A HISTÓRIA DAS PERUCAS

em 13 novembro 2017

Oi gente linda :)


Quem me acompanha lá pelo youtube (se inscreve lá!), sabe que eu me inscrevi no Curso do Whindersson, onde ele dá várias dicas para nosso canal, além de aulas diferenciadas com uma galera super bacana também. E no último vídeo eu fiz um anúncio "fake", para vender perucas. Era um exercício do curso, explicado no box de informações do mesmo.


E dessa vez, o exercício em vídeo tinha que ser sobre o mesmo assunto, porém no formato "pesquisa" sobre o tal produto. Daí fui pesquisar sobre perucas. Na wikipédia vi algumas informações que disponibilizei no vídeo. Mas acabei achando um blog - Central das Divas - de onde trouxe algumas outras informações bem bacanas e explicativas sobre lace.


Materiais que são utilizados na fabricação dos fios:


- Cabelo sintético


É o tipo mais comum porque é mais barato. Apesar do preço, cada dia mais as fibras sintéticas ficam mais naturais. O Kanekalon comum, muito utilizado nas box braids, já foi utilizado nas wigs, mas hoje já são obra de museu. Já existem fibras sintéticas como a fibra futura que são muito naturais, não brilham, permitem o uso de chapinha, secador de cabelo, podem ser remoldadas quando envelhecem e tudo mais! São mais baratos, tem muitas opções de cores e cortes e atende a necessidade de mudar constantemente!


 - Cabelo orgânico


É muito similar ao cabelo humano, tanto no toque quanto na forma de cuidar. A lavagem é com shampoo  em movimentos no sentido do fio para nao embaraçar com água fria ou morna e creme para hidratação. Especialistas afirmam que ele embaraça menos e é muito natural.


- Cabelo 100% humano ou Human Blend hair


 Apesar do nome, acredite: não é o cabelo humano. Na verdade, ele é uma mistura de cabelo humano com sintético que dá muita naturalidade à wig. 100% humano NÃO é cabelo natural!!!


- Cabelo humano


Como o nome diz: é um cabelo natural, não feito em laboratório. É o cabelo humano, que ao receber chapinha, baby liss se adapta a estas modificações. É o tipo de cabelo mais utilizado pelas artistas por ter mais naturalidade. São wigs que tem uma duração maior, mas também requerem mais cuidados e são mais caras.



Modelos diferentes


São muitos modelos, e os mais comuns são os listados abaixo:


- Lace Front Wig


É um modelo que tem  uma tela frontal de orelha até a outra. Esta tela assemelha ao couro cabeludo e a ideia é  cobrir a cabeça por inteiro. A maioria das usuárias acham que ela é mais natural.


- Full Lace Wig – Whole Lace


Sua touca é totalmente composta pela tela (imitação de couro cabeludo), o que pode garantir mais naturalidade, já que, a cliente poderá repartir o cabelo em qualquer direção que em toda a extremidade da peruca parecerá couro cabeludo. Muitas são feitas sob medida.


- L- Part Wig


Peruca com uma repartição que forma um “L” no topo da cabeça. Essa repartição pode ser dos dois lados ou apenas em um.


- Invisible Part


Há uma tela na divisão da lace que pode ou nao vir aberta. O objetivo é que você possa optar de cortar a tela na repartição para mesclar com seu cabelo natural, que está embaixo da wig. Há algumas em que a divisão vem com formato de "U" o que permite que você possa mesclar com uma maior quantidade de cabelo seu.


- Half Wig


Ela é semelhante à lace front, mas não tem a telinha na frente. A ideia é que você use um pouco de seu cabelo na frente para mesclar. Mas, é possível usar sem mesclar por que você pode fazer uma franja, ou algum baby hair que o disfarce é muito bom. Gosto muito deste modelo porque acho mais maleável e o preço em conta.


Agora, aperta o play e não esquece do joinha:



Bjks!

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Topo