♥ MULTIPOST! ♥

em 14 outubro 2010

Não sei muito bem o que dizer nem por onde começar... Só quero desabafar um pouquinho... E ainda tenho mil coisas pra falar!!! rsrsrs
Pode parecer "maluquice" preferir escrever do que falar com alguém... mas pra mim é mais fácil lidar com as palavras escrevendo-as do do que falando... Tenho dificuldade em falar de mim mesma, gosto de estar sempre sorrindo, não gosto de falar dos meus problemas... A noite, quando todos dormem, eu "desabafo" com o meu travesseiro... que nada fala, apenas ouve, e isso me alivia à beça! rsrsrs Não muda as coisas, não resolve meus problemas, mas me sinto bem melhor no dia seguinte! he he he
Os momentos felizes existem, sempre existem. Alegrias, datas importantes, momentos que nos fazem "viajar" sem sair do lugar...
Mas é muito difícil conviver com um problema por anos a fio, sem deixar que ninguém nunca perceba... e pior, acreditando que vamos conseguir mudar os fatos, que vamos conseguir alterar alguma coisa... É difícil, muito difícil...
Eu tentei ter fé, eu tentei ter amor, eu tentei ter paciência, eu tentei ter tanta coisa... eu apenas queria acreditar, acreditar no imutável, hoje penso assim... Bem, eu realizei sonhos, a vida estava boa... e eu achei que realmente tivesse vencido o tal imutável...
Houve um momento em que a vida deu sinais de que alguma coisa estava errada... mas eu "fechei os olhos", não podia ser... eu estava tão feliz... E achei que estava sendo "dura" demais com ela. Deixei fluir, confiei.
E ela fluiu... mas eu nem percebi que ela não estava fluindo bem. Não percebi que ela estava indo para um caminho sem volta.
E de repente, num novo momento de desespero, eu me agarrei mais uma vez nessa "confiança" de que eu podia... de que estava tudo certo...  E me enganei... desde então as coisas só vem piorando... Durante todos esses anos tenho tentado manter o sorriso, e graças a Deus ninguém nunca notou. Não gosto que me vejam chorando, não gosto de falar de problemas, "pago" pra não me aborrecer. Mas chegou aquele momento no qual não tem o que se fazer, aqueles que dão vontade de sumir!!! Esse ano tem sido "osso duro de roer". Porque eu não estou mais caindo, eu já despenquei no fundo do poço e permanecer sorrindo é as vezes muito difícil. O que me dá forças? Os meus tesouros: meus filhos! Fazem tudo valer a pena, valem todo o esforço, cada sorriso... Me alimentam do amor que eu preciso!
Mamãe e papai já tem passado por problemas de saúde e tal. Embora eles também me amem o suficiente para me entender, me falta coragem para falar... 
Para amenizar, só tem piorado. Dá pra entender? Não, eu sei... e nem é pra ninguém entender, é apenas uma forma de desabafar... Escrever alivia, acalma, traz uma certa paz...
Eu sempre me "controlo" bem durante o dia, brinco com os filhotes o tempo todo, não os deixo perceber alguma pontinha de tristeza que seja... nada! Eu sempre tento compensar tudo com amor, muito amor... e muito sorriso, como se eu fosse a pessoa mais feliz do mundo! Sim, as crianças me fazem felizes, mas a noite, quando deito e penso na minha vida... Tem sido difícil. Sei que os problemas de saúde do marido se agravam, eu nem quero saber dos meus... Não tenho como ter mais problemas, me sinto ótima, graças a Deus! Só fico "abafada" mesmo (como diz mamãe...rsrs) 
O "imutável" é aquilo que se tem de mais profundo: o self, a essência! Enfim, eu deveria ter sido "dura" o tempo todo com a vida... Porque eu tinha o controle dela. Mas eu achei que estava sendo dura demais e relaxei... acreditei... e tudo mudou! Aos poucos incorporei uma filosofia de vida bem diferente da minha. 
E alguns sonhos que eu achei que tinha realizado, eu apenas não tenho mais como realizar, só isso...
Enfim, isso foi só um desabafo mesmo... eu continuo "boba e alegre", só estava precisando desabafar realmente, sem muitas explicações, porque é difícil falar... e meu travesseiro já não me aguenta mais!!!! kkk

Eu não falei que o post ia ser grande? Aff!!! Quando eu começo eu não paro mais... rsrsrs
Bem, eu tentei depois do meio do ano voltar a trabalhar fora, mas não apareceu nada que desse pra "conciliar" com os horários dos filhotes. E eles estão em primeiro lugar!!! Tentei conseguir um plantão de 24 horas, o que descarta as clínicas, que não funcionam direto. Bem, os hospitais dão preferência aos "homens", claro. Até porque a minha "vantagem" é que eu sou "3 em1". Posso operar os equipamentos de densi, mama e o rx convencional, mas ninguém faz densi ou mama de madrugada... kkkkkkk Então, saio na "desvantagem" de novo. A maioria dos hospitais moderniza apenas equipamentos fixos. Aqueles "cacarecos" de radiografia no leito são do tempo do ronca e lógico que ninguém investe num novo... Pra que? Normalmente são pesados!!! E além do equipamento pra empurrar, a gente ainda tem que carregar os chassis que são pesados tb... outros cacarecos!!!! kkkkkkkk Enfim, está aí a "preferência" do hospital: homens para plantões noturnos!!! Bem, se ao menos eu conseguisse trabalhar em 2 plantões de 12, estaria legal. Seriam apenas 2 dias na semana para "perder a rotina" das crianças. Mas trabalhar expediente diurno, todo dia, o dia todo, não rola... E as 4 horas por dia todo mundo sabe que na "prática" não são exatamente 4... Imagina um "inventário ósseo" chegando no hospital faltando 15 minutos pra vc sair????? PQP!!! Desculpem!!! Isso sem falar que eu, sinceramente, estou um tanto quanto "esgotada" da área da saúde. Porque as pessoas são "egoístas" por natureza. Seus problemas sempre são maiores que os dos outros. A prioridade sempre é um verbo de conjugação na primeira pessoa do singular!!! E a gente NUNCA pode adoecer! É difícil viu...
Mas eu peguei o meu diploma esses dias do curso de professora, lembram? kkkkk
Pois é... acho que vou tentar. Porque ao menos dando aulas eu posso levar os filhotes junto comigo para a escola, sairemos no mesmo horário, e eu posso manter todo o resto da nossa rotina!!! Vou amar!!! Estou até fazendo um curriculo novo, claro! Porque pouco interessa minha experiência na área médica para uma escola... he he he E eu vi uns modelos "diferentes e originais" (o que eu adooooooro!!!). Então, estou montando um lindinho, uma graça mesmo!!! kkkkk Tá bom, tem gente que não gosta dessas "inovações", mas eu gosto! ;-) Enfim, assim que terminar vou mandar para todas as escolas perto de casa... porque trabalhar longe ninguém merece!!!
E outra novidade!!! A casa nova é pertinho da casa dos meus pais!!! *\o/*
Vou poder estar pertinho dos "velhos"!!!kkkkkk Na esquina da paróquia que frequento. Onde eu cresci, conheço tudo ali, todo mundo... Estou feliz!!! Eu queria estar "radiante", mas infelizmente, não é assim que me sinto!!! Mas, como diz o padre Jorge André: "calma, uma coisa de cada vez, tudo tem seu tempo!"  rs
É, eu sou ansiosa mesmo... queria uma bola de cristal... kkkkk Ah, seria tão bom ver "lá na frente", né?
Bem, eu estou torcendo para esse ano terminar logo!!! Não muda nada o fato de sair 2010 e entrar 2011, eu sei... mas "ano novo" sempre traz boas novas, esperanças, sei lá... É um novo ano, né? Novos sonhos pra se concretizarem, novos projetos, novas conquistas... NOVO ano! Vem logo!!!

'Image

4 comentários:

  1. Ei, Simone. Qta angústia... por mais que os outros não entendam, é bom mesmo a gente desabafar de forma que nós vamos saber o que aquelas palavras significam.
    DO lado de cá, sem saber o que acontece, só posso pedir a Deus que te ampare e ajude a resolver ou amenizar os problemas!
    Qto ao trabalho... minha vida está prestes a mudar tbm... e eu gostaria de poder trabalhar em casa ou em algum lugar que fosse compatível com horário escolar da minha filha.
    mas, ó... boa sorte! Tudo vai dar certo, viu?!
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  2. Oi Telma, obrigada pelo carinho! Tem horas que só Deus mesmo! E quanto ao trabalho... a vida dos filhos realmente tem que estar em primeiro plano! Em casa eu tentei trabalhar com festas, e adorava... mas quando ficamos sem o carro, ficou impossível!!! Eu quero conciliar os horários, por isso o emprego de professora é o ideal. Vamos e voltamos juntos. E nos outros horários continuamos juntos tb!!! he he he

    Bjks

    ResponderExcluir
  3. Oi Si,
    Eu também sou assim. Às vezes desabafo com o travesseiro. Ahhh, se ele falasse eu já tinha costurado a boca dele, afinal, sabe de tanta coisa... rsrs
    Espero que não demore até o ano que vem para que as coisas comecem a engrenar melhor na sua vida
    Abraços!!

    ResponderExcluir
  4. Ronda querido... ainda bem que travesseiros não falam!!!!! kkkkkkkkkkkkk
    Mas no dia seguinte das "confissões" a gente não acorda melhor??? rsrsrs
    Tomara que as coisas engrenem mesmo, tomara!!! Aff! Que ano viu?
    bjs e obrigada!

    ResponderExcluir

Ficarei muito feliz ao ler seu comentário. Mesmo que seja uma crítica, feita com educação, é bem-vinda para que o conteúdo do blog possa sempre melhorar!



Topo