DIA INTERNACIONAL SEM SACOS PLÁSTICOS

Hoje a National Geographic transmitirá uma programação especial com a estreia de quatro documentários que nos convidam a refletir sobre o uso do plástico e suas consequências.

Já faz um tempo que nos acostumamos a levar nossas sacolas para fazer compras, e tentar assim reduzir o consumo das sacolinhas. Mas infelizmente, ainda falta muito para que surja algum efeito na natureza, visto que o plástico continua sendo usado como embalagem de quase tudo no mercado. E claro, das sacolas ainda serem vendidas. Porque a gente não deve poluir os mares, mas se pagar, a gente pode??? É um tanto quanto estranho. Mas é um ponto positivo para iniciar a luta contra o plástico, né? O importante é isso. É fazer as pessoas se habituarem com o descarte consciente, com o reaproveitamento de embalagens e  com a substituição dos materiais.


A Nat Geo se uniu a essa luta contra o plástico há vários anos, com o objetivo de conscientizar sobre esse material que revolucionou nossas vidas, mas com seu uso maciço e perda de controle global, tornou-se um pesadelo para a sociedade, meio ambiente, oceanos e os seres que o habitam.

O especial começa hoje às 18 horas, com a estreia de Plástico: Trajetória e Poluição, um documentário revelador que expôs a verdade por trás de carregamentos de plástico destinados a aterros.

Às 18h45 estreia Maré de Plástico, documentário que examina o crescente problema da poluição plástica em nossas águas. Começando em Bombaim, na Índia, uma cidade litorânea na qual o povo costumava nadar e que agora está completamente coberta de lixo.

Em seguida, às 19h30, estreia Baleia: Morta pelo Plástico, um documentário que revive as notícias que saíram ao redor do mundo quando uma baleia morta apareceu em uma pequena baía na Noruega com 30 sacolas plásticas no estômago e mostra o que os animais que vivem nas águas do nosso planeta.

Para finalizar, às 20h15 Mergulho no Ártico retrata a campanha de Lewis Pugh, embaixador da ONU para a proteção dos oceanos, que arrisca sua vida nadando nas águas geladas do norte para lutar pela proteção da natureza.

Ohwn... quando marido entrou na faculdade de Biologia, éramos jovens, e eu sempre imaginava que ele ia se engajar num projeto assim, e a gente ia salvar algum tipo de animal ou plantinha pelo mundo afora. kkkkkk Mas não, a área de estudo dele sempre foi análises clínicas. Fazer o que, né?

No mais, a gente vai fazendo a nossa parte como pode, ensinando nossos filhos como cuidar do nosso planeta, que é a casa de todos! ♥ E nessa hora a gente pode contar com a ajuda desses documentários e campanhas onde eles possam ver "de perto" o quanto podemos prejudicar outras vidas (e no final, as nossas mesmas também!).

Beijos da Si.

2 comentários:

Ficarei muito feliz ao ler seu comentário. Mesmo que seja uma crítica, feita com educação, é bem-vinda para que o conteúdo do blog possa sempre melhorar!

QUER SE DESTACAR NO INSTAGRAM?
E-BOOK

Atualizações do Instagram

Subir