O MEU ANIVERSÁRIO

Que eu AMO comemorar aniversário, todo mundo sabe! É um ano a mais??? YES!!! E daí?  Sou do tipo de pessoa que gosta de ver tudo pelo lado positivo: mais histórias pra contar, mais lembranças, mais saudades, mais experiência, mais tudo... É uma bênção poder comemorar mais um aninho de vida, né? 

Já faz um tempinho que está tudo bem complicado por aqui: pandemia, papai piorando cada dia mais, consultas, exames, tratamento ineficazes, obras, problemas... Se 2020 foi cruel, porran... 2021 tá de sacanagem comigo, só pode!!! Mas a última semana, meu Deus, nem tenho palavras para definir ela! Tiveram momentos que tudo o que eu desejei, foi sumir, sério! 😂 Tô rindo, mas é de nervoso!

E esse ano, não fiz contagem regressiva para a data (que eu adooooro e faço todo ano), não preparei um look, não planejei nada especial, e ainda assim, foi um dia especial demais. Mas... como tudo nem sempre são flores, também passei por momentos antecedentes nunca imaginados! Meu Deus, eu questionava: por quê??? 😢

Nas últimas semanas papai piorou demais, demais mesmo!  Mais nervoso, mais irritado, mais agressivo... e mamãe (também idosa), não colabora muito tadinha, pois ela sempre foi tudo isso no seu normal! kkkkk Seria cômico se não fosse tão doloroso vê-los assim! Mamãe sempre foi a mandona da casa, a que dava a palavra final, em alto e bom som! E papai sempre foi o tranquilo que com tudo concordava (um santo por "aturar" mamãe, sempre brincavam com ele assim). Mas a questão é que com o Alzheimer, ele mudou da água para o vinho! E ela, embora idosa, continua com o mesmo jeitinho de querer tudo na hora dela: pra ontem! De mandar e os outros obedecerem, de falar mais alto e dar ordens sem parar. E papai fica ainda mais nervoso com isso. Começa a bater nas coisas, a gritar, a dizer que vai quebrar tudo... e as vezes chora, igual criança! Dá um dó. Mas se a gente falar com jeitinho, conversar, ele vai se acalmando (exceto quando está na rua). Papai sempre foi devagar, quase parando. Já ouviram falar de Jó??? Pois é... aprendeu a ter paciência com papai! kkkkkkk Mas esse temperamento dele ficou pra trás. 

Da mesma forma que acostumei com meu pai assim no ritmo dele, acostumei com mamãe no ritmo dela. Mas a convivência dos dois está estressante demais. As vezes mamãe se assusta com papai gritando... quando ele fala palavrão então??? Tudo o que ele não fez a vida toda, ele está fazendo agora!

E a semana passada foi pedreira, de tão dura! Mais uma queda do papai (e ainda bem que meu concunhado estava lá na casa dele pra me ajudar a levantar ele do chão). Marido e cunhada tinham ido comprar algumas coisas para pequena obra da suíte no quarto dos meus pais, que era um banheiro desativado, que dava parede com o quarto. Graças a Deus foi só mais um susto, e ficou tudo bem.

Aí na última sexta-feira, ele não acordou bem. Passou o dia cuspindo e se queixando de dor na garganta, e lá fomos nós no hospital. Cerca de uma hora na emergência, ele já medicado, voltamos para casa, graças a Deus. E pensei: amanhã é véspera do meu aniversário; vou fazer as unhas e o cabelo para domingo. Sonho... a realidade foi bem diferente.

No sábado, marido, meu concunhado e o irmão dele, estavam fazendo mais algumas coisas na casa dos meus pais (trocando a fiação pré histórica, a caixa d'água, alguns canos e etc). Tudo bem, pela manhã. Deixei meus filhotinhos idosos almoçando e fui pra casa almoçar também. Mas a tarde (quando eu tinha planejado me cuidar para o dia do meu aniversário), papai vomitou muito escuro, com aquele cheiro de podre, parecendo sangue coagulado... e mais um dia tive que correr com ele para a emergência.

Hospital cheio, e com muitas prioridades assim como ele! Paciência? Yes, nós temos. Bem, hoje em dia só posso falar por mim, porque paciência é algo que nem sempre encontramos no papai agora. Fiquei conversando para distrair ele, mas quando ele espera muito, ele começa a ficar irritado. E ficamos naquela ida e vinda de exames: vai pra uma sala colher o sangue. Outra vai colocar a sonda pra urina. Espera o padioleiro pra levar pro andar da tomografia. Nesse momento, papai estava no limite dele. E quando chegamos no andar, ele se irritou antes de entrar na sala do exame, começou a gritar, jogou a bengala no chão, atirou a máscara... Ele ficou tão transtornado que atraiu médicos e técnicos, que rodearam ele (mas ninguém consegue acalmá-lo depois que ele chega nesse ponto). Ele manda todo mundo para a casa do c., xinga de filho da p., e por aí vai... E tivemos que descer e solicitar sedação. E claro, ele ficou ainda mais nervoso, repetia que queria ir pra rua, para poder chegar em casa. Disse que não ia tomar nenhum remédio, e a agressividade começou. Até o enfermeiro estava com medo de dar a injeção, que foi dada direto pelo médico. Aos pouquinhos, papai foi acalmando. Fez o exame dormindo, e acordou em seguida, grogue e bem, graças a Deus. 

Não tenho palavras para dizer o quanto foi doloroso vê-lo naquele estado (e ouvir tudo o que ele falou nesse dia). Ver as pessoas olhando como se ele fosse simplesmente louco e sem noção. E eu fico pensando o que será que passa na cabecinha dele nessas horas. Porque deve ser extremamente difícil pra ele também. 😢

Depois de gritar dizendo que ia me bater, que eu não prestava, que ia me matar... ele chorava e se desculpava. Meus Deus, foi angustiante e doído demais. Noooooooossa! 😰

E pra resumir (depois desse mega texto! rs):

- não dormi bem a semana passada toda (e por enquanto, nem nessa);

- não fiz minha unha e nem meu cabelo para o meu aniversário;

- não limpei minha casa para o meu aniversário.

E o domingo do meu aniversário chegou... assim, quase que de "surpresa", porque não deu nem pra pensar direito nele. Mas pedi um bolo rosa pra cunhada (que faz bolos pra família toda, linnnnndos e deliciosos). E ela fez ele cheio de rosas, com miolinhos de pérolas, e ainda trouxe uma letra S, vasos com buchinhos e fez o topo divertido, escrito: "Minha cunhada é uma peça!" 😂 E várias frases típicas de uma mãe! 💕

Fizemos um churrasco, mamãe e papai vieram pra cá, e marido levou meu concunhado e o irmão dele pra terminar as pequenas mudanças lá na casa dos meus pais. Caraca, eles são mega rápidos. E eu fiquei muito feliz por terem conseguido resolver tudo lá no telhado da casa. Me tranquila muito saber que os fios agora estão novos (porque a fiação era do tempo do ronca!), os canos também... as torneiras chegaram a ganhar força!!! Aos pouquinhos vou melhorando tudo o que der para meus filhotinhos idosos, e não vejo a hora de poder fazer a casa em cima da deles. 🙏

Eu fiquei muito feliz por ter minha família comigo no domingo do meu aniversário, me senti querida e especial. Acho que eles nem imaginam o quanto! Eu só queria ter mais palavras para dizer: OBRIGADA! 💓

Ah... lá no youtube tem um vídeo de alguns momentos que gravei no hospital (clica aqui pra ver). Se você estiver passando por algo parecido com algum familiar, eu só posso dizer uma coisa: que Deus de tê também paciência. Porque pra cuidar de alguém com Alzheimer a gente só precisa disso... e de amor!

Queria ter escrito aqui logo na segunda... mas a correria ainda está intensa! E confesso que estou precisando de 12 horas de sono, porque estou mortinha com farofa. 

Beijos da Si

2 comentários:

  1. Sue azevedo28/05/2021 09:14

    SII que luta e que amor!
    Que Deus continuem te dando paciência e sabedoria.
    Feliz aniversário desejo muitos sonhos realizados e voos altos. Admiro você em tudo! Parabéns por ser exemplo 😍

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sue, sim... uma luta diária, mas o amor supera tudo! ♥ A gente tem que cuidar de quem sempre cuidou da gente. Eles viram nossos filhos. Obrigada pelo carinho. Super beijo

      Excluir

Ficarei muito feliz ao ler seu comentário. Mesmo que seja uma crítica, feita com educação, é bem-vinda para que o conteúdo do blog possa sempre melhorar!

QUER SE DESTACAR NO INSTAGRAM?
E-BOOK

Atualizações do Instagram

Subir