A VIDA DEPOIS DA MORTE


Hoje faz um mês que você partiu... e acho que você pode ver o que está acontecendo. Me preocupa te decepcionar, mas sinceramente, sei que da mesma forma que você verá meus erros, você verá mais ainda os meus acertos. Ah, como eu queria que você estivesse aqui... porque só você sabe EXATAMENTE do que eu estou falando: de amor, simples assim! 

Como eu agradeço a Deus por ter tido você como meu pai. Por tudo o que vivemos juntos, por todos os momentos em que apenas estar ao seu lado era a coisa mais importante do mundo pra mim. E assim eu cresci. E assim foi até você partir. Era do seu lado que eu estava. E você (também mais do que ninguém), sabe o quanto eu amava ser seu carrapatinho. 

Como eu AMO o apelido que você me deu desde criancinha. Como eu AMEI você a minha vida toda. E como eu estou sentindo a sua falta, mesmo que fosse apenas para ficar ao seu lado. Isso sempre me bastou. E eu tenho a certeza de que um dia estarei ao seu lado novamente, e seremos grudentos como nós sempre fomos. 


2 comentários:

  1. Meus profundos sentimentos. É uma dor profunda mas, as boas memórias e momentos aquecem nosso coração. Faz dois anos que minha mãe foi para o lado do pai e não tem um dia em que não pense nela. Força!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Regi, aqui também tem sido assim... nenhum dia sequer que papai não esteja em meus pensamentos. A saudade que fica é absurdamente grande, e o amor também! Que Deus conforte nossos corações, com a certeza de um dia os reencontramos. Super beijo!

      Excluir

Ficarei muito feliz ao ler seu comentário. Mesmo que seja uma crítica, feita com educação, é bem-vinda para que o conteúdo do blog possa sempre melhorar!

QUER SE DESTACAR NO INSTAGRAM?
E-BOOK

Atualizações do Instagram

Subir