NOVIDADES NA DARKFLIX


Um slasher sangrento abre a semana de estreias na plataforma da Darkflix.  

SEGUNDA (04/05) - “A Praia do Pesadelo” é uma produção ítalo-americana dirigida por James Justice e Umberto Lenzi que seguiram a onda do gênero slasher dos anos 80 e presentearam o espectador com uma obra regada a sangue e Rock and Roll.
Poucos minutos antes de ser executado pelo assassinato de uma mulher, o líder de uma gangue de motoqueiros jura inocência e promete vingança. Sem o assassino à solta, os universitários aproveitam sem preocupações as férias de primavera na praia. Mas o que parece ser a festa perfeita se transforma em pesadelo quando mortes brutais começam a acontecer na região. Seria um serial killer ou o motoqueiro voltou dos mortos para se vingar? 

TERÇA (05/05)“O Segredo do Bosque dos Sonhos” Dirigido por Lucio Fulci, mestre do gore. O italiano também participou da criação do roteiro do longa que foi escrito em parceria com Roberto Gianviti e Gianfranco Clerici. Pode-se dizer que o filme está entre os melhores do gênero cinematográfico italiano de suspense, sendo também uma das melhores produções de Fulci.
Sergio D’Offizi foi responsável pela bela fotografia e capturou com maestria os cenários naturais da locação.
O filme se passa em uma remota cidade ao sul da Itália, onde inúmeras crianças estão sendo assassinadas. A polícia se mostra ineficaz e a população indignada se revolta, logo a pequena aldeia se torna uma bomba prestes a explodir. Além dos assassinatos, os temas injustiça e conservadorismo religioso permeiam o longa. 

QUARTA (06/05) - “O Estranho Vício da Sra. Wardh”, um terror repleto de erotismo e sangue do diretor Sergio Martino. O filme carrega visualmente toda a magia do gênero com cenas de crimes violentos, muito suspense e tensão, proporcionando grandes sustos ao espectador. 
Na trama, Julie Wardh tem que lidar com as relações distintas que mantem com três homens: Neil Wardh, seu marido; George Corro, seu amante e Jean, seu ex-amante de quem tenta se esquivar. Enquanto se vê dividida entre a comodidade, a atração e a paranoia, Julie acompanha a sequência de assassinatos que começam ocorrer na cidade sem saber que corre grande perigo.

QUINTA (07/05) - “As Faces da Morte” é um dos mais perturbadores filmes comerciais já feitos na história, lançado como se fosse um documentário o longa traz cenas de autópsias, membros decepados, execuções sumárias, acidentes sangrentos, entre outros horrores, tudo acompanhado pela narração de um patologista (Dr. Francis B. Gross) que alegava que as imagens faziam parte de sua coleção particular.
Com cenas aterrorizantes e mistério cercando sua produção, o filme foi tema de debates, decisões judiciais e mesmo após as revelações de que parte de suas cenas eram falsas, o filme continuou chocando os telespectadores. “As Faces da Morte” ainda mantém sua aura cult. 

SEXTA (08/05) - “Shelley”, dirigido pelo diretor iraniano Ali Abbasi, conta a história do casal Louise e Kasper que vivem em uma ilha isolada, sem tecnologias ou eletricidade. Apesar de viverem bem, não conseguem realizar o sonho de serem pais, pois Louise não pode mais gerar filhos. A chegada de uma nova empregada traz esperança à família. Eles oferecem uma proposta financeira à jovem que aceita ser a barriga de aluguel do casal. Tudo parece bem até que eventos paranormais começam a acontecer gerando paranoias e medos.
O longa contém cenas fortes que se encaixam no contexto da história, tudo permeado por um clima sombrio que agrada os fãs do gênero. 

SÁBADO (09/05) - A segunda temporada de “The Hunger” chega neste sábado na Darkflix. David Bowie, que estrelou o filme de mesmo nome em 1983 ao lado de Catherine Deneuve e Susan Sarandon, é o anfitrião da segunda temporada da série antológica de terror erótico.
Em “The Hunger” cada episódio traz uma história independente repleta de erotismo, obsessão, luxuria e uma dose de eventos sobrenaturais. 

De todos esses, só assisti As Faces da Morte. Muita gente deixou de ver por causa dos rumores que envolviam o filme, e outros (como eu) já queriam assistir pelo mesmo motivo!!! ha ha ha Proibido em mais de 40 países, assim que eu me entendi como gente, já queria ver as tais cenas tão comentadas de mortes reais!!!  Até Steven Spielberg homenageou o filme em seu Indiana Jones e o Templo da Perdição. É um filme "ícone", né?  Quem o assiste hoje, ainda se choca, mas confesso que o que me impressiona é como já vivemos sem ter a oportunidade de questionar qualquer coisa que fosse! Não tínhamos fontes de pesquisa tão a nossa mão, para tudo! Ah, como eu amo a internet!

E vocês, quais já assistiram? Me contem!

Beijos da Si

0 CLIQUE AQUI!:

Postar um comentário

Ficarei muito feliz ao ler seu comentário. Mesmo que seja uma crítica, feita com educação, é bem-vinda para que o conteúdo do blog possa sempre melhorar!

QUER SE DESTACAR NO INSTAGRAM?
E-BOOK

Atualizações do Instagram

Subir