♥ QUANDO A REALIDADE CHOCA... ♥

em 09 janeiro 2014

Oi gente!? =)
Poucas vezes a realidade me choca a ponto de me fazer perder o eixo, sabem?
Eu sofro com a maldade alheia, com a crueldade da humanidade, com o próximo que precisa de ajuda ali, diariamente, e ninguém percebe...
Quando assisto reportagens sobre assassinatos, atentados, maldades, brigas... algumas cenas eu penso: noooooossa! Me pegunto N vezes o que aquela pessoa que agrediu estava pensando naquele momento. Que mal é esse que de repente faz as pessoas perderem o controle e atear fogo em mendigo, colocar bombas no próprio corpo e ir numa escola infantil,  bater numa outra pessoa até a morte por causa da camisa do seu time... enfim, essas "atrocidades" diárias que a gente vê e lê por aí! =/
Sim, me chocam, fico triste... mas sigo... entendem?
Dificilmente não consigo assistir cenas assim. E mais dificilmente ainda elas me tiram o sono (digo tirar o sono de verdade, tá?).
Há um tempo atrás eu senti isso vendo um vídeo (até escrevi um post aqui). Era um pedófilo em ação. Mas quando eu digo ação, é ação mesmo!!! A criança era bem pequena... e meu Deus, eu não consegui assistir aquilo até o final, não mesmo... Corri "virtualmente" atrás daquele filho da puta de todas as formas que eu pude!!! E meses depois, recebi um e-mail da polícia avisando sobre a prisão de pedófilos que distribuíam material pela internet, e agradecendo a denúncia prestada! Bem, não "mudou" a realidade da criança violentada, mas me fez dar aquela respirada de "fui útil para alguma coisa", sabem?
Pois é... e hoje estou me sentindo a pessoa mais inútil da face da Terra!!!
Isso porque assisti um vídeo agora cedo que, assim como do pedófilo, me tirou do eixo. O vídeo tem 11 minutos (DOS QUAIS SÓ CONSEGUI ASSISTIR O PRIMEIRO!!!). Isso mesmo! As imagens são tão chocantes que eu só assisti um minuto e pouco de filme e já estava soluçando sem parar, incontrolavelmente, a ponto da vizinha que mora embaixo perguntar se eu estava me sentindo mal... aff... ela me ouviu chorando lá de baixo!!! Pelo amor de Deus!!!
E o pior de tudo isso? Me passou um filme na cabeça... de quando eu era criança e assisti ao vivo matarem um porco lá em Chiador (MG)... Chocada, chorei muito... corri no mato pra longe da casa onde estávamos... subi numa árvore chorando muito, jurando que nunca mais aceitaria ver tamanha maldade sem fazer nada... Mas me tiraram da árvore, conversando... e pasmem: mais tarde eu comi aquele porco "lambendo os beiços"!!! O tempo passou, eu cresci... e aquela cena ficou lá atrás!
Não que eu esteja pensando em me tornar vegana a essa altura... porque admito: meu maior pecado é a gula!!! E me faz salivar uma carne sangrando ou pururucando... aff!!! =/
Deixa eu confessar: sou carnívora voraz!!! AMO um churrasco!!! 
E depois desse tal vídeo... eu me senti o próprio monstro!!! Porque eu como... eu como... eu como!!!
Tá, se eu não comer a matança continua, lógico. Mas sabe aquela dor na consciência? Aquela sensação de: "como pode alguém ser cruel assim?" Porque a maldade mostrada no vídeo é surreal!!! Me diz: eu é que acredito demais em contos de fada (até para os bichinhos)???? E a história da "carne feliz", existe???? Digam que sim, por favor, preciso ouvir isso!!! =(

Chocada demais! =(



QUER DE$CONTO$ EM MAQUIAGENS, ROUPAS, SAPATOS E COSMÉTICOS?
CLIQUE AQUI E CONHEÇA NOSSAS LOJAS PARCEIRAS!


3 comentários:

  1. oooooooooooi seu blog é muito legal gostei muito dele !!!!!
    o meu é:
    http://nathaliamaciel.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  2. Qdo criança ia para casa da minha avo na roça e ela nos ensinava a matar galinhas ,em pequenissima escala,éramos 10 primos e todos ajudavam,sem essa crueldade,minha avo matava porcos(não deixava a gente ver),cabritos e até boi (esse a gente via)e era uma festança!Não era matança e a loucura desse video!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sueli, nem consegui assistir até o final... mas também acredito que a "realidade" do vídeo seja de casos à parte, porque é bem diferente dessa que você descreveu. Meu pai cresceu em sítio, e também sempre relatou da mesma forma que você. Papai dizia que o boi ia direitinho para o local onde receberia uma espécie de "martelada" na cabeça. E que uma só o derrubava. E aí, era um festança também! Quando eu era criança, íamos muito para uma fazenda em MG, e não lembro dessa tortura com os animais... o dia do porco que eu relatei no post foi ruim porque ele gritava muito, e aquilo me impressionou, mas não teve nada parecido com esse vídeo... nada torturante assim, como se fosse uma diversão. Foi agonizante ouvi-lo. Foram 2 porcos mortos. Retirados do local, afastados dos demais... normalmente... Enfiaram a faca no primeiro, quase nem gritou, e morreu rápido. Mas o segundo, acho que a faca não pegou no lugar certo, enfiaram uma espiga de milho para o sangue não sair e ele continuou gritando por muito tempo... e eu vendo! Foi muito triste. Havia um caldeirão de água fervente, onde eles eram colocados logo em seguida. O primeiro já estava morto, tudo bem... Mas o segundo porco ainda gritava, muito... e eu chorava muito!!! =/ E só parou ao finalmente desfalecer na água fervente. Noooooooossa, aquilo me impressionou muito. Mas enfim, ele pururucou deliciosamente no churrasco depois! Eu não estava mais chorando, claro... e achei uma delícia! Olha que não assisti quase nada do vídeo, mas também achei uma "matança louca"! =( Eu, hein!?!?!?

      Excluir

Ficarei muito feliz ao ler seu comentário. Mesmo que seja uma crítica, feita com educação, é bem-vinda para que o conteúdo do blog possa sempre melhorar!



Topo