♥ ATÉ O FIM...♥

em 13 abril 2011

"Você cai, tropeça, o sonho borra a maquiagem, o coração se espalha...
Você sente dor, perde o rumo, perde o senso e promete: paixão, nunca mais!
Você sente que nunca irá amar alguém de novo, que amor é conversa de botequim, ilusão de sentido, que só funciona direito para fazer música, poesia e roteiro de cinema...


E você inventa:
Um amor pra distrair. 
Um amor pra ins-pirar.
Um amor pra trans-pirar. 
Uma paixão aqui, um quase-amor ali...
Ainda bem que existem amigos para amar, abraçar, sorrir, cantar, escrever em recibos e tirar fotos bonitas. E a vida segue... Feliz! =/
Sua imaginação te preenche, seus amigos te dão colo, bebida e dias incríveis. 
Aí do nada ele surge. Ele!
Ele que é diferente de tudo. 
Ele que é tudo. Mas tudo não existe (!?).
Ele sim. Ele existe. E gosta de palavras simples.
Ele que é lindo. Vocês estão ouvindo? LINDO!
Lindo por fora, mas infinitamente lindo por dentro...
Que tem sonhos molhados, planos no varal e o coração atirado na mala. 
Ele que não se parece com nada. 
Ele que combina comigo. E não tem medo. 
Será que estou sonhando?
 ELE NÃO TEM MEDO!
 Ele não gosta do morno, de mais ou menos, de música feia, nem sentimento pequeno.
 Ele que me abriu o verbo, escancarou o coração, confessou o que não se diz e me sentiu. 
Lá de longe, no fim do mundo, ele me sentiu. 
Me enxergou por dentro, me chamou de anjo, disse que eu sorria lindo e me deixou tímida. 
Entenderam? Ele me deixou tímida! E me mandou músicas lindas, versos lindos, devolveu minha esperança, me fez querer acreditar de novo...
Ele que não gosta de jogo, ele que tem o sorriso mais lindo do mundo, que não pára nunca de sorrir. 
Ele que não pára nunca de se buscar e me encontrar... Ai, pára tudo!!!
Porque planos nem sempre dão certo e a gente tem que ousar e desafiar a razão: eu vivo para sentir. 
E eu sinto que quero estar com ele.
Agora. Sem medo. Sem planos a longo prazo. 
Vou viver, ser, sentir, escrever e amar!!!
Com ele... o amor...Até o fim!" *




* Texto levemente alterado (em pontuações e poucas palavras). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz ao ler seu comentário. Mesmo que seja uma crítica, feita com educação, é bem-vinda para que o conteúdo do blog possa sempre melhorar!



Topo