A nova febre que amamos: pele saudável e sabonetes naturais

Acha impossível cuidar da pele preservando o meio ambiente? Não se engane: quando optamos por consumir um produto sustentável, nós conseguimos!

Os sabonetes naturais, ou também conhecidos como sabonetes artesanais, têm sido cada vez mais procurados por seu valor terapêutico. Podem ser usados por qualquer pessoa e as aplicações e indicações são inúmeras para todos os tipos de pele. Além disso, impactam muito menos o meio ambiente quando comparados aos sabonetes convencionais e a quantidade de plástico que utilizam.

Quais as diferenças entre os sabonetes comuns e os naturais?

Uma das principais diferenças entre o sabonete comum e o sabonete artesanal é simples e rápida de identificar. Trata-se de parte do princípio de qualquer produto sustentável, que é a forma e escolhas do processo de produção.

Além do uso comum, para higiene, limpeza e hidratação da pele, os sabonetes naturais costumam agir de forma terapêutica extracorpórea, promovendo bem-estar por meio de seus ativos naturais como óleos essenciais, argilas, manteigas e outros diversos ingredientes naturais. Outro fato que eleva o sabonete natural, é o seu processo de produção. Grande parte de seus componentes é cultivada de forma ética, estimulando sempre o funcionamento de uma economia mais verde e justa, englobando todo o seu processo de feitura: desde como são colhidas e manuseadas suas matérias primas até a quantidade de plástico que leva sua embalagem final.

Já os sabonetes industrializados são compostos por conservantes, fragrâncias e corantes, que em sua grande maioria, são totalmente produzidos em laboratório e sua principal função é a de limpeza da pele e não a de proporcionar mais bem-estar e aconchego.

Ao compararmos os sabonetes naturais com aqueles que encontramos em prateleiras comuns de supermercados, nos deparamos com inúmeras diferenças. E isso vale para a composição química do produto, que leva ingredientes nocivos à pele, como é o caso da soda cáustica (isso mesmo, você não está lendo errado!), os sulfatos e os desengordurantes.

A diferença também se nota, principalmente, quando falamos a respeito dos seus efeitos, já que uma limpeza mais branda e não tão cheia de agressões pode beneficiar e muito qualquer tipo de pele.

Os benefícios? Não acabam!

Se liga nos benefícios básicos dos sabonetes naturais:
* A glicerina gerada no processo de saponificação é utilizada na base do sabonete natural. Como a glicerina é o ingrediente principal e responsável pela hidratação da pele, neste quesito, os sabonetes artesanais já saem na frente;

* Como não levam conservantes ou outros produtos artificiais na sua formulação, são mais leves e se dissolvem mais facilmente;

* São enriquecidos com óleos, manteigas naturais, além de extratos vegetais e ervas;

* São produzidos em baixa escala e com mais utilização de mão de obra especializada.

Chegou até aqui? Que tal começar a rever verdadeiramente seus hábitos de consumo a partir de agora? Sempre que possível, invista em soluções sustentáveis para você e o meio ambiente. Lembre-se que gerar menos impacto ao planeta é conservar nossa estrutura para gerações futuras.

0 CLIQUE AQUI!:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz ao ler seu comentário. Mesmo que seja uma crítica, feita com educação, é bem-vinda para que o conteúdo do blog possa sempre melhorar!

QUER SE DESTACAR NO INSTAGRAM?
E-BOOK

Atualizações do Instagram

Subir