O uso do piercing pela história. Rebeldia, estilo e diferenciação.

Entenda como ocorreu a evolução dos piercings até os dias atuais.

Atualmente os piercings são vistos como um enfeite moderno e estiloso que em grande maioria é usado pelos jovens, mas nem sempre o mundo foi assim. Antigamente, utilizar esse acessório poderia representar diferentes posições hierárquicas entre outras coisas.

Com o decorrer dos 5000 anos de história, o piercing mostrou sua representação em diferentes civilizações, alguns utilizavam por vaidade, outros para cultos religiosos mas cada um com seus motivos únicos. Neste artigo acompanhe a trajetória desse item milenar.

Indícios mais antigos do uso de piercings:

Esquimós do alaska
Um dos indícios mais antigos é o uso de piercings pelos esquimós em 4000 A.C. Em sua cultura, os piercings eram colocados nos lábios para representar marcos importantes na vida de uma pessoa como puberdade, casamento, iniciação na caça entre outros.

Egípcios
No Egito antigo (3000 A.C.) os acessórios eram usados principalmente nas orelhas, somente pelos membros da realeza. O piercing no umbigo tinha o uso exclusivo do faraó para mostrar a todos o seu título hierárquico.

Chineses
Na dinastia Shang por volta de 2000 A.C., já era costume das mulheres utilizarem brincos grandes. As perfurações eram feitas em garotas de 12 e 13 anos em seu casamento.

Maias e Astecas
Em 900 A.C. esses povos já tinham o costume de utilizar as perfurações para simbolizar suas diferentes participações na civilização e até mesmo como enfeites tribais. Piercings na língua e no septo tinham um enfoque maior em sacerdotes e em cultos religiosos.

Romanos
Os romanos eram um povo muito preocupado com sua aparência, em 700 A.C. já utilizavam alguns piercings como adorno. Sua participação na evolução dos acessórios se dá pelo fato dos homens colocarem argolas nos mamilos como símbolo de vitalidade sexual.

Indianos
Na índia, a cultura dos piercings sempre esteve presente desde os tempos antigos (100 a 400 D.C.). O furo no nariz é proveniente dessa região, quanto maior a argola que a pessoa usar, maior é seu status social.

Europa
No século XIX, as mulheres européias gostavam de manter uma boa aparência em seu busto. Recorrer a piercings no mamilo eram muitas vezes uma opção da nobreza no continente.

Tribos africanas
O uso de piercings com o passar dos tempos sempre esteve presente nas tribos africanas.
Uma perfuração comum na tribo Makololo é o prato nos lábios visto pelas mulheres como um símbolo de extrema beleza recebido pelo marido na cerimônia de casamento.

Cultura no ocidente - A volta dos piercings
Com o passar dos anos a cultura de utilizar piercings foi se perdendo no ocidente. E só veio à tona novamente em 1960 quando os furos eram utilizados pelos adeptos do movimento hippie e mal visto pela população.

Movimento punk (Anos 70 e 80)
Com a baixa do movimento hippie, os piercings foram adotados pelos punks que utilizavam as jóias de forma grotesca para satirizar e se separar da sociedade burguesa. Com isso o uso dos piercings foram infundidos a pensamentos negativos e símbolos de rebeldia.

Como está atualmente?
Até mesmo hoje em dia vemos pessoas com um certo receio com quem utiliza piercings, alargadores e derivados. Isso foi causado pela constante difamação de alguns movimentos liberais em que as pessoas utilizavam piercings.

Porém, a cada dia que se passa esse pensamento ruim é deixado para trás e hoje já observamos os furos presentes em todos os tipos de pessoas desse planeta. A utilização de um piercing é como se fosse de qualquer outro acessório, não te muda por dentro.

Por que os jovens gostam tanto dos piercings?

Colocar um piercing é uma representação de rebeldia e liberdade, tudo o que um jovem sente quando começa a crescer um pouco. Essa é a maneira de mostrar para os pais, professores, amigos e familiares que são donos de si mesmos.

Porém não é somente isso, hoje em dia os piercings são um acessório da moda como um anel, colar, pulseiras, bonés, entre outros. E sim, são um grande pretexto para tentar chamar a atenção daquela paquerinha na escola.

Como o piercing entrou para a moda?
Em 1990 os piercings entraram na moda pois o mundo estava em uma transição de um estilo conservador para um estilo “underground”. Nessa mesma época, famosos como a cantora Madonna começaram a exibir as jóias.

A mentalidade das pessoas perante os piercings foi mudando e hoje em dia existem diversos tipos diferentes de furos. As jóias são um dos principais acessórios utilizados no mundo inteiro.

Vocês curtem? Me contem!
Beijos da Si

Um comentário:

  1. Eu com meus 41 anos não tenho nenhum kkk pensar seriamente em me adaptar a cultura . Bjks

    ResponderExcluir

Ficarei muito feliz ao ler seu comentário. Mesmo que seja uma crítica, feita com educação, é bem-vinda para que o conteúdo do blog possa sempre melhorar!

QUER SE DESTACAR NO INSTAGRAM?
E-BOOK

Atualizações do Instagram

Subir