♥ BLOGAGEM COLETIVA: CULPA ZERO! ♥

em 07 abril 2011


Bom diaaaaaaaaaaaaa!!!
Quando vi o tema dessa blogagem, pensei: caraaaaaaaca, "preciso" falar disso há tempos...
Porque essa tal de "culpa" é uma velha amiga, por mais que eu diga que não!
Ontem, lendo o post de divulgação da Elaine, fiquei imaginando porque nós mulheres sempre sentimos isso... isso de tentar, e tentar e tentar agradar a tudo e a todos, e ainda se culpar por não conseguirmos ser exatamente como a "Mulher Maravilha". Ou somos "super mães", ou "super esposas", ou "super amigas", ou "super donas de casa" ou "super profissionais"... O quão difícil é ser super em tudo!!! Difícil não, IMPOSSÍVEL!!!  E aí, lá vem ela de novo... a culpa!!!
Se a gente não consegue manter a casa "um brinco", se culpa...
Se trabalha muito pra "dar o melhor", se culpa...
Se não trabalha, se culpa também...
Mulheres vivem seus dilemas, sempre! Lutam e lutam e lutam por "direitos", que nunca existiram (e ao meu ver, continuam não existindo). E quer saber porque? Porque NÓS mesmas nos cobramos TUDO!!! Lutamos pelo "direito" de nos sentir mais culpadas ainda!!! Putz!!!
Isso não me entra na cabeça!
E a vida vai passando... e algumas mulheres se sentem tão infelizes que simplesmente "se abandonam"... em casa, num emprego, na vida mesmo... Perdem a "alegria", a "bobeira e infantilidade", sei lá... Se aprisionam na culpa de algo que no fundo, não tem culpados...
“Até que um dia resolvi mudar, e fazer tudo que eu queria fazer…”, escreveu Elaine ontem! E eu assino embaixo também!
"Sim, eu mudei. Eu agora penso em mim! Faço quando dá (o que dá), e se não der, paciência. Trabalho menos, ganho menos, me estresso menos e sou muito mais feliz! Pode cair o mundo que eu tenho 30 minutos diários pra mim." Pra me maquiar de manhã, mesmo só indo levar e buscar filhos na escola, indo ao mercadinho, à feira, e etc... Saio linda! Linda pra mim!
Depois que termino tudo da "manhã" (ou quase, porque o "que não dá, não deu!" rsrs), coloco a mesa do almoço e tomo um banho. Gosto de almoçar cheirosa... e tenho mais alguns minutinhos antes de levar filhote mais velho pra escola. O "meu tempo" de escovar os dentes, me pentear, passar creminhos nas mãos...
Quando volto, tenho uma "pilha" de coisas me esperando! Roupas pra lavar, passar, coisas para arrumar, encomendas de artesanato e dvd´s, enfim, aquilo que me dá prazer e um trocado... que me "sustenta" o cabeleireiro, os produtos de beleza, as "tranqueiras" que só as mulheres entendem... (mesmo aquelas que a gente quase nunca usa!!! rsrsrs)
"E se der na telha largo o trabalho e vou tomar sorvete com as crianças."
Eu vivo feliz, embora as vezes ela insista em aparecer!!! Pois é... a culpa as vezes aparece!
Por mais que eu queira dizer que não, as vezes ela vem... entra sem pedir licença, se aloja em mim!
Mas, fazer o que, né? Nessas horas, o melhor é respirar fundo, e dar um belo "chega pra lá" nessa danada!!!  Assim como a Elaine, eu também tô com a "Martha": #culpazero! kkkkkkkkkkkk

13 comentários:

  1. Temos mesmo que chutar o balde e dei9xar a culpa pra lá! Nada vai mudar mesmo.Tido estará nos esperansdo então? Pra que se matar??? Vamos com calma! Adorei@! E tu não me conhecias? Te sigo e comento há séculos,rssr beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Estou rolando de rir!!!!
    CHICAAAAAAAAAAAAA, tua joaninha aí é conhecida...
    Mas o blog onde vc escreveu eu não conhecia não... Caramba, quando li seu comentário, pensei: então é a "Chica, Chiiiiiiiiiica"!!!! kkkkkkkkkkkk
    Aí entrei no teu perfil e pasmei!!! Cara, quanto blog!!!!! rsrrsrsrsrrs Putz!!!!
    Não conheço todos... rsrsrsrs Vou passar por eles com mais calma, conhecer um por um...rsrs
    E isso aí, vamos chutar o balde!
    Bjks!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Simone obrigada pela visita e por fazer parte do bloguito. Fico muito feliz quando vejo minha turma crescer.
    Seu post ficou ótimo. Culpa zero já!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Impossível dizer que não existem ou não existirão mais culpas, porque isto é inerente à vontade de nós, seres humanos. Mas se a gente puder refletir e principalmente ponderar nossas atitudes e agir sempre de forma correta com as pessoas que nos cercam, com certeza as culpas diminuirão e muito na nossa mente. As culpas muitas vezes estão ali e somente ali, fixadas na mente, sem fundamento algum para existirem de fato.

    Acho que vale a reflexão.

    Bela postagem, parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Si, adorei seu cantinho!! É muito bom ter um né? To descobrindo isso agora! rs


    "Porque NÓS mesmas nos cobramos TUDO!!! Lutamos pelo "direito" de nos sentir mais culpadas ainda!!!"

    E como vc tá certa! A culpa é nossa responsabilidade pq nós vivemos exigindo ela, cobrando ela da sociedade, do marido, das amigas, dos outros!

    E a Elaine que tá certa!
    "Sim, eu mudei. Eu agora penso em mim! Faço quando dá (o que dá), e se não der, paciência"

    rs

    tb to na blogagem coletiva!

    Beijooos

    Pri

    www.cantinhodapiu.com
    @pri_sobrinho

    ResponderExcluir
  6. Olá, querida
    Está me fazendo um bem enorme viver a consciência de culpa e não o remorso... nunca me beneficiou em nada ficar no passado...
    Vamos progredir!!!
    Bjs de paz e culpa zero.

    ResponderExcluir
  7. Si,
    Acho que vc tem razão, é importante ter um tempinho pra nós!, mas acho que ser super mãe, super mulher etc..etc...esta no nosso DNA.
    E como somos superpoderosas, exercitando, exercitando, vamos conseguindo diminuir o grau da culpa. Eu carrego muitas, mas tb já me libertei de muitas!!!!
    bjs e gostei da sua postagem
    Edna Santos
    www.inquietudetotal.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Si,

    Vejo que estamos em uma nova era. Das pessoas se aceitarem e perceber que ser feliz está na moda! Seja do jeito que você for e como você pode. E felicidade e culpa nao combinam.
    Acho que a culpa é uma maneira de diminuir aquele momento de alegria que tivemos.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  9. Adorei conhecer sua rotina com seu tempo para você. Eu sou liberta, vivo no culpa zero, aprendi a viver comigo e ensinei aos que me rodeiam que eu sou assim e pronto. Não devemos viver pra cumprir metas, temos a missão de ser feliz. Por isso concordo vom você deu deu, não deu...não deu!
    Tenha um ótimo final de semana

    ResponderExcluir
  10. Amei seu post! Você é uma SUPER blogueira! kkk
    Bjks.

    ResponderExcluir
  11. Simone,

    Também gosto de almoçar cheirosa, rs.
    Essa questão da culpa creio que seja uma evolução de nossa personalidade, com o tempo e com os acontecimentos vamos vendo que temos muito a perder se mantivermos a postura rígida, exigindo muito mais do que podemos oferecer. Hoje posso dizer que vivo melhor, também reservo meus momentos de ser apenas eu, brinco, me divirto e aos poucos pretendo recuperar tudo aquilo que a culpa me tirou.
    Adorei vir aqui.
    Grandes beijos

    ResponderExcluir
  12. Eu tento fazer tudo na parte da manhã, tomar banho, almoçar e levar as crianças para a escola, estou pronta para tudo, menos para a casa...Sem culpa, fazer o que nos dá prazer...É isso aí..Lindo seu blog..Paz e bem

    ResponderExcluir
  13. Si,
    Também quero dar um chega para lá na culpa, já sofri e trago cicatrizes dos males que ela me causou. Estou com você, com a Elaine e com a Martha.
    Adorei vir aqui, e quero agradecê-la por estar acompanhando o Sobre Viver em Sinop, fico muito feliz em tê-la como companhia.
    Grandes beijos e ótimo domingo

    ResponderExcluir

Ficarei muito feliz ao ler seu comentário. Mesmo que seja uma crítica, feita com educação, é bem-vinda para que o conteúdo do blog possa sempre melhorar!



Topo