ARTES AFRICANAS

 

Oi gente! Dia desses recebi essa foto de uma amiga com quem tive o prazer de conviver por vários anos: Eveline, essa ao meu lado, toda vestida de preto! E confesso que quase nunca ela vestia essa cor. Repararam que na cabeça tem alguma coisa? Sim, ela jamais usaria um pretinho básico sem incrementar com alguma coisa. E acredito que nos pés, estava com sapatos diferentes também (que não lembro e não dá pra ver na foto). Porque ela era o tipo de pessoa que sempre tinha brincos diferentes, turbantes diferentes, sapatos diferentes, anéis, tudo.... ela jamais estaria toda "normal". E eu achava isso o máximo! Porque adoro cores, adoro coisas diferentes, adoro adereços... sei lá, melhora o astral! E Eveline até quando estava chateada com alguma coisa, estava de alto astral! E como eu adoro gente assim: feliz!

Nossos filhos jogaram basquete por anos juntos, e consequentemente, nos víamos durante a semana e nos fins de semana de jogos também. Naquela época o filhote mais novo acompanhava o mais velho, começou a aprender o basquete, e nos jogos pré-mirim ele entrava em quadra... mas gostava mesmo era de olhar o irmão jogando, enquanto se deliciava com o empadão de frango da tia Eveline. Ele ama empadão até hoje e sempre diz que nunca comeu nenhum tão gostoso quanto o dela! Carinho que fica guardado no coração e na memória, com certeza! E hoje não vim falar dos dotes culinários de Eveline (que também eram notórios), mas sim da ligação dela com as artes e suas raízes.

Nossos filhos cresceram. João foi pra Sâo Paulo jogar basquete, e a mãe foi junto! Aproveitou a aposentadoria pra curtir a vida. E como ela sempre esteve ligada a arte e a cultura, seguiu fazendo arte livremente, como ela mesmo define em seu instagram. Convido vocês a conhecerem o insta dela, onde vocês irão encontrar de tudo um pouco, com esse colorido alegre (tradicionalmente a cara dela)!

Acima tem os famosos turbantes (que ela sempre usava e todo mundo perguntava de onde eram), e alguns outros adereços para cabelos. Eu adoro os laços E Eveline tem vários outros acessórios também, como brincos, carteiras, bolsas: 

Além de vários modelos de sapatos: de sapatilhas femininas a boots e tenis iate unissex. Cada um mais lindo que o outro. Vejam só:

        

Naquela foto que estamos juntas lá em cima... pra Eveline estar tão "básica", com certeza estava com algo diferente nos pés, não tenho dúvidas. Ela sempre arrasava nas combinações dos looks.

Outra coisa que faz sucesso até hoje são as bonecas, de todos os tamanhos e feitios: das branquinhas de cabelo crespo tipo eu, até as mais pretinhas, de perninhas ou bracinhos compridos, corpo inteiro ou apenas o rostinho tipo uma almofada, são simplesmente lindas:

E claro, o artesanato padrão, com itens de decoração como quadros, enfeites e etc:
E além de tudo isso, diante da pandemia, Eveline também inovou nas máscaras, trazendo todo o colorido da arte africana para incrementar a alegria no visual mais uma vez:
Essa alegria ela sempre transmitiu por onde passava... coisa de gente feliz, de gente que inventa, se reinventa, e vive a vida da forma mais intensa e possível! Porque é assim que temos que ser: felizes! Viver é poder agradecer a graça da vida, diariamente! E agradecer pelas pessoas maravilhosas que passam pela nossa vida também!
Beijos cheios de saudade, minha amiga Eveline.
 E pra você que leu até aqui também: um super beijo! 

0 CLIQUE AQUI!:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz ao ler seu comentário. Mesmo que seja uma crítica, feita com educação, é bem-vinda para que o conteúdo do blog possa sempre melhorar!

QUER SE DESTACAR NO INSTAGRAM?
E-BOOK

Atualizações do Instagram

Subir