pode até investir na produção com uma bandana amarradinha que tá super na moda. Se você não é adepta dos shortinhos, basta investir nos mom jeans ou boyfriend jeans que mantém essa pegada moderna e quem sabe até completar o visual com um cropped. Look pronto, moderno e, olha só: usando sapatilha!

Essas que fecham com cordinha ou cordãozinho no tornozelo, são as minhas preferidas! Conseguiu desconstruir todas as suas inseguranças quanto às sapatilhas? Então vai lá, menina! Se joga e explora esse mundão da moda sem medo de ser feliz. Depois conta como foi! 😉

Super beijo!

Beleza e Saúde, Cabelos, Resenhas | Swatches |Releases

MODELADOR DE CACHOS | BABYLISS

Oi gente linda 🙂

Semana começando, e desde Maio que eu estou pra falar aqui para vocês sobre o meu babyliss:

Cacheador Ceramic Shine Espiral Bivolt Ergonômica Philco

Ganhei de presente no Dia das Mães, porque maridão sempre me viu tentando fazer cachinhos com a prancha, e NUNCA conseguindo! ha ha ha Sempre ficava um cabelo completamente marcado, e sem cacho algum, um horror! E a escolha desse modelo foi justamente porque quando ele bateu o olho, pensou: “vai ser mais prático que os convencionais, sem risco de queimar a mão (já que ainda não tenho habilidade), ou seja, presente perfeito!”

E quando eu abri, foi o que pensei também! E disse à mim mesma: “Com esse aí vai ser fácil… vou virar especialista!”

As primeiras vezes que tentei usar, ainda foi um certo desastre… rsrsrs Porque a parte de trás a gente não consegue ver para prender a pontinha e enfim começar a enrolar a mecha no modelador. Mas aos pouquinhos a gente vai ganhando mais habilidade. Tenho usado regularmente, e com isso, tenho notado a melhora gradativa conforme tenho praticado. É igual colocar cílios. Quando a gente percebe, tá fazendo até de olhos fechados. Modo de “dizer”, tá gente??? Porque nem uma coisa, nem outra, eu não faço de olhos fechados! kkkkkkkkk

O tubo desse modelador é em cerâmica e seu formato em espiral distribui melhor o calor, garantindo um penteado perfeito e fios protegidos. Fios eu não sei, mas as mãos, com certeza!!! rs

O Cacheador Ceramic Shine tem a parte externa de plástico, é compacto, leve e ergonômico. Feiro para ser prático mesmo, cachear todo o cabelo em poucos minutos e a presilha que ele tem foi pensada para facilitar a modelagem evitando amassar os fios. Bem, isso dito pela Philco, fabricante desse modelo. E eu acredito que tenham desenvolvido ele com esse intuito mesmo, mas não é tão fácil quanto parece na prática.

Mas, comparando com aqueles do tipo “conair”, claro que o preço da Philco compensa, porque ele é super acessível. É bivolt (amo produtos bivolt, isso devia ser lei!!! rs), não resseca os fios, tem opções de temperatura e cordão giratório para facilitar o “enrolar”. Além de ser rosa!!! ha ha ha E o melhor: os cachinhos duram de um dia para o outro!

Bem, aperta o play para ver como eu faço, e aproveita pra curtir, comentar e compartilhar (que não custa, né? rs):

Bjks!