♥ SALVE-ME! ♥

em 29 setembro 2010


Foi nessa profundidade de quase afogamento que te escrevi.

Só sei, é que preciso te ver. Rever. Correr pra você, já que de você não é possível.


Examino a mente tentando localizar um respaldo para tudo isso. - Que tolice! Jamais encontrarei qualquer razão.


Quero mesmo é habitar a coreografia dos teus braços. Isso tem que ter porque? Provavelmente não.


Resolvi deixar as coisas serem naturais. Apenas sinto.


Sinto muito e sinto tudo. Do desespero da saudade ao da vontade.


Sinto tua falta, porque você não falta um dia sequer em minha análise.


É um reinteirado querer que ultrapassa a redundância. Uma intoxicação de beijos e cafunés.


O falado. O ritmo da respiração ou a falta dela. Entorpecimento por sedução.


Cansei de simular desinteresse. O que sinto não tem borda, só profundidade.


Este sentir, ilhado por teus olhos, só quer o teu resgate.

Enter.


Texto enviado.

Por Angélica Lins,  autora do blog Vórtice! Jesus, e ela escreve sentimentos puros!!! Acho que o título era outro... nem sei se o texto todo é um só apenas, ou mais de um... rssrs Porque quando eu vou até lá eu leio tanta coisa linda... Vale a visita, constante!!! ;-)
'Image

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz ao ler seu comentário. Mesmo que seja uma crítica, feita com educação, é bem-vinda para que o conteúdo do blog possa sempre melhorar!



Topo