♥ ORGULHO DE SER GAY ♥

em 07 junho 2010

Cá estou eu "navegando" por aí... marido acabou de ligar dizendo que o voo de 10:45 foi adiado para 11:45... já fiz um café... e estava a ler sobre a "Parada Gay" em São Paulo.
Olha, eu tenho opiniões que alguns dizem "controversas", mas tentarei explicar...rsrs
E que venham as pedras purpurinadas... kkkkkkk
A questão é que a palavra "preconceito" é muito confundida com "discriminação". O fato de você não concordar com alguma coisa por causa do seu "pré" conceito sobre tal, não te dá o direito de discriminar o outro! Bem, crescemos numa sociedade em que o básico para uma convivência harmoniosa  deveria ser o bom senso. Isso se aplica a homens, mulheres e todo tipo de "gays".
Eu não concordo com discriminação, tenho amigos de todos os tipos, mas acho que perante a sociedade os gays deveriam se comportar SIM como sendo aquilo que SÃO: homens são homens e mulheres são mulheres! A preferência sexual de cada um só diz respeito a cada um. Ninguém precisa sair por aí beijando alguém do mesmo sexo, vestindo roupas do sexo oposto e coisas desse tipo pra "ganhar espaço".  Mulheres não tem "saco pra coçar" e homens não tem como disfarçar sua proeminência cartilaginosa tireoideana (vulgo "gogó"), entre outras coisas pra se "disfarçar", claro... he he he
Então, EU ACHO que se quer assumir que é gay, tem todo o direito e ninguém tem nada a ver com isso!!!! Todo ser humano tem direito de escolha, tem livre arbítrio. Agora, daí dizer que tem "orgulho de dar o fiofó"????? Ah não!!!!  Olha, cada um dá o que quer, tem o direito de ter a liberdade que bem entender, mas tem a obrigação de entender a sociedade também!!!
Tenho dois filhos, e quando crescerem, se se tornarem gays, sem problemas... nem orgulho, nem vergonha de serem MEUS filhos!!! Da mesma forma que se tivesse uma menina, não sentiria orgulho de vê-la estampada numa capa de revista feminina. Mas... Entenderam?
Orgulho a gente tem quando um filho se forma, termina um estudo, consegue melhorar na vida, consegue encontrar alguém que o ame na mesma intensidade, forma uma família (seja como for!!!).
Existem crianças adotadas muito mais amadas que filhos legítimos. É como eu sempre digo: AMOR é a base de tudo!!!
E no ambiente de trabalho? Existem "normas" também. Se você "gay" fosse dono de uma rede hospitalar por exemplo, contrataria o "Bob Marley" para ser Técnico de Patologia?????? Faça-me o favor!!! Eu acho que as vezes as pessoas usam a palavra "preconceito" quando na verdade o acontecido foi apenas "discernimento"!!!
O ser humano gosta de fazer um "drama"... Por exemplo, quando pequena, "cansei" de ouvir piadinhas por "parecer leite" ou ouvir perguntas do tipo: "tomou banho com omo?" rsrsrsrs Qual é o "branquelo" que nunca ouviu isso??? Mas vai falar alguma coisinha assim ao "inverso" que responde até processo e vai preso, hein?!
Eu já não gosto nem de falar muito sobre esses temas polêmicos, porque normalmente as pessoas me crucificam!!!! Aff!!!
O que eu quero deixar claro é que respeito é bom e todo mundo gosta!!! Mas respeito é uma coisa que não se cobra, não se exige, tem que SE DAR O DEVIDO RESPEITO, seja homem, mulher ou gay!!!
Mas daí exigir "direitos". Direitos de que????? Acho que violência (de todo tipo) tem que ser punida SIM, não interessando se foi cometida a um gay ou não, foi cometida à um ser humano, e pronto!
O investimento da Prefeitura em infra-estrutura e segurança em SP, que ano passado foi de R$ 600 mil, este ano subiu para R$ 1 milhão. Sinceramente, que desperdício!!!! Poderiam investir 1 milhão na saúde (de homens, mulheres, GAYS!!!!). Não me entra na cabeça uma reivindicação dessas!!!!
Não entendo porque as pessoas "gostam" de dramatizar e complicar uma coisa tão simples...
O ser humano deveria aprender a respeitar outro ser humano, apenas isso!!!


kkkkkkkkkkkkkkk Ano que vem vai pra "parada" então... he he he

Ah, me "poupem"... existem escolhas que cada um faz na vida e deve "arcar" com as consequências... não cobrar dos outros aquilo que não se dá a si mesmo: respeito!!!
E isso não é só pra gays não! Tem gay que se dá o respeito... não vai trabalhar no "fórum" por exemplo vestido de "Isabelita dos patins", ao menos se vai de "Clodovil", né?
Tem lugar pra tudo e hora também!!! As pessoas é que devem aprender a se comportar!!!
E tem gays, homens e mulheres que não sabem! =/
'Image

5 comentários:

  1. Minha amiga,
    é mesmo um tema muito complicado de abordar. Concordo em partes com você.
    O que acho é que as pessoas tem todo o direito de usar as roupas e ter o estilo que quiserem, mas que saibam que enfrentarão todo tipo de resistência, pois as outras pessoas também não são obrigadas a conviver com o que não gostam.
    O fato é que há espaço para todos os gostos e estilos.
    Beijos,
    Gi.

    ResponderExcluir
  2. Bom Diaaaaaaaaaaaaaaaa!
    Vim te desejar um belo
    início de Semana e também
    te oferecer 2 Selinho's que
    fiz com carinho:)
    Espero que goste!

    Beijoss fica com Deus!

    ResponderExcluir
  3. Este tipo de parada ja perdeu (se algum dia teve)seu significado. Concordo com vc, se quer respeito, respeite..é tao simples, tao logico, isso vale pra todos independente da orientacao sexual da pessoa.

    Bjos boa semana pra vc

    ResponderExcluir
  4. Querer que uma pessoa se vista com o que eu acho certo?
    Se vestir de cor de rosa pode?
    O Orgulho Gay pode sim ser interpretado da maneira que quiser...ou de "dar o fiofó" por exemplo.Mas também por ter conseguido sobreviver em um mundo,em uma sociedade hipócrita,muitas vezes pervertida...que te cobra a todo instante que você deve ter vergonha da sua maneira de sentir prazer,que você deve ter vergonha da maneira como você se é.O preconceito têm nuances e uma delas,a mais perniciosa, é a inveja.
    Você acha o que?Que um hetero(homem ou mulher)descontente com a vida,mal resolvido nos seus afetos,frustrado nas suas tentativas de conquistas na vida...não vai se incomodar vendo um gay bem resolvido(e por que não?),bem sucessedido nos seus afetos(por que não?)e (por que não?)nas suas conquistas materiais.
    O preconceito é da pessoa com ela mesma,mas é o "Outro" que
    mostra pra ela o seu inferno particular!
    Eu não tenho orgulho de muita coisa em mim,mas o de
    ser ,em muitos momentos,preconceituoso,de me exaltar,de querer que o mundo do meu jeito...não me orgulho,não!
    Saudações aos perfeitos!Mas avisando que toda a perfeição
    será corroída pela velhice,pelos vermes...
    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Paulo, rosa pode, se vc gostar... sendo homem, mulher ou gay! Depende da ocasião, da roupa... Enfim, o bom senso é o que vale, sempre! =)
    EU só acho que como cada um sente prazer não diz respeito a ninguém. Não importa se você é homem, mulher ou gay! Te escrevi pelo contato do expresso moda, para tentar esclarecer essa "opinião" polêmica... muitas vezes mal interpretada! A questão que queria "ressaltar" no post é sobre o valor que se dá a coisas tão superficiais e não tão importantes, como essa forma de se "manifestar" (independente de ser gay ou não). Bjks!

    ResponderExcluir

Ficarei muito feliz ao ler seu comentário. Mesmo que seja uma crítica, feita com educação, é bem-vinda para que o conteúdo do blog possa sempre melhorar!



Topo