♥ RENATA GAUDIO ♥

em 16 novembro 2010

Já ouviu falar esse nome? E esse rostinho, você já viu por aí?
Bem, essa é mais uma entrevistada aqui do meu cantinho.
A Rê é uma amiga de longa data, que a vida acabou "separando", embora ainda moremos as duas no RJ.
Nos conhecemos quando eu tinha uns 15 anos, e dançávamos como paquita juntas, em apresentações e aniversários por aí... kkkkkkk E nessa época, nós e mais alguns amigos curtíamos assistir o pôr do sol na praia, em frente ao condomínio Alfa Barra, onde a Rê já dava seus shows de violão e voz!!! E seu talento ficou marcado em mim... depois crescemos, e cada uma seguiu sua vida... Agora, com meu cantinho, vira e mexe eu convido alguém que admiro o talento para uma entrevista e tal. E a Rê não poderia ficar de fora. Como o "orkut" é um "ponto de encontro" daquelas pessoas que a gente perdeu completamente o contato, consegui o e-mail dela e mandei meu convite!!! E ela topou, o que me deixou suuuuuper feliz!!!

Olha a Rê aí no jornal. Caraca, ela acabou virando profissa... aliás, isso ela sempre foi!!! Um talento e uma voz marcantes!!! E a banda acabou "bombando" com sucessos dos anos 80 e a famosa "Festa Ploc"!!!
Então, quer conhecer um pouco mais dela? Vem...


1) Profissão (por formação e por vocação)?
R: Sou pedagoga (formação), mas por causa de uma Pós em Gestão, comecei a trabalhar com Educação Ambiental. Aí me apaixonei pela área ambiental (vocação)! Fui criada em sítio, passava o dia dentro do canil dos cachorros, na cocheira com cavalos, correndo atrás dos pintinhos e a galinha atrás de mim! hehe

2) Quando começou a cantar?
R: Desde menina, eu cantava em apresentações no colégio (nos chamados “shows de talentos”). Na 6ª série, enquanto as meninas tinham aula de artes (Colégio Santa Marcelina) eu comecei a estudar piano.Com 15 anos participei de um festival de Karaokê, na extinta Boite Vogue (onde nós fizemos aquela festa de Paquita, lembra?rs) Na etapa final, o gerente não me permitiu participar por causa da idade! Em 1998, entrei na escola de música Villa-Lobos para estudar canto. Em 2000, depois de um divórcio, mudei minha vida em 180º graus e comecei a cantar profissionalmente em bares e pequenas casas de show! Em 2001, tirei minha carteira profissional em canto e violão. OBS: Não sei como eles me aprovaram em violão, pq toco beeeemmm pouco! rssssss

3) Você sempre foi uma garota tipicamente "carioca". Tijucana, sempre curtiu praia, sol... E esportes, o que você curte, praticou ou pratica?
R: Muita coisa eu já fiz, Si! Meu pai costumava dizer que eu não páro quieta, mas que também não finalizo nada! O que será que ele queria dizer com finalizar? hehehehe Fazer muitas coisas é bom e ruim ao mesmo tempo! Bom porque consigo me integrar fácil em lugares e com pessoas! Ruim pq, apesar de jogar vôlei, ter formado um time de futebol só de mulheres há 6 anos, participado de campeonatos de taekwon-do (faixa preta), ter voado de asa delta e parapente, ter feito curso de mergulho autônomo, tocar violão e teclado e alguns estilos de dança (adoro zouk),não faço NADA DISSO SUPER BEM!

4) A internet influencia no seu trabalho e onde você "navega" por mais tempo?
R: Navego em sites de pesquisa, na maioria das vezes! Sou muito curiosa! A página inicial do meu computador é Google! Mas já peguei muitas letras e cifras de músicas para estudar pros shows, nos sites:
"letras e cifras.com.br" e "lyrics.com".

5) Quantas pessoas te ajudam (em casa, no trabalho, enfim, na "vida") e o que você faz questão de você mesma fazer?
R: Pessoas importantes na minha vida: meu marido Fábio, porque sempre me apoiou nas minhas “idéias malucas”! Meu chefe no SEBRAE Renato Regazzi, que me ensinou que é importante ser feliz no trabalho e sempre procurar mais conhecimento! 

6) Do que sente saudade da época de "paquita"? rsrsrsrs *Adorei essa!!!! ;-)
R: Lembra daquele chevete que eu tinha e que eu dirigi sem carteira até aquela festa que a gente tinha que fazer na zona sul? Fui a 40 por hora no túnel pq tinha medo de passar a 4ª. Marcha! hehehe Mas o que sinto mais falta é da espontaneidade e energia das crianças! De como elas REALMENTE gostavam de nós!!!

7) Acha que seu talento na voz e na música herdou de quem?
R: Meu pai (tocava) e minha avó (paterna) toca piano! Minha mãe canta e minha madrinha (irmã da minha mãe) canta, toca violão e piano! Cresci ouvindo pessoas fazendo música!

8) Fale-nos um pouco sobre planos e projetos para frente... na vida, na carreira, nos sonhos...
R: Acho que o mercado musical no Brasil é muito pequeno e, por isso, muita gente boa fica fora da mídia!
Muitos amigos meus, excelentes músicos, estão fora da mídia e, por isso, não conseguem fazer da música um meio de vida! Foi uma das razões que me fez sair deste mercado! Hoje só quero cantar como hobby!
Trabalho com Educação ambiental, pq acredito que o mundo precisa de mudança urgente nessa área e está apensa começando a entender isso! Quero fazer a minha parte! Estou cursando minha segunda faculdade (Biologia) e gostaria de trabalhar em um Projeto bem legal tipo “Tamar” ou ”Baleia Jubarte”

9) E a Renata mãe, como é?
R: Muito cuidadosa em relação à segurança e ao bem estar, exigente quanto à educação e bem alegre também!

10) Agora conte-nos um pouco de você com a banda "Perdidos na Selva"?
R: Longa história!
1ª. Parte: Como tudo começou
Conheci a banda num show no “Existe Um Lugar”, no Alto da Boa Vista! Nem sei se a casa ainda existe!
Foi identificação imediata! Amor à primeira vista! Tudo era exatamente o que eu gosto: o repertório, a energia da banda e a atuação do Rodrigo Quik (parecia o parceiro de palco PERFEITO). Mas na época, a parceira dele de palco era esposa dele também, a Mayla! 1 ano depois, fui a uma festa de aniversário no Balroom e lá estava o Perdidos de novo, só que o Quik tinha outra parceira, que ele mesmo apresentou como CONVIDADA DA BANDA! Lembro que pensei: "Cadê a Mayla? Eu estaria naquele palco FÁCIL!!! Modesta, né? hehe"
A Banda tinha a política de ter uma lista amiga na porta das casas de show onde se apresentava, na qual as pessoas inscritas pagavam meia entrada. Rodrigo Quik organizava a lista e falava com as pessoas via e-mail.
Por causa desta lista, falei com ele via e-mail. Fiz um comentário sobre o show e o Quik percebeu que eu trabalhava com música... aí (por e-mail) ele me chamou pra fazer um teste, pq a vocalista havia saído da Banda! O resto da história não preciso contar, não é? Fiz muitos shows legais, fiz muita gente feliz!!! Acima de tudo, foi muito gratificante pela oportunidade de ver a alegria das pessoas!!! Um dia, quando saía do camarim, uma moça veio falar comigo. Ela me abraçou e disse:
"- Eu terminei meu casamento e entrei em depressão! Um dia minha prima conseguiu me tirar de casa pra ir ao show de vocês... desde este dia, voltei a sorrir!!!" Nesse dia, Si, aprendi a verdadeira responsabilidade daquilo que a gente fazia! Trabalhar com entretenimento é ter a oportunidade de ajudar as pessoas a sorrir!!! NUNCA MAIS ME ESQUECI DISSO!!!

2ª.parte: A parte complicada
Nunca contei o real motivo da minha saída da Banda, mas vou explicar:
O Rodrigo Quik iniciou outra banda chamada “Quik”, com o mesmo repertório (mesmas canções) e vendia os shows a preços mais baixos! Eu descobri o fato por acaso e não achei justa a situação! Por que a Banda Perdidos na Selva não poderia fazer shows a preços mais baixos? Por que ele não tocava canções diferentes daquelas que o Perdidos tocava? Resultado: Assim que a divulgação dos DVDs diminuíram, ele me tirou da Banda! Dúvida: Se me arrependo de ter dado minha opinião? R: Nunca! Acho que, respeitando as pessoas, a gente tem o direito de dar a opinião!  Acredito em 2 coisas:  1- Divina Providência 2- Nada é por acaso. Em outras palavras: se aconteceu desse jeito, era porque tinha que ser assim! Foi uma fase linda, que nunca vou esquecer! Porque eu nasci na década de 70! Então... eram ídolos da minha infância! Você não imagina como foi pra mim dividir o palco com esses caras!!!! Aprendi muito! Fiz bons amigos! Acho que quando uma fase termina, a gente inicia outra automaticamente! E a vida se renova ! Farei o meu melhor que eu puder, com o que eu tiver, onde eu estiver! E agradeço, amiga, a sua admiração por mim!

Essas fotos aí são de alguns dos momentos da Rê!!! Caraca, ela já fez de tudo um pouco... rsrsrs e eu amei receber notícias legais dessa amiga tão talentosa!
Segue a nossa "rapidinha":
Apelido: Renatinha (para alguns), Rê (para outros)
Cor: Branco
Comida: Frutos do mar
Bebida: Água de coco
Filme: A Corrente do Bem
Livro: Eat, Pray and Love
Música: I Still haven’t found what I’m Looking For
(Cantora: Shania Twain - Grupo: Beatles - Compositor: Almir Sater)
Moda: Não gosto. Gosto de me vestir de maneira simples: blusa branca, calça jeans clara e tênis confortável ou vestido leve e sandália baixa. E sinto MUITO FRIO! hehehe
Maquiagem: Natural
Cosméticos: Protetor solar
Animais: Todos
Família: Aquela que você escolhe!
Filhos: Naty linda (16) e Nic fofo (1)
Deus: Amor
Religião: Espírita Kardecista
Política: Não acredito em política no Brasil e acho que o poder corrompe quem não tem bons valores enraizados, mas tenho esperanças que o Partido Verde seja sério!
Maior Qualidade: Espontaneidade
Maior Defeito: Querer fazer 10 coisas ao mesmo tempo e chorar a toa! Meu avô dizia: “Renata chora até em inauguração de supermercado!”
Uma saudade: Meu pai e meu avô
Um sonho já realizado: Cantar anos 80 e passar energia boa pras pessoas!
Um sonho de consumo: Poder viajar e conhecer todos os lugares e culturas que eu puder!
Sonho para o mundo: Vida digna para TODOS
Na sua bolsa (ou "você não sai de casa SEM"...): Documento, celular, cartão de crédito, chave de casa . Uso bolsa tipo mochila, mas prefiro levar essas coisas no bolso mesmo! hehe

Ufa!!! Gente, a Rê gosta de escrever como eu...rsrsrs E eu A-M-E-I a entrevista!!! Primeiro porque me fez ter contato com uma amiga muito querida, de muitos anos atrás. E com isso, trocamos telefones, nos falamos, batemos muito papo e relembramos um época muito bacana da nossa vida! Segundo porque eu pude compartilhar com vocês um pouquinho do talento dela!!! E queria dizer que amigos a gente perde contato, mas nunca deixam de habitar o nosso coração!!! Amiga, obrigada por me ceder essa entrevista e por participar dessa seção no meu cantinho! Sua presença é iluminada sempre! Saudades gigas de você, da Ma, da Deca e de todo aquele "povo"!!!
E também daqueles dias maravilhosos de praia, piscina, barra shopping e clube!!! Ô vidão, hein????rsrsrs
E aqui deixo uma música de Juca Chaves, que ficava ainda mais linda na sua voz:

"Eu quero uma mulher que seja diferente de todas que eu já tive, todas tão iguais
Que seja minha amiga, amante e confidente. A cúmplice de tudo o que eu fizer a mais.
No corpo tenha o sol, no coração a lua
A pele cor de sonho, as formas de maça
A fina transparência de uma elegância nua
Um mágico fascínio, o cheiro da manhã!
♫ ♥ ♪ ♥ ♫
Eu quero uma mulher de coloridos modos, que morda os lábios sempre que for me abraçar
Que o seu falar provoque o silenciar de todos
E o seu silêncio obrigue a me fazer sonhar
Que saiba receber e saiba ser bem-vinda
Que possa dar jeitinho em tudo o que fizer
E que ao sorrir provoque uma covinha linda
De dia uma menina, a noite uma mulher!!!"

Quer ouvir? Clique aqui
'Image

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz ao ler seu comentário. Mesmo que seja uma crítica, feita com educação, é bem-vinda para que o conteúdo do blog possa sempre melhorar!



Topo