RENDA GUIPIR: delicadeza e romantismo


A renda guipir deixa qualquer visual mais delicado e feminino, sendo esses, justamente os detalhes que mais chamam a atenção em uma composição ou em uma customização. O que antes era apenas uma tendência da moda, agora já faz parte do nosso guarda-roupa e está presente em todos os tipos de peça: vestidos, blusas, saia e muito mais.

A renda guipir pode também pode ser conhecida como: gripir, guipure ou gripier. Com fundo vazado e desenhos bem marcados, é uma das rendas mais encorpadas, nobres e versáteis. Além, é claro, de ser um ótimo curinga em qualquer guarda-roupas.

Se você é apaixonada por looks com renda e quer saber como usar mais a renda guipir, continue a leitura!

No look de festa

Sempre que imaginamos um look incrível e encantador para uma festa, lembramos da renda guipir. Isso porque ela é a queridinha das mulheres na hora de compor um visual para festas de casamento, coquetéis e formaturas. Aqui, o ideal é investir em vestidos de renda com forro em cetim, ou ainda, em combinações de croppeds e saias monocromáticas.

Renda guipir no dia a dia

No dia a dia e em ocasiões mais informais, a renda guipir pode ser incorporada com naturalidade, já que sua delicadeza combina com praticamente todos os eventos diurnos e noturnos. Reuniões familiares, passeios durante à tarde com as amigas e até idas à praia. Também combinam perfeitamente com a autenticidade que muitos looks noturnos pedem, como jantares românticos ou uma baladinha.

Caso sua opção seja pela luz do dia, aposte em rendas com cores mais claras ou nos famosos tons pastéis. Para um look romântico sem erro, combine uma blusa de renda guipir com uma saia midi.

Para desfilar com delicadeza à noite, a combinação perfeita é entre um cropped de renda guipir, mas com uma certa transparência em evidência, short de cintura marcada e blazer para finalizar.

No escritório ou trabalho

Não tem erro: qualquer visual fica extremamente elegante e sofisticado com renda de guipir! E claro, não é à toa que peças confeccionadas com esse material são tão requisitadas para compor visuais mais formais e chiques.

No trabalho, a diferença vai acontecer quando você combinar suas peças de renda guipir com calças de tons mais sóbrios, como preto e mescla. Para os pés, aposte em sapatos mais clássicos, como scarpins, sandálias de salto alto, oxfords e mocassins.

Em dias de calor, também é possível combinar uma blusa de renda com saias do tipo midi ou na altura do joelho.

Agora que você já sabe mais sobre como usar a renda guipir em suas combinações, que tal comprar o tecido e começar a dar um up em suas peças favoritas? Mãos à obra!

Beijos da Si

Conforto com estilo: conheça as roupas loungewear e a importância delas no seu guarda roupa!


Quando falamos em roupas para ficar em casa, a primeira coisa que vem à mente são aquelas roupas mais velhas, com manchas ou buracos - que são confortáveis mas nada bonitas. De um modo geral, não há nada de errado em usar essas peças de vez em quando, mas às vezes, precisamos de algo um pouco melhor.

Além disso, nos últimos anos, com a flexibilização dos modos e horários de trabalho, muitas pessoas passaram a trabalhar de casa, e por isso, deixaram de lado a necessidade do uso de roupas mais sociais ou sofisticadas no dia a dia. Esses dois fatores se juntaram e deram origem ao que hoje conhecemos como loungewear, que são roupas confortáveis para o dia a dia mas que também são bonitas, que adicionam um pouco de bem estar, estilo e beleza até nos nossos momentos de descanso.

Confeccionadas com tecidos confortáveis e macios, e com cortes simples e descomplicados, peças como uma blusa tie dye, uma legging, um shorts soltinho e um cardigan longo são alguns dos exemplos mais comuns de loungewear feminino.

E se você não abre mão do conforto e também não quer abrir mão do estilo, vem conhecer um pouco mais sobre esse estilo que está super em alta!

Inspirações

As roupas confortáveis e estilosas do estilo loungewear tem as roupas mais esportivas como maior inspiração, tanto nas modelagens quanto nos tecidos, mas se diferenciam principalmente por adicionar um toque de elegância nos cortes das roupas.

Apesar do loungewear ser focado principalmente no conforto para dentro de casa, a versatilidade das peças também permite que elas sejam usadas em várias ocasiões: são ótimas para tarefas simples, como ir ao mercado, a padaria ou ao shopping; para ocasiões que pedem bastante conforto, como viagens longas de carro ou avião, ou uma visita a parentes próximos; e também para momentos de lazer, como um passeio na praça ou parque.

Para deixar as peças um pouco mais sofisticadas, basta apostar em boas combinações. Um tênis branco simples e elegante, uma bolsa estilosa e acessórios são perfeitos para dar um toque a mais para levar o seu look loungewear para fora de casa.

Além do conforto

Que o loungewear é confortável para ficar em casa e estiloso para sair é um fato, mas você sabia que esse conceito também faz muito bem para a nossa saúde mental? Pode parecer esquisito, mas trocar as roupas velhas e com aparência desleixada por peças mais arrumadinhas que ainda assim são super confortáveis tem um ótimo efeito animador, mesmo quando estamos em casa o dia todo.

Essa dica é especialmente importante para quem trabalha de casa ou está passando por uma fase desanimada: estabelecer uma rotina que envolve um banho pela manhã e sair do pijama dá uma energia extra para o início do dia, e se olhar no espelho com um look lindo e super confortável faz toda a diferença na autoestima - fatores que influenciam (e muito!) na nossa saúde mental.

O loungewear foi criado especialmente para mostrar que na moda feminina, o estilo e o conforto podem sim andar lado a lado, e que roupas confortáveis femininas estão no topo das tendências atuais.

Para mais dicas de moda e estilo, navegue pelo blog e confira mais posts!

Beijos da Si

DIA DOS NAMORADOS COM PARIS ELYSEES

 

Eu mostrei lá no instagram o presente de Dia dos Namorados que a Paris Elysees me enviou. E maridão ficou todo bobo porque ganhou mimo também:


A marca já é super queridinha há tempos, porque conquistou rapidamente o público devido a qualidade francesa e o preço mais em conta. Fragrâncias deliciosas inspiradas nas mais renomadas da perfumaria internacional: esta é a proposta da Paris Elysees, que oferece os melhores perfumes com custos-benefícios excelentes. Sem doer no bolso, a gente pode se perfumar com as melhores fragrâncias do mundo! Se você ainda não conhece a marca, não fica de bobeira, e já pede para conhecer na perfumaria ou importadora mais próxima. 
Além da qualidade ser maravilhosa (notas, fixador, durabilidade e etc), a marca também tem os frascos lindos, que enfeitam qualquer penteadeira ou bancada. Os meus ficam na bancada do banheiro: 
E estão mega fofos no meu banheiro cor de rosa

Eu recebi o La Petite Fleur Romantique, que apresenta uma assinatura Chipre e Floral muito vívida e harmoniosa, com um estilo romântico, atraente e sedutor. E esse vidro lindo??? De apaixonar também!

Concentração: Eau de Toilette - EDT

Familia Olfativa: Chipre, Floral

Notas de Topo: Laranja, Tangerina, Flor de Laranjeira e Bergamota

Notas de Coração: Jasmim, Rosa Turca, Ylang-Ylang

Notas de Fundo: Tonka Bean, Patchouli, Opoponax, Baunilha, Vetiver e Almíscar Branco

E maridão ganhou a fragrância Vodka Extreme, que combina alecrim, flor de absinto, gerânios de pinheiros, almíscar e patchouli. Uma mistura cítrico floral maravilhosa!

Concentração: Eau de Toilette - EDT

Familia Olfativa: Cítrico, Floral

Notas de Topo: Limão, Rosmarinho e Artemisia.

Notas de Coração: Feto e Gerânio.

Notas de Fundo: Musgo, Patchouli e Pinheiro.

Dia dos Namorados super cheiroso esse! Porque namorar cheiroso é muito mais gostoso, né? rs 

Beijos da Si

O MEU ANIVERSÁRIO

Que eu AMO comemorar aniversário, todo mundo sabe! É um ano a mais??? YES!!! E daí?  Sou do tipo de pessoa que gosta de ver tudo pelo lado positivo: mais histórias pra contar, mais lembranças, mais saudades, mais experiência, mais tudo... É uma bênção poder comemorar mais um aninho de vida, né? 

Já faz um tempinho que está tudo bem complicado por aqui: pandemia, papai piorando cada dia mais, consultas, exames, tratamento ineficazes, obras, problemas... Se 2020 foi cruel, porran... 2021 tá de sacanagem comigo, só pode!!! Mas a última semana, meu Deus, nem tenho palavras para definir ela! Tiveram momentos que tudo o que eu desejei, foi sumir, sério! 😂 Tô rindo, mas é de nervoso!

E esse ano, não fiz contagem regressiva para a data (que eu adooooro e faço todo ano), não preparei um look, não planejei nada especial, e ainda assim, foi um dia especial demais. Mas... como tudo nem sempre são flores, também passei por momentos antecedentes nunca imaginados! Meu Deus, eu questionava: por quê??? 😢

Nas últimas semanas papai piorou demais, demais mesmo!  Mais nervoso, mais irritado, mais agressivo... e mamãe (também idosa), não colabora muito tadinha, pois ela sempre foi tudo isso no seu normal! kkkkk Seria cômico se não fosse tão doloroso vê-los assim! Mamãe sempre foi a mandona da casa, a que dava a palavra final, em alto e bom som! E papai sempre foi o tranquilo que com tudo concordava (um santo por "aturar" mamãe, sempre brincavam com ele assim). Mas a questão é que com o Alzheimer, ele mudou da água para o vinho! E ela, embora idosa, continua com o mesmo jeitinho de querer tudo na hora dela: pra ontem! De mandar e os outros obedecerem, de falar mais alto e dar ordens sem parar. E papai fica ainda mais nervoso com isso. Começa a bater nas coisas, a gritar, a dizer que vai quebrar tudo... e as vezes chora, igual criança! Dá um dó. Mas se a gente falar com jeitinho, conversar, ele vai se acalmando (exceto quando está na rua). Papai sempre foi devagar, quase parando. Já ouviram falar de Jó??? Pois é... aprendeu a ter paciência com papai! kkkkkkk Mas esse temperamento dele ficou pra trás. 

Da mesma forma que acostumei com meu pai assim no ritmo dele, acostumei com mamãe no ritmo dela. Mas a convivência dos dois está estressante demais. As vezes mamãe se assusta com papai gritando... quando ele fala palavrão então??? Tudo o que ele não fez a vida toda, ele está fazendo agora!

E a semana passada foi pedreira, de tão dura! Mais uma queda do papai (e ainda bem que meu concunhado estava lá na casa dele pra me ajudar a levantar ele do chão). Marido e cunhada tinham ido comprar algumas coisas para pequena obra da suíte no quarto dos meus pais, que era um banheiro desativado, que dava parede com o quarto. Graças a Deus foi só mais um susto, e ficou tudo bem.

Aí na última sexta-feira, ele não acordou bem. Passou o dia cuspindo e se queixando de dor na garganta, e lá fomos nós no hospital. Cerca de uma hora na emergência, ele já medicado, voltamos para casa, graças a Deus. E pensei: amanhã é véspera do meu aniversário; vou fazer as unhas e o cabelo para domingo. Sonho... a realidade foi bem diferente.

No sábado, marido, meu concunhado e o irmão dele, estavam fazendo mais algumas coisas na casa dos meus pais (trocando a fiação pré histórica, a caixa d'água, alguns canos e etc). Tudo bem, pela manhã. Deixei meus filhotinhos idosos almoçando e fui pra casa almoçar também. Mas a tarde (quando eu tinha planejado me cuidar para o dia do meu aniversário), papai vomitou muito escuro, com aquele cheiro de podre, parecendo sangue coagulado... e mais um dia tive que correr com ele para a emergência.

Hospital cheio, e com muitas prioridades assim como ele! Paciência? Yes, nós temos. Bem, hoje em dia só posso falar por mim, porque paciência é algo que nem sempre encontramos no papai agora. Fiquei conversando para distrair ele, mas quando ele espera muito, ele começa a ficar irritado. E ficamos naquela ida e vinda de exames: vai pra uma sala colher o sangue. Outra vai colocar a sonda pra urina. Espera o padioleiro pra levar pro andar da tomografia. Nesse momento, papai estava no limite dele. E quando chegamos no andar, ele se irritou antes de entrar na sala do exame, começou a gritar, jogou a bengala no chão, atirou a máscara... Ele ficou tão transtornado que atraiu médicos e técnicos, que rodearam ele (mas ninguém consegue acalmá-lo depois que ele chega nesse ponto). Ele manda todo mundo para a casa do c., xinga de filho da p., e por aí vai... E tivemos que descer e solicitar sedação. E claro, ele ficou ainda mais nervoso, repetia que queria ir pra rua, para poder chegar em casa. Disse que não ia tomar nenhum remédio, e a agressividade começou. Até o enfermeiro estava com medo de dar a injeção, que foi dada direto pelo médico. Aos pouquinhos, papai foi acalmando. Fez o exame dormindo, e acordou em seguida, grogue e bem, graças a Deus. 

Não tenho palavras para dizer o quanto foi doloroso vê-lo naquele estado (e ouvir tudo o que ele falou nesse dia). Ver as pessoas olhando como se ele fosse simplesmente louco e sem noção. E eu fico pensando o que será que passa na cabecinha dele nessas horas. Porque deve ser extremamente difícil pra ele também. 😢

Depois de gritar dizendo que ia me bater, que eu não prestava, que ia me matar... ele chorava e se desculpava. Meus Deus, foi angustiante e doído demais. Noooooooossa! 😰

E pra resumir (depois desse mega texto! rs):

- não dormi bem a semana passada toda (e por enquanto, nem nessa);

- não fiz minha unha e nem meu cabelo para o meu aniversário;

- não limpei minha casa para o meu aniversário.

E o domingo do meu aniversário chegou... assim, quase que de "surpresa", porque não deu nem pra pensar direito nele. Mas pedi um bolo rosa pra cunhada (que faz bolos pra família toda, linnnnndos e deliciosos). E ela fez ele cheio de rosas, com miolinhos de pérolas, e ainda trouxe uma letra S, vasos com buchinhos e fez o topo divertido, escrito: "Minha cunhada é uma peça!" 😂 E várias frases típicas de uma mãe! 💕

Fizemos um churrasco, mamãe e papai vieram pra cá, e marido levou meu concunhado e o irmão dele pra terminar as pequenas mudanças lá na casa dos meus pais. Caraca, eles são mega rápidos. E eu fiquei muito feliz por terem conseguido resolver tudo lá no telhado da casa. Me tranquila muito saber que os fios agora estão novos (porque a fiação era do tempo do ronca!), os canos também... as torneiras chegaram a ganhar força!!! Aos pouquinhos vou melhorando tudo o que der para meus filhotinhos idosos, e não vejo a hora de poder fazer a casa em cima da deles. 🙏

Eu fiquei muito feliz por ter minha família comigo no domingo do meu aniversário, me senti querida e especial. Acho que eles nem imaginam o quanto! Eu só queria ter mais palavras para dizer: OBRIGADA! 💓

Ah... lá no youtube tem um vídeo de alguns momentos que gravei no hospital (clica aqui pra ver). Se você estiver passando por algo parecido com algum familiar, eu só posso dizer uma coisa: que Deus de tê também paciência. Porque pra cuidar de alguém com Alzheimer a gente só precisa disso... e de amor!

Queria ter escrito aqui logo na segunda... mas a correria ainda está intensa! E confesso que estou precisando de 12 horas de sono, porque estou mortinha com farofa. 

Beijos da Si

QUANDO A GENTE VIRA MÃE

Quando a gente vira mãe, tudo muda... e isso não tem a ver com a barriga (mas vale dizer que essa também é uma sensação única, absurdamente deliciosa de sentir, por longos meses).

Mas a verdade é que vai muito além da barriga, afinal, tem mãe que não pare, mas ama as vezes mais do que outras que parem. Vai entender... é amor, e amor é inexplicável mesmo! E a maternidade é isso: AMOR puro! A gente abre mão da própria vida, para se dedicar a uma nova vidinha, que a gente ama incondicionalmente. Perde noites, dias, briga, engole sapo, aguenta... tanta coisa a gente enfrenta por causa de um filho! E com um sorriso nos lábios, porque sabe que vai fazer diferença naquela vida. É... Deus sabe mesmo o que faz! E sabe a hora certa de vir os filhos. Filho é dádiva, é presente divino. E eu sempre fui muito mãezona, sempre gostei de cuidar, sempre me imaginei nesse "cargo", entendem?

Vira e mexe quando eu chegava na mamãe de short curto ou com muita coisa rosa, ela dizia que eu já era mãe também, e que não pega bem para uma mãe usar rosa, e nem roupa curta. Mas como assim??? Tenho que mudar minha cor preferida agora??? De jeito nenhum, sou apaixonada por rosa (50 tons! kkkkkkk). Hoje em dia, ela já se acostumou. Bem, também ela é minha mãe, né? E rosa é minha cor preferida desde criancinha. Então, se ela não estivesse acostumada.... rsrsrsrs Tudo meu sempre foi rosa.

Ontem, Dia das Mães, eu ganhei um macaquinho jeans do filhote mais novo e um cardigan rosinha do filhote mais velho. E vocês sabem que eu AMO bijuterias combinando, claro! 💗

Aí fomos passar o dia na casa da minha mamãe, e os filhotes registraram o look:

Tô cheinha? Tô... quando essa pandemia terminar vou estar igual uma porca!  Ao menos eu poderia ficar rosinha também, né? kkkkkk Os meus acessórios eu comprei na última vez que fui em Madureira com meu sobrinho. Me chama pra bater perna em Madureira, que eu vou amarradona! 🙌 Como eu AMO aquele lugar: cheio de promos, de bugigangas que a gente nunca vai usar, mas compra mesmo assim! kkkkk Porque é tudo baratinho, né? E eu, como mão-de-vaca assumida que sou, adoro lugares assim! 😝

Nada passou de R$ 10,00 (e eu tô falando de kit, tá? Todos os anéis e todas as pulseiras!!! 😱)
E meu tênis comprado no início da pandemia, que eu enfio sempre que posso, porque né? A-M-O 💟 Ah, esse não foi em Madureira, e claro, não custou R$ 10,00! kkkkkkk Imagina??? Eu pirava!

Amei meu look rosa de Dia das Mães que usei ontem! E o meu dia foi mara, com meus filhotes adolescentes, idosos e de 4 patas! Que dia gostoso... registrei tudo lá no instagram. Se você ainda não me segue, vai lá: @simone_aline 

Beijos da Si

QUER SE DESTACAR NO INSTAGRAM?
E-BOOK

Atualizações do Instagram

Subir